23 de setembro de 2011

Porto/Benfica - A nossa mais bela história de desamor (Álvaro Magalhães)


Álvaro Magalhães é um conhecido adepto do Futebol Clube do Porto (não é o Álvaro Magalhães que formava aquela  terrível asa esquerda do Benfica com Chalana).
Quando lhe foi pedido um comentário ao jogo de hoje, foi assim que o caracterizou - a nossa mais bela história de desamor.
Mas Álvaro Magalhões limitou-se apenas ao ponto de vista do adepto do Futebol Clube do Porto.
Eu acho que é, desde já há alguns anos, a mais bela história de desamor  no futebol em Portugal.
O dérbi!!
Já sei que os sportinguistas estão neste momento a gritar impropérios.
Mas, meus senhores, contra factos......
Deco diz que é o jogo em que a pressão começa uma semana antes e acabava uma semana depois.
E eu acredito.
Porque é mais do que um jogo.
É uma disputa de grandes paixões.
Daquelas que só podem resultar de um enorme desamor.
Mas, como no amor, também no desamor é preciso respeito pelo outro, paixão exacerbada, arrebatadora.
E é isso que espero que aconteça neste jogo.
Porque, se houver paixão com respeito, vai ser um espectáculo fenomenal.
Dos dois lados há gente com talento, com arte, com garra, com nervo, com classe.
E há duas massas adeptas profundamente (des)apaixonadas.
Com um estádio cheio, milhões de olhos e ouvidos pelo Mundo fora colados ao que se passa no relvado, não há maneira de se estragar esta bela história de desamor.
Que, espero eu, tenha um final feliz - a vitória do Porto, naturalmente.

13 comentários:

  1. Também li essa frase do Alvaro Magalhães e achei extremamente engraçada. Como benfiquista, subscrevo inteiramente a sua posta!

    ResponderEliminar
  2. VICI,
    Manos a parte da vitória do Porto, não é?? :))
    Julgo que vai ser um bom jogo.
    E não arrisco resultados, nem vencedores.
    Julgo que não haverá lugar a goleadas, só isso.
    E espero que não haja disparate.
    Nem dentro, nem fora do campo.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Obviamente, caro Pedro! ;) Desejo, como não poderia deixar de ser, a vitória do meu SLB. :) Amanhã já saberemos.

    Estou convencido que vai ser um jogo viril, quente, mas bem jogado. E também espero que não haja disparates a registar, dentro ou fora do campo.

    ResponderEliminar
  4. VICI,
    Que seja um grande jogo
    Abraço e bfds

    ResponderEliminar
  5. Espero que decorra tudo com elevação, mas sei que tal é exigir demasiado aos dirigentes dos dois clubes!

    Pedro (portista), receba deste benfiquista um grande abraço e votos de bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  6. Lá estarei, ao vivo e a cores ! :))
    É dos tais jogos de resultado improvável, mas de modo algum decisivo !... No entanto poderá moralizar bastante o vencedor !
    Esperemos que seja o Porto !
    .

    ResponderEliminar
  7. Desejo, naturalmente, a vitória do Benfica. Ninguém me pode levar a mal.

    O mais importante, porém, reflecte-se nesta sua frase, caro Pedro:

    "...se houver paixão com respeito, vai ser um espectáculo fenomenal".

    ResponderEliminar
  8. Rodrigo,
    Espero que o espectáculo seja tão bom que os dirigentes sejam esquecidos.

    Um grande abraço e votos de bfds também.

    Rui,
    Foi o que disseram os dois treinadores.
    Não decide nada.
    Mas pode dar moral.
    E pode dar um empate e a possibilidade de o Braga se juntar a ambos.
    Este campeonato não vai ser como o do ano passado.
    Um abraço

    Observador,
    Claro que ninguém lhe leva a mal.
    Cada um torce pelo seu clube de coração.
    Nada de mais natural.
    Eu acredito que seja um grande espectáculo.
    Até porque os dois treinadores gostam de jogar aberto.
    Com os jogadores que há nos dois lados, tem tudo para ser bom.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Mais um erro de leitura de jogo do Vítor Pereira
    (mal feita a substituição do Guarin) e lá se foram mais dois pontos, Pedro.
    Este ano não vamos lá...
    Vá lá que não houve os habituais atritos e tudo decorreu com muita cordialidade.
    O Jorge Sousa devia ter expulso o Cardozo ainda na primeira parte, mas não foi por isso que perdemos dois pontos...

    ResponderEliminar
  10. E o Jorge Sousa também poderia ter pactuado mesmo com o teatrinho, pois afinal o Teatro dos Sonhos é Old Trafford, não o estádio do Dragão.
    Como benfiquista, fiquei desiludido com o resultado. Não foi o FCP que esteve muito melhor que o Benfica, mas sim o Benfica não fez o que sabe e que podia ter feito. Dois pontos perdidos e um amargo de boca.
    Tudo está em aberto.

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  11. Carlos e FireHead,
    É assim:
    Não vi o jogo. Não passou em Macau.
    Pelo que li, e ouvi (rádio), o Porto dominou na primeira parte, o Benfica na segunda.
    E teve o mérito de recuperar de duas desvantagens.
    O jogo foi correcto (dentro e fora do campo), algumas picardias são normais nestes dérbis.
    O árbitro terá mostrado cartões amarelos a mais.
    Segurar um jogo a mostrar cartões é um erro.
    Balanço final - o empate é justo.
    E o Braga pode agrarra ambos e o Sporting aproximar-se.
    Um campeonato (em) cheio!!!
    Um abraço a ambos

    ResponderEliminar
  12. Pedro,

    sou Ricardo, não Rodrigo (esse é fadista)! :DDD

    Abraço

    ResponderEliminar
  13. E já não é a primeira vez que cometo o erro :))
    O Rodrigo (não é o fadista) é um amigalhaço aqui do blogue até está de férias.
    Peço desculpa.
    Um abraço

    ResponderEliminar