16 de setembro de 2011

O Professor está sempre errado!! (Jô Soares)


Comentário de Jô Soares sobre o Professor

"O PROFESSOR ESTÁ SEMPRE ERRADO

O material escolar mais barato que existe na praça é o professor!

É jovem, não tem experiência.

É velho, está superado.

Não tem automóvel, é um pobre coitado.

Tem automóvel, chora de "barriga cheia'.

Fala em voz alta, vive gritando.

Fala em tom normal, ninguém escuta.

Não falta ao colégio, é um 'caxias'.

Precisa faltar, é um 'turista'.

Conversa com os outros professores, está 'malhando' os alunos.

Não conversa, é um desligado.

Dá muita matéria, não tem dó do aluno.

Dá pouca matéria, não prepara os alunos.

Brinca com a turma, é metido a engraçado.

Não brinca com a turma, é um chato.

Chama a atenção, é um grosso.

Não chama a atenção, não sabe se impor.

A prova é longa, não dá tempo.

A prova é curta, tira as chances do aluno.

Escreve muito, não explica.

Explica muito, o caderno não tem nada.

Fala corretamente, ninguém entende.

Fala a 'língua' do aluno, não tem vocabulário.

Exige, é rude.

Elogia, é debochado.

O aluno é reprovado, é perseguição.

O aluno é aprovado, deu 'mole'.


É, o professor está sempre errado, mas, se conseguiu ler até aqui,
agradeça a ele!"
 

Jô Soares


7 comentários:

  1. Caro confrade Pedro Coimbra!
    Este texto reflexivo denota os percalços atinentes ao meu árduo/fascinante ofício circula nuito entre meus parceiros(as) de ofícios... Este texto deixa patente que não conseguimos agrados a "gregos e troianos" concomitantemente e nossos eventuais atos falhos são enfatizados em detrimento das incontáveis ações bem sucedidas que realiza
    mos... Anos atrás um amado regido de 10 anos perguntou-me: - Professor, depois que o Senhor sai da escola onde vai trabalhar?
    Fiquei sem chão e muito desalentado...
    Caloroso abraço! Saudações pedagógicas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP


    PS - Diariamente sinto o contido na frase a seguir transcrita:
    "Fala corretamente, ninguém entende."

    ResponderEliminar
  2. Onde se lê agrados leia-se agradar.
    Onde se lê Este texto reflexivo denota leia-se
    Este texto reflexivo que denota.

    PS - Só pode ser praga da lambisgóia da Agrado, que está tristíssima em saber que o nosso estimado confrade e amigo António Cambeta não está propenso a usufruir os disputadíssimos agrados da Agrado, que são conhecidíssimos até nos confins do deserto de Gobbi!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Prof. João Paulo Oliveira,
    A profissão de professor é muito desvalorizada.
    Infelizmente, há alguns professores que são meros funcionários.
    Aqueles que abraçam a profissão, e se tornam mestres, marcam-nos para o resto da vida.
    Tive a felicidade de conhecer muitos assim.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro Coimbra
    Ainda bem que aquela "avaria" não lhe estragou o sentido de humor.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Nunca, Rodrigo.
    Isso é que não.
    Avariado dos intestinos e da cabeça ao mesmo tempo?
    Não, obrigado!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. :) Vou copiar e enviar para a minha irmã professora :)

    ResponderEliminar
  7. Gábi,
    Este texto do Jô deve ser entregue a todos os professores.
    Muito bem escrito e muito real.
    Se não é indiscrição, quantas irmãs é que são?
    Faço a pergunta porque a minha mulhher também só tem irmãs - quatro meninas lindas.
    Bjs

    ResponderEliminar