30 de setembro de 2011

Cuidados a observar ao fazer marketing

Um vendedor de Coca-Cola volta de uma frustrada temporada em Israel.

Um amigo pergunta:

- Porque é que não conseguiste ter sucesso com os israelitas?

O vendedor disse:

- Quando fui designado para o Oriente Médio, estava confiante de que conseguiria vender muito bem nas áreas rurais. Mas havia um problema. Não sei falar hebraico. Então, pensei em criar uma sequência de três cartazes, alinhados, para transmitir a minha mensagem de vendas.

Primeiro cartaz: - Um homem caído na areia do deserto... totalmente exausto, a ponto de desmaiar (esquerda).
 


Segundo cartaz: - O homem está a beber Coca-Cola (no meio).


Terceiro cartaz: - O nosso homem, agora completamente recuperado (à direita).




Então, mandei afixar estes cartazes em todos os lugares.

- Bem, parece que isso deveria ter funcionado muito bem - disse-lhe o amigo.

O vendedor respondeu:

Eu só não sabia que lêem da direita para esquerda!

4 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Ao ir lendo a história até pensei que o vendedor tinha passado a vender cocas aos palestinos.
    Tal como os chineses os judeus leem da direita para a esquerda, mas o pior é que em Macau essa antiga regra, está mudada, se le de cima para baixo, da esquerda para a direita, enfim le-se de qualquer maneira.
    Veja só o meu nome chinês é KAM MEI TA, lido da direita para a esquerda será TA MEI KAM, bem queria rsrsrs.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Não era mau, pois não Amigo Cambeta?? :)))
    Um abraço

    ResponderEliminar