23 de novembro de 2016

Pãozinho sem sal


E vão três empates consecutivos, um dos quais a deixar o Benfica respirar mais tranquilamente e outro a ditar a eliminação precoce da Taça de Portugal através da marcação de pontapés da marca de grande penalidade.
Nuno Espírito Santo fala na falta de sorte, no desempenho dos árbitros, numa equipa em crescimento e ainda muito inconstante.
Com toda a sinceridade só as últimas me interessam.
No final de Novembro, com tanto tempo já decorrido, a sensação que fica é que Nuno Espírito Santo ainda não conseguiu formar uma equipa forte, mandona, vitoriosa, regular.
A repetição constante do slogan "Somos Porto" parece que ainda não resultou.
Pelo menos ainda não resultou numa equipa com o espírito lutador e ganhador que caracterizou o Porto durante muitos anos e que anda arredio do Estádio do Dragão há já três anos.
O Porto que se viu em Copenhaga não foi o Porto do slogan "Somos Porto".
Foi uma equipa que se mostrou incapaz de bater um adversário que anda bem longe da alta roda do futebol europeu e com isso garantir o apuramento nesta edição da Liga dos Campeões, foi em boa verdade o Porto que se tem visto frequentemente , uma equipa ainda em formação, com um plantel muito jovem, sem calo, sem matreirice, sem o killer instinct que é fundamental neste tipo de jogos e competições.
E é agora um Porto de calculadora na mão.
Se é verdade que a equipa só depende de si própria para garantir uma vaga nos oitavos-de-final desta edição da Liga dos Campeões, não é menos verdade que vai ter que jogar contra um já apurado Leicester e estar de ouvido no que se passa na Bélgica para conseguir o apuramento num grupo francamente nada complicado.
Se, em termos financeiros e de prestígio, esse apuramento é importante, a realidade é que fica a sensação que, desportivamente, para este plantel e esta equipa, a Liga Europa talvez não fosse uma má alternativa. 

32 comentários:

  1. Estou absolutamente de acordo consigo. Sinto-me cada dia mais desiludida.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A equipa não entusiasma, o treinador ainda menos, Elvira Carvalho.
      Assim não vamos lá.
      Um abraço

      Eliminar
  2. Como não sou de futebóis... :))) reduzo-me à minha insignificância, e apenas agradeço o carinho da sua presença na minha "CASA".

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinhos, Mariazita, continuação de boa semana

      Eliminar
  3. Isso de dizer "somos Porto" é para contentar os patetas porque o que conta é jogar bem e ganhar jogos, coisa que este Porto e os anteriores (2 épocas) não faz. Aquela casa precisa de uma boa vassourada.
    Um abraço e continuação de boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que mandaram embora o Vítor Pereira, e eu também o critiquei, o Porto tem sido uma anedota.
      E não me parece que este ano vá ser muito diferente.
      Não é só a equipa que precisa de mexidas.
      Há muitas teias de aranha dentro da estrutura da SAD.
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. É verdade meu amigo e essas teias de aranha estão a custar muito dinheiro ao clube directa e indirectamente, os sócios que abram os olhos.
      Um abraço.

      Eliminar
    3. Até os sócios parece andarem meio anastesiados, Francisco.
      Eu não estou a gostar nada do que vejo com toda a franqueza.
      Um abraço

      Eliminar
  4. Como imagina, não vi , porque estava a ver o Sporting a jogar com o Real Madrid.

    Mais uma vez o João Pereira meteu-se em confusões acabando expulso na segunda parte, mas considero que o Sporting não jogou mal, tanto mais que tinha pela frente uma equipa poderosa como o é a espanhola.

    Penso que agora aí seja boa tarde :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aí está a questão, São.
      Não se pode fazer qualquer comparação entre uma equipa como o poderio individual e colectivo do Real Madrid e o Copenhaga.
      Num grupo fácil (o Leicester está a estrear-se na Liga dos Campeões) o Porto faz triste e má figura.
      Agora já são quase oito da noite.

      Eliminar
  5. É um treinador discreto, mas que não tem conseguido vingar verdadeiramente...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez demasiado discreto, Chic' Ana
      Tanto que se torna algo insosso.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Pedro, não sendo adepto do FC Porto confesso que esperava mais do mesmo quer na Liga, na Taça de Portugal e na Champions, Nuno Espírito Santo é um tipo com um excelente empresário mas como treinador não é aquele que o Porto precisa.

    Não vi, ontem, o FC Porto optei por ver o Real Madrid FC como tal não comento o jogo, vi o resumo e um resumo não transmite aquela que é a verdadeira realidade do jogo.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Empresário, não Ricardo.
      Como bem dizia José Roquette, empresário é ele e aqueles que como ele criam emprego, riqueza.
      Estes são comissionistas (estou ainda a citar Roquette).

      O NES, bem representado, está a revelar-se exactamente numa figura que é cara do título deste post.
      E que transmite essa característica à equipa.
      Mais um ano à míngua :(

      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Com Pinto da Costa a perder o controlo da nau portista, as coisas estão a ficar complicadas.
    Quer se goste ou não, do presidente, era ele que com a sua postura, por vezes intempestiva, conseguia manter a chama viva.
    Nuno Espírito Santo não é o que se pensava e os resultados estão à vista. Que péssima gestão do plantel está o homem do "somos Porto" a fazer!
    Entre outras coisas, um exemplo apenas. Que forma é esta de lidar com um dos jogadores mais talentosos, de nome Brahimi, ainda há pouco tempo considerado o melhor jogador da CAAN?

    Não vi o jogo em Copenhaga, optei pelo que eu pensava ser um mal menor. Ou seja, ver o Sporting x Real Madrid.
    Arrependi-me mas ... já foi ontem.

    O FCPorto ainda só perdeu a Taça de Portugal mas, a continuar assim, outras derrotas poderão acontecer.

    Um abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Brahimi não só não está a ser utilizado como está a ser desvalorizado, António.
      Quando for para o deixar sair, e não vai tardar muito até isso acontecer, já não vale um tostão.
      O mesmo que aconteceu com Aboubakar, Martins Indy, Hernâni...a lista é longa.

      O Pinto da Costa perdeu o controlo que sempre teve no clube.
      E, culpa dele, não preparou quem lhe sucedesse.
      Agora anda ali uma data de gente ao estalo e isso reflecte-se na equipa.

      Não augura nada de bom.
      Mais uma vez.

      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Amigo Pedro, do futebol entendo pouco mas de pecado de padre, bastante. Sou da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos, e brincamos muito com os padres - eu digo que eles são os pecadores que Deus mais gosta e por isso faz vistas grossas. Se todos eles juram pela saúde dos filhos, não sei... Grande abraço. Tudo de bom. Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laerte,
      Estudei num Colégio de Jesuítas e o meu pai trabalhou uma grande parte da vida com padres e freiras.
      As histórias que para ali circulavam, as cenas de maridos ciumentos, valiam a pena ser filmadas.
      Na altura não havia celulares .... :)))
      Grande abraço, tudo de bom

      Eliminar
  9. Não sou fã de futebol embora leia as críticas e por vezes os debates que mais parecem uma arena de "cabecinhas pensadoras". Tenho um amigo fanático pelo seu Porto e há dias saiu-se com uma tirada ao Pintinho, incluindo palavrões de quem é nortenho ( não vejo maldade nenhuma quando são inseridos numa conversa fluída e tão natural) que me fez rir à gargalhada:))

    Ontem ao fazer zeping e parei na RTP e deparei-me com a cor roxa ou lilás do Real Madrid, fugi de imediato...porque essa destesto essa cor e o amarelo:)

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pintinho anda com os cornos no ar, Fatyly.
      Há já muitos anos.
      Concretamente desde que casou primeiro com uma alternadeira e depois com uma gaja que idade para ser neta.
      Sim, dá vontade de dizer asneiras.
      E a malta do Norte nesse aspecto não tem problemas.
      Beijos

      Eliminar
  10. Pelo título achei que ia encontrar uma receita. Se bem que...rs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é culinária, Rosa Mattos.
      E, neste caso concreto, o "cozinheiro não vale grande coisa :)))

      Eliminar
  11. Pãozinho sem sal é o treinador do FCP, Pedro? Se for isso, concordo inteiramente. Que pastel! E o presidente, que agora anda outra vez de cabeça na lua, piora tudo! :(

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o treinador e, em consequência, a própria equipa e o futebol que pratica, Janita.
      O presidente já anda aluada há muito tempo, Janita.
      Deixou de ser presidente a sério há já muitos anos.
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Ai, o futebol!
    O SCP está perdido, o FCP não atina, o Benfica estava bem mostrou que não tem o poder do jogo não mão. De repente, as coisas mudam.
    E eu queixo-me do Peseiro, que veio do Porto para o Braga, faz-se de vítima, lá vai ganhando uns jogos, mas acho que a coisa não vai vingar.Não estou a ver o SCB à frente, na Liga Europa.
    A Liga dos Campeões está complicada para as equipas portuguesas.
    Pronto, é a minha humilde opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma opinião que subscrevo inteiramente.
      Sou portista.
      Para muito desgosto meu tenho que aceitar que o Benfica está uns furos acima do Porto.

      Eliminar
  13. No FCP o que mais me impressiona é a irregularidade ! Tem alternado belíssimos jogos com outros medíocres ! Ora isso não incute confiança nos jogadores nem nos adeptos, que nunca sabem como a equipa vai reagir em cada jogo ! :(
    Mas numa visão geral, os outros não estão muito melhores e é pena ! :(

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o mal dos outros, Rui...
      O Porto está a caminho de mais uma época falhada.
      Na qual pode queimar uma série de garotos de muito valor.
      Como eu gostaria de estar enganado...
      Aquele abraço

      Eliminar
  14. Como disse a meio da época passada, as contratações de Paulo Fonseca e Lopetegui foram erros de casting que a contratação a pia derazo de Peseiro, apenas agravou. Esta época seria decisiva. Ou ganhávamos algo importante, ou seria uma longa travessia do deserto. Mais uma vez não ganharemos nada e o futuro não é nada risonho. Nuno ES pode ser bom treinador, mas ainda não tem estofo para um Porto em convulsão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno Espírito Santo nunca me convenceu, Carlos.
      Em bom português, precisávamos de um treinador com eles pretos.
      E o Nuno espírito Santo está longe de corresponder a esse perfil.

      Eliminar
  15. Pedro Coimbra

    Não seja mauzinho, homem. O velho frascário é que já não dá uma p'rá caixa. De pouco lhe valerá te posto o "3 pés" sentado no banco. A tradição já não é o que era. Penso eu de que...!!!

    Entre a 'nouvelle vague', o NES é, para mim, um grande, grande treinador.

    Como benfiquista ficar-lhe-ei eternamente grato, pela 'entrega' em bandeja de prata, e quase à borla, do Brahimi em Valência, perdão, do Jonas 'pistolas'!!!

    Saudações Desportivas

    BFS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. artnis,
      Essa do NES ser um grande, grande treinador só pode ser gozo...
      Mais um empate, mais um zero, mais uma demonstração gritante de falta de qualidade (Depoitre a cair sozinho e a não saber dominar uma bola tem tanto de triste quanto de hilariante).
      O Benfica não precisa de se esforçar - há quem lhe entregue não só o Jonas mas também o título em bandeja de ouro.
      Mais um ano a penar...
      Bfds, saudações desportivas

      Eliminar