25 de fevereiro de 2016

Jorge Jesus no Futebol Clube do Porto - uma inevitabilidade a (curto) prazo?


Muito raramente concordo com as opiniões que Rui Gomes da Silva emite.
Mas reconheço que o vice - presidente do Benfica tem toda a razão quando diz que ver Jorge Jesus como treinador do Porto é quase uma inevitabilidade.
Já não sei é se será a tão curto prazo como pensa Rui Gomes da Silva.
O vice do Benfica afirma peremptoriamente que Jorge Jesus será o próximo treinador do Porto e que o será já no início da próxima época se José Peseiro não for campeão.
Este juízo de Rui Gomes da Silva tem como fundamento as contínuas dissensões entre Jorge Jesus e os dirigentes do Sporting, as quais, no dizer de Rui Gomes da Silva, estão a tornar insustentável a situação de Jorge Jesus em Alvalade.
Não sei se é isto que efectivamente está a acontecer (há alguns indícios nesse sentido...), nem acho que seja esse o factor primordial para ver Jorge Jesus a treinar o Porto.
Pode acelerar o processo, pode contribuir para uma tomada de posição de Jorge Jesus, mas não é o factor primordial.
Primordial é a admiração que Pinto da Costa nunca escondeu pelo treinador Jorge Jesus e a vontade de Jorge Jesus fazer história e ser campeão pelos três grandes clubes portugueses.
E é aqui que entronca o quando Jorge Jesus será treinador do Porto.
Se for campeão no Sporting já nesta época, é bem possível que celebre o casamento a Norte no início da próxima.
Se não for campeão, muito mais ainda se for o Porto de Peseiro o campeão, essa união ficará adiada para uma outra oportunidade.
Mas, e voltando a Rui Gomes da Silva, esse namoro que se adivinha, que não é nada secreto, vai mesmo, tarde ou cedo, acabar em casamento.

40 comentários:

  1. O "fala barato" do Rui Gomes da Silva é capaz de ter razão.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha questão é só o quando, Francisco.
      Já nem ponho em causa o se.
      Jorge Jesus será treinador do Porto.
      Falta realmente saber quando.
      O que me custa concordar com o Rui Gomes da Silva!!!
      Um abraço

      Eliminar
  2. Já tive oportunidade de dizer que, para mim,futebol é... chinês :)
    Assim sendo... votos de bom fim de semana.

    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom fim-de-semana, Mariazita.
      Vou estando atento às actualizações no blogue que continua ali na barra lateral.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Pedro, depreendo das suas palavras que apenas existe uma única certeza, isto é, o Sport Lisboa e Benfica não será (tri)campeão.

    Passando ao restante tema do post dizer que quer Jorge Jesus quer Jorge Nuno Pinto da Costa deverão estar arrependidos de não terem celebrado a união de facto no início desta temporada, livrando-se Pinto da Costa do espanholito e destronando o SL Benfica do trono de Bicampeão nacional, porém, JJ preferiu os euros e ter que aturar o boçal e esquizofrénico Sr. Carvalho com o seu eterno complexo de inferioridade em relação ao Benfica, optou, paciência.

    O FC do Porto se ambiciona - e estou certo que sim - voltar aos títulos na Europa não é com Jorge Jesus que o conseguirá, porém, a senilidade de Pinto da Costa (semelhante à de Alberto João Jardim nos últimos anos de reinado) poderá levar ao casamento entre as partes.

    Terminar dizendo que José Peseiro não será o treinador do FC Porto na próxima época, não tem categoria para o ser, que Jorge Jesus é um homem ferido no orgulho (parece aquele corno que foi largado pela mulher mas que só nela pensa e fala) e pode dar o passo a Norte.

    O SL Benfica lá irá continuar sem treinador tentando fazer aquilo que melhor pode e sabe em "gestão".

    Aquele abraço e boa sorte para logo à noite, meu caro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde é que foi buscar essa do Benfica não ser campeão, Ricardo???
      O Benfica está em segundo lugar, a três pontos do Sporting, com mais três que o Porto, e eu ia achar que não pode ser campeão??
      O Benfica tem tudo para ser campeão.
      Depende só de si próprio, tem estrutura, jogadores, treinador (quem diz que o Rui Vitória não é bom treinador é parvo!), é o bicampeão.

      Este post é sobre o Jorge Jesus e a mais que provável dia para o Porto.
      E aí só entram em equação o Porto e o Sporting.
      Se o Benfica for campeão, nenhum deles o será.
      E fica tudo embrulhado.
      Jorge Jesus não terá sido campeão no Sporting e pode ficar em Alvalade mais um ano para o ser.
      Porque ele QUER MUITO ser campeão nos três grandes clubes.
      E até sabemos que é bem visto a Norte....

      Logo à noite não acredito que mesmo com sorte o Porto chegue lá, Ricardo.
      Ganhar, no mínimo, por 3-0 ao Borussia??
      Não acredito.
      Mas espero estar enganado, obviamente.

      Voltando ao campeonato, acho que vamos ter luta, a três, até ao fim.
      E com muitas surpresas pelo caminho.

      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Quero acreditar que o tempo de Jesus ir para o Porto, já lá vai

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu acho que pode estar muito próximo, Carlos.
      O Rui Gomes da Silva tem razão.
      Se o Jorge Jesus for campeão no Sporting vai querer ser campeão no Porto.
      E fazer história sendo campeão nos três grandes.

      Eliminar
  5. Afinal Jesus está em todo o lado :))

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Pinto da Costa suspira por Jorge Jesus sendo o inverso igualmente real.
    A questão do timing é que pode limitar o casório.
    Atrevo-me a dizer que as coisas podem estar dependentes do Benfica, caso seja campeão.

    Gostava de ver JJ no FC Porto, mesmo que tal aconteça apenas algumas épocas mais tarde.
    Para o actual treinador sportinguista, a segurança a norte está garantida. Palavra de Madureira e sus muchachos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Benfica for campeão o casório é bem capaz de ser adiado, António.
      Mas Jorge Jesus vai perseguir esse sonho de ser campeão nos três grandes.
      E tem muito tempo para o conseguir.

      A Norte gostam dele, António.
      Não gostam que ele lhes ganhe tantas vezes, mas gostam dele.
      Vamos esperar pelo fim da época para ver como no que param as modas.
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Também acredito que JJ possa vir a ser um dia treinador
    do FCP. Por mim, pode sair do Sporting. Não gosto dele.
    já não gostava quando estava no Benfica.
    Abraço, amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostando-se ou não tem que se reconhecer que é um bom treinador, Irene Alves.
      Um abraço

      Eliminar
  8. Acabará certamente em casamento, cujo final será também um relacionamento conflituoso e um divórcio litigioso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma convivência Jorge Jesus/Pinto da Costa ou dá sangue ou felicidade extrema.
      Não há ali meio termo.

      Eliminar
  9. Nesta troca de cadeiras muito me custa compreender a volubilidade das paixões clubísticas....
    Nem sei muito bem se o que escrevi se percebe....
    Tenho saudades daquele descanso de saber que todos os Domingos tinhamos uma alegria :)))
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paixões clubísticas são coisas de adepto, papoila.
      Estes são profissionais.
      A paixão fica em segundo plano.
      Mas o Jorge Jesus nunca escondeu a simpatia pelo Sporting.
      Vem de família.
      Bjs

      Eliminar
  10. Aliás o assunto não é novidade, mesmo antes das declarações de Gomes da Silva !
    Esteve "por um fio" há 2 anos (? suponho) quando a massa associativa encarnada o queria ver pelas costas e valeu a "posição de força" assumida por Luis F. Vieira para o manter !
    Não é novidade a simpatia (já antiga) de Pinto da Costa por JJ (já do tempo do Braga) e também a inversa. Claro que o facto de ser campeão pelo Sporting é um aliciante para ambos os lados !
    Também concordo que para isso é preciso que Peseiro não ganhe o campeonato para o Porto !
    Concordo plenamente com a análise !

    Abraço, Pedro !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pinto da Costa gosta do Jorge Jesus, ele gosta do Pinto da Costa, quer ser campeão nos três clubes, é só uma questão de tempo, Rui.
      Se for campeão pelo Sporting (para já o favorito ao título) é bem capaz de haver casamento já no final desta época, princípio da próxima.
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. ia dizer que Jesus está em todo o lugar, mas a Fê já fez essa declaração, então vou tentar arranjar outra coisa !
    boa noite Pedro

    ResponderEliminar
  12. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Como tu bem sabes sou um néscio futebolístico, mas apreciei sobremaneira conhecer o Museu Futebol Clube do Porto, na companhia do meu dileto Amigo Roberto Nunes Vieira, graças ao supimpa cicerone, que tornou-se meu Padrinho Mor Rui Espírito Santo, que rodou mais de 400 quilômetros na máquina rodante dele para nos mostrar os encantos da Invicta, Guimarães, Braga, Gondomar, Emersinde,nos quatro dias de estadia na Invicta, pelas bem cuidadas estradas do reino distante além-mar.
    Caloroso abraço. Saudações invictas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rui é um óptimo cicerone e tem aquele espírito bem português de bem receber, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Estou à espera disso para me divorciar de vez do futebol.
    Nunca gostei do Jorge Jesus, desde que ele era treinador do Setúbal. Tive oportunidade de o conhecer pessoalmente em 2007 e decididamente o meu santo não cruzou com o dele. Pensar nele no Porto dá-me alergia.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele tem um feitiozinho difícil, Elvira Carvalho.
      Mas é muito bom treinador e quem melhor conhece o campeonato português.
      Um abraço

      Eliminar
  14. Ora bolas... Então nem sequer põe a hipótese do Benfica ganhar este campeonato? :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É curioso que tenha tido a mesma reacção do Ricardo, luisa.
      É claro que o Benfica tem tudo para ser campeão.
      Mas este post é sobre o Jorge Jesus e a possibilidade de ele ir para o Porto depois de sair do Sporting.
      Só isso.
      É claro que o Benfica tem tudo, repito, para ser campeão.

      Eliminar
    2. Eu só estava a brincar, Pedro.:)
      É que os meus homens cá de casa são benfiquistas, e eu sou-o por solidariedade com eles mas não sou ferrenha. :))

      Eliminar
    3. Mas já o Ricardo tinha ficado com essa impressão, luisa.
      Não terei sido muito explícito no que escrevi, é o que concluo

      Eliminar
  15. Cá para mim pode ir para onde quiser , Pedro.
    O Futebol anda um nojo , com políticos rascas netidos no assunto como o Rui Gomes da Silva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu que ainda sou dos tempos da Briosa, da Académica dos estudantes ("Primeiro o homem, depois o jogador") o que direi?? :((

      Eliminar
  16. Será possível? Ainda nem me tinha habituado a vê-lo de verde...

    ResponderEliminar
  17. Tenho para mim que a 'admiração' de Pinto da Costa se manifestava, com maior intensidade e dúbias intenções, enquanto Jorge Jesus estava no S. L. e Benfica...
    o resto são 'peanner's' !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Roubar o treinador ao grande rival tem efectivamente outro gozo, artnis.
      Mas não é isso que vai impedir o que julgo inevitável.
      Jorge Jesus será treinador do Porto.

      Eliminar
  18. Li o texto, que entendi razoavelmente, mas como estou fora da "grande área" ou do "campo", sei lá eu, não irei opinar, no entanto, penso k J Jesus, "L'HOMME DE MA VIE", não será o próximo treinador dos dragões.

    Beijos, Pedro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dê um tempo e verá que tenho razão, CÉU
      Beijos

      Eliminar