29 de fevereiro de 2016

Corrida de canoa



Retrato fiel das nossas instituições

A CORRIDA DE CANOA

Uma empresa Portuguesa e outra Japonesa decidiram enfrentar-se todos os anos numa corrida de canoa, com oito homens cada.

As duas equipas treinaram duramente e no dia da corrida estavam na sua melhor forma.

No entanto os japoneses venceram por mais de um quilómetro de vantagem.

O director decidiu criar um grupo de trabalho para estudar o caso.

Após vários estudos, o grupo descobriu que os japoneses tinham sete remadores e um capitão…enquanto a equipa portuguesa tinha um remador e sete capitães.

Diante disso, o Director Geral teve a brilhante ideia de contratar uma empresa de consultadoria para analisar a estrutura da equipa.

Depois de longos meses de trabalho, os especialistas chegaram à conclusão de que a equipa tinha capitães demais e remadores de menos.

Com base no relatório dos especialistas, a empresa decidiu mudar a estrutura da equipa.

A equipa seria agora composta por quatro comandantes, dois supervisores, um chefe de supervisores e um remador.

Especial atenção seria dada ao remador.

Ele teria que ser melhor qualificado, motivado, e consciencializado das suas responsabilidades.

No ano seguinte, os japoneses venceram com dois quilómetros de vantagem.

Os dirigentes da empresa despediram o remador por causa do seu mau desempenho……e deram um prémio aos demais membros como recompensa pelo desempenho e pela forte motivação que tentaram incutir na equipa.

O Director Geral preparou um relatório da situação, no qual ficou demonstrado que: 

. foi escolhida a melhor táctica, 

. a motivação era boa, 

. mas o material deveria ser melhorado.

No momento estão pensando em substituir... a canoa!!!!!!!!!!

BOA SEMANA!

38 comentários:

  1. Tal como em muitas empresas portuguesas. São mais os que assistem/fiscalizam (?) do que os que trabalham realmente.
    E os resultados estão à vista.
    Boa semana, Pedro, um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um retro terrível.
      Mas muito bem esgalhado, António.
      Aquele abraço, boa semana
      (logo passo pelo blogue que neste computador não tenho acesso).

      Eliminar
  2. rrrsss rrsssss

    Conheço uma versão ainda mais punitiva para o remador : o desgraçado apanhou um processo disciplinar.

    Boa semana, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E depois foi despedido, São??
      Faz todo o sentido :)))
      Boa semana

      Eliminar
    2. A estória não diz o resultado, mas não me admiraria nada.

      Eu tive a aposentação despachada rapidamente porque , no cumprimento das minhas funções profissionais, denunciei uma IPSSs que , além de muitas outras patifarias, estava roubando o Estado...

      Bom Março :)

      Eliminar
    3. E fez muito bem, São.
      Oxalá houvesse mais pessoas com a sua coragem.
      Bom Março (começa soalheiro e com temperaturas muito agradáveis por aqui; mas consta que a agulha virará rapidamente)

      Eliminar
  3. Boa e "lesta", ou seja, bem à portuguesa.

    Boa semana, Pedro!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Esta já conhecia. Mandaram-ma por email.
    Mas está muito bem conseguida. Uma grande semelhança com muitas empresas.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer semelhança com a realidade não terá sido mera coincidência, Elvira Carvalho :))
      Um abraço, boa semana

      Eliminar
  5. Muito bom, Pedro.

    Grande abraço e votos de excelente fim de semana para si e suas princesas, meu caro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquele abraço, votos de boa semana para si e as suas mais que tudo.

      A gripe já lá vai??

      Eliminar
  6. Na mouche, palavras bem certeiras. E assim vai o nosso pais, país de estudos e de copianços...
    Kis:=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso, nem isso, AvoGi :)))
      Bjs

      Eliminar
    2. Portugal é um grande cagavam sobre um pau pa os velhos e povo totalmente! E racismo anti-Espanhois, e racismo os pretos e ignoranza!

      Pa mais informaciones visitem:

      http://portugaleumamerda.blogspot.ca/

      http://portugalisaracistcountry.blogspot.ca/

      Eliminar
    3. Não sei quem é nem quero saber, Anónimo.
      Esconde a cara para ofender um país e os seus nacionais???
      Que linda atitude!

      Eliminar
  7. Uma situação bem à "nossa" medida. Ou, melhor dizendo, à medida de sociedades onde é desvalorizado o trabalho mas onde se valoriza o dirigismo.
    Quando será que isto muda? (se é que alguma vez mudará).
    Grande abraço pah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "à medida de sociedades onde é desvalorizado o trabalho mas onde se valoriza o dirigismo"
      É melhor procurar as excepções, Kok.
      Porque essa é a regra, ouso dizê-lo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Pedro, aqui está o retrato perfeito da burocracia do nosso país! Queremos avançar mas nem todos querem remar, quanto mais para o mesmo lado.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carpe Diem,
      A próxima comentador é brasileira.
      Eu vivo em Macau.
      Portugal, Brasil, Macau...não será um pouco assim por todo o lado??
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Jesus! Essas são as empresas públicas daqui. É triste.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daí, Anajá?
      Leia os outros comentários.
      É assim no Brasil, em Portugal, em Macau...
      É mais fácil procurar saber onde não é assim.
      Tenha uma óptima semana também

      Eliminar
  10. ~~~
    Muito boa, Pedro,
    porém,
    consta em Portugal, que a classe média
    é que vai remando, contra todas as marés...

    ~~~ Boa semana, beijinho. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A classe média é essencial em todas as sociedades, Majo.
      E frequentemente objectos de muitos maus tratos.
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  11. Sentido estratégico muito apurado! :)
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Um retrato muito real da situação da nossa "PRODUTIVIDADE" Pedro !
    Quantas discussões tenho tido sobre este assunto quando se nega que a produtividade de Portugal é fraca !
    A resposta é apenas que os nossos trabalhadores são muito aplicados e bons ! Que a baixa produtividade é uma treta !
    As pessoas ainda não entenderam que produtividade é o cociente dos "inputs" sobre os "outputs" ! Interessa é o resultado final que se obtém com um conjunto global de meios !
    Tal como esse exemplo da canoa, vê-se muito nos trabalhos camarários! rsrs ... Os que estão a controlar e os que estão a produzir !

    Abraço !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosse só em Portugal, Rui.....
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Um retrato (quase) fiel do que por cá se passa Pedro!
    Todos querem exercer postos de chefia e para dar o corpo ao manifesto, ficam os subalternos. Sempre em número muito inferior. Depois querem obter os mesmos resultados daqueles que trabalham em equipa.
    Como a culpa nunca pode morrer solteira vá de inventar estudos para descodificar onde está o defeito, mas sem ir muito à raiz...ficando-se pela rama.
    Tenho dúvidas se consegui passar o meu ponto de vista, Pedro.
    Tomara que sim!! :))

    À veces ne quedan las palabras...:)

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondo como respondi ao Rui, Janita - se fosse só em Portugal...

      Eliminar
  14. :))) talvez substituindo a canoa consigamos ganhar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com esta estratégia nem que se substitua por um barco com motor, Gábi :)))

      Eliminar
  15. e já quase me esquecia: obrigada, uma boa-semana também e um beijinho

    ResponderEliminar
  16. Respostas
    1. Uma realidade transversal a muitos países e regiões, Chic'Ana

      Eliminar
  17. Esta é das tais anedotas que somente de ler "irrita" :)), tão real ela é !!! :(((

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Real e abrangente, Ricardo.
      Quem, e onde, não sente isto??
      Aquele abraço

      Eliminar