10 de setembro de 2018

Voltaire e os dois tipos de ladrões


 Na vida, existem 2 tipos de ladrões;

1-O ladrão comum: 
É aquele que rouba o seu dinheiro, sua carteira, relógio, telefone, etc.

2-O ladrão político: 
É aquele que rouba o seu futuro, seus sonhos, seu conhecimento, seu salário, sua educação, sua saúde, sua força, seu sorriso, etc.

Uma grande diferença entre estes dois tipos de ladrões, é que o ladrão comum escolhe-o para roubar os seus bens enquanto o ladrão político é você que o escolhe para ele o roubar. 

E a outra grande diferença, não menos importante, é que o ladrão comum é procurado pela polícia enquanto o ladrão político é geralmente protegido por um comboio policial. 

Pense bem antes de escolher o seu ladrão, da próxima vez ...

Para completar, o génio de George Carlin:


BOA SEMANA!

54 comentários:

  1. Votar, votar.... so assim poderemos evitar os ladroes mais "abrangentes".

    Boa semana, Pedro!
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A abstenção deu um Trump à América.
      Os Republicanos não faltam.
      Os Democratas ficaram casa e apanharam uma valente surpresa.
      Boa semana, Catarina

      Eliminar
  2. A abstenção é o maior cancro de qualquer democracia porque a meu ver votar é uma obrigação. Mas também quantas vezes votamos num ou numa que mal chega ao poder é o oposto do que apregoava? O mal de muitos políticos é que vivem da política e não para a política.

    Beijocas e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto o voto não for obrigatório a abstenção vai crescer.
      Principalmente agora que as pessoas estão cada vez mais desiludidas com a política (duas vezes, com Bush e Trump, os americanos votaram em quem, apesar de ganhar o voto popular, não foi eleito) e os políticos (é uma mediocridade que até assusta).
      Beijocas, boa semana

      Eliminar
  3. Bom dia
    Sempre ouvi dizer que " Nunca se mentiu mais que depois da caça e da pesca e antes das eleições "
    Uma boa semana para todos .
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhecia esse dito, Joaquim Rosário.
      Mas está bestial.
      Até quando a "caça e a pesca" procuram outras "presas" :)))
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
  4. Há golpes de mão silenciosos. Deitam mão com toda a razão do mundo, se alarido, legitimados por um estatuto próximo da inimputabilidade. E têm sempre alguém que os defende com fidelidade canina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os exemplos são tantos que é complicado saber quais escolher, Agostinho.
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Os chamados ladrões da casaca são os que me merecem menos respeito, Francisco.
      Os que roubam por necessidade, para alimentar a família, a esses eu respeito e era capaz de fazer o mesmo.
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
  6. Os politicos serao os piores certamente!!
    Boa semana Pedro

    ResponderEliminar
  7. Quer maiores ladrões que os governantes? Lool

    O Vazio da saudade...
    Beijos e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Voltaire sabia-a toda, Cidália Ferreira :)))
      Beijos, votos de uma excelente semana

      Eliminar
  8. Õs gregos tinham a política como a maior virtude, pois servia a sociedade num todo. Actualmente a política apenas serve os interesses de alguns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A política, a governação da pólis, que a todos pertencia, Pedro Dinis.
      Tempos longínquos, civilizações extintas.

      Eliminar
  9. Que quem mais que os políticos? Roubam-nos a olhos vistos :))

    Do nosso amigo, Gil António:- Geladas lágrimas de silêncio.

    Bjos
    Votos de um óptima Segunda - Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era o que Voltaire dizia, Larissa Santos.
      É o moço parece que nem era parvo :)))
      Bjs, votos de boa semana

      Eliminar
  10. Acho que esse labirinto só
    tem parede, teto, chão e nada
    mais.
    Um abração, amigo.


    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faltam-lhe fundações, estrutura, silvioafonso.
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
  11. Os ladrões de 'luva branca' são piores do que os 'irmãos metralha', ma se vemos as coisas desse modo nunca votaremos em nenhum.

    O vídeo de Carlin já conhecia, Pedro e, como já tive oportunidade de lhe dizer, não concordo com tudo o que o comediante diz, embora, claro está, diga a brincar coisas muito verdadeiras e sérias.

    Beijinhos, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, Janita - Carlin, um iconoclasta, está a gozar com a realidade política americana.
      Ele, que sempre foi um libertário, exagera aquilo que pensa.
      Puro humor.
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  12. Pois é. Os segundos são bem mais perigosos.
    O vídeo pode ser muito interessante. Mas a minha ignorância em línguas, não me permite entendê-lo
    Um abraço e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vídeo é um gozo como só Gerorge Carlin conseguia fazer, Elvira Carvalho.
      Um abraço, boa semana

      Eliminar
  13. Uma escolha sempre difícil, Pedro! Por muito cuidado que se tenha, dificilmente acertamos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, que já me abstive muitas vezes, revejo-me muito no que Carlin, de forma jocosa, afirma, luisa :)))

      Eliminar
  14. OLÁ PEDRO
    depois de ter estado a escrever um testamento,
    perdi todo o comentário
    Que chatice, fiquei mesmo irritada...

    Dizia eu que...
    nunca tinha pensado nisso,
    mas agora apercebo-me que é muito certo

    Infelizmente, deste tipo de ladrão, não nos livramos:
    aquele que rouba o seu futuro, seus sonhos, seu conhecimento, seu salário, sua educação, sua saúde, sua força, seu sorriso, etc.

    HOJE, post novo, aqui:
    http://pensamentosimagens.blogspot.com/

    Beijinhos
    Boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ouvi tantas vezes o que Carlin aqui diz, tulipa.
      Se você não vota não se pode queixar.
      A sério?
      Não me posso queixar de quem não escolhi??
      Beijinhos, boa semana

      Eliminar
  15. Está divertido e hilariante, Pedro.
    Quando não há outro remédio... este é o melhor.
    Os amigos brasileiros andam desesperados...
    Beijinhos
    ~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Brasil está a travessar mais uma fase complicada, Majo.
      Já atravessou muitas e sempre soube sobreviver às mesmas.
      Vai ser assim novamente.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Pedro, lembrei-me de apresentar um filme como recurso didático:

    https://www.youtube.com/watch?v=sE1LyQ3BtDI

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ali Babá e os outros quarenta não eram ladrões de casaca, Angela :)))

      Eliminar
  17. Tenho pavor desses ladrões políticos, basta ver o que tenho de pagar de impostos e comparar o meu ordenado com o deles, para me deixar de cabelos em pé, já dos outros nunca fui vítima deles.
    Sempre actual o Voltaire!

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já fui vítima de ambos, Manu.
      Como dizia o Guterres, "é a vida..." :)))
      Beijos, boa semana

      Eliminar
  18. Posso escolher entre um e outro, posso? Como parece que ser ladrão é uma "qualidade" da qual o homem actual não abdica, voto no primeiro.
    É que enquanto o primeiro rouba coisas de somenos, o segundo rouba tudo, da dignidade, à alma.
    É culpa nossa? Mas será mesmo? Não é necessário um detector de mentiras para saber que TODOS mentem, logo...?!

    Pedro, que alternativas nos restam?!:(

    Beijinho, Família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A alternativa é tentar encontrar os melhores.
      Ou, como o Carlin, não votar, GL.
      Beijinho, boa semana

      Eliminar
  19. Eça de Queirós tinha razão “políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.”
    Abaixo os ladrões políticos!!!!
    Beijo, Pedro, e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Associo-me a esse grito de revolta, teresa dias!!
      Beijo, boa semana

      Eliminar
  20. Faço meu o comentário de Teresa Dias


    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já somos três a fazer soar o mesmo grito, São.
      Boa semana

      Eliminar
  21. o ultimo fecha a porta11 de setembro de 2018 às 06:54

    estava a ler e ia comentar o teu antepenultimo paragrafo.

    ResponderEliminar
  22. Boa noite amigo Pedro!

    Voltaire e os dois tipos de ladrões, muito interessante e verdadeiro. Ele era mesmo um sábio. O que escreveu se assemelha com os ladrões atuais. Abraços, tenha uma noite de paz.

    ResponderEliminar
  23. VOLTAIRE é sempre VOLTAIRE.

    E a cereja em cima do bolo: GEORGE CARLIN

    Excelente!

    ResponderEliminar
  24. Por todo o Reino Unido vê-se nos locais públicos avisos do género "É política do estabelecimento processar qualquer indivíduo que abusar dos funcionários ou clientes, que danifique ou remova propriedade ou que se comporte de forma ilegal neste espaço". "Aumentamos as câmaras de vigilância e é nossa medida de de segurança divulgar imagens de infractores com vigilantes e polícia".

    Este sinal tirei da recepção de um hospital. Mas está por toda a parte. Bancos, autocarros, supermercados, etc. Sabes o que eles são? CONTROLO. Através do amedontrar a população. Isto da liberdade e da sua definição tem muito que se lhe diga. Mas acho que cada vez temos MENOS e não damos conta. Somos mais enganados, manipulados, sofremos lavagens cerebrais e não damos por elas. Pouca diferença entre nós, ocidentais deselvolvidos e "livres" um um qualquer indivíduo criado a odiar o ocidente, a pegar em armas e a disparar para matar. Apenas muda o estilo e o objectivo. Nós estamos a ser "programados" para aceitar e para não ter ideias rebeldes. Estamos cada vez mais a ser empurrados para comportamentos padrões. E isso é resultado do quê? Das políticas. É comer comida que não é mais comida e calar-nos com isso, porque não é suposto mostrar que pensamos, que temos opinião. os empregos, os comportamentos, o que nos dizem para vestir, para usar, para sermos... Tudo começa com a POLÍTICA. Com as leis.

    Voltando aos cartazes - que desde o início estranhei, parecem-me mais ameaças que avisos. Aqui se abrires a boca ou falares alto, é considerado acato e podem chamar a polícia por coisas insignificantes, coisas que em portugal não mereciam tamanha atenção. Isto é o quê senão a incusão de MEDO nas pessoas? Medo de refilar com uma funcionária por um serviço do qual não estão satisfeitos, porque isso é considerado agressão. Estou mesmo a ver um futuro triste e medonho. De pessoas acanhadas, introspectivas, receosas, incapazes, controladas, com duas personalidades, forçadas a uma pública e a outra privada. Refilar fica restrito aos callcenters - que vão continuar a crescer e a multiplicar-se como cancros. Tudo vai ser menos humanizado. E pessoas? Nem vê-las. Aliás, neste hospital, haviam mais avisos do que pessoas. Parecia um hospital fantasma.

    Pronto, desculpa o testamento e a ligação estabelecida entre a política/ladrão e o controlo de massas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, não sei se deixei claro, mas a intenção era mencionar que os serviços pioraram - especialmente os de medicina, cada vez existem menos pessoas para os doentes e nota-se distintamente um empenho consistente em afastar as pessoas da ida ao médico. E isto acontece porquê? Por causa das políticas!! Que só fizeram foi estragar um serviço e um direito que todos deviam ter. Colocando cartazes impedindo as pessoas de demonstrar desagrado da forma que é mais NATURAL, é uma forma de controlar. É uma forma de ROUBAR cada um de nós dos nossos direitos de expressão, direitos de questionar o rumo dos cuidados médicos, questionar a qualidade dos produtos que nos são vendidos, tanto em termos alimentares como em todos os outros. E é assim, aos poucos e com subtileza, que somos ROUBADOS da saúde, educação, etc, etc.

      Um abraço

      Eliminar
    2. Londres, Portuguesinha??
      Acha que em Macau não é assim?
      Começo a ter dúvidas se não há câmaras dentro de minha casa.
      Big Brother em força.
      Paranóia securitária.
      Um abraço

      Eliminar
  25. Não gosto de ladrões. Nunca fui ladrão comum e ladrão político cheguei a ser convidado para o ser. Obviamente não aceitei !
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente como eu, Ricardo.
      Educadamente declinei o convite.
      Não faz o meu género.
      Aquele abraço

      Eliminar
  26. Os ladrões do Brasil que o digam!!! Mas o povo é que os escolhe, certíssimo esse texto. Quem não sabe votar que arque com as consequências, porém os 'outros' pagam o pato...
    beijo, Pedro!

    ResponderEliminar