10 de abril de 2018

A linguagem dos pássaros (Turquia)

20 comentários:

  1. Respostas
    1. Esteja atenta amanhã que vai aqui passar outra curiosidade que vale a pena ver e conhecer.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Eu também desconhecia, São.
      Como desconhecia o que vou publicar amanhã e que sei que a São vai gostar porque tem a ver com a civilização Inca.

      Eliminar

  3. Minh'alma tá parva! Maravilhada... mas parva! :)
    Gostei imenso, logo eu que gosto de assobiar! (hehehe)

    Beijinhos assobiados
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção ao que vou publicar amanhã.
      Mais uma vez para ficar de queixo caído.
      Beijinhos com a civilização Inca à espreita.

      Eliminar
  4. Os índios primitivos comunicavam com sinais de fumo; pelo que pude entender, neste recanto da Turquia, as pessoas que estão distantes, comunicam, entre si, com o trinado de pássaros.
    E aprendem-no nos bancos da escola!
    Que coisa fantástica! :) Gostei muito de saber.

    Obrigada, Pedro!
    Beijinhos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, Janita.
      Já são muito poucos, tem tendência a desaparecer, mas ainda existe.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Uau!!!!
    (Sem palavras)
    Que falem "os pássaros"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja o que vou publicar hoje, Boop.
      Vale a pena.

      Eliminar
  6. muito bom Pedro, uma vertente interessante da diversidade de comunicação dos humanos
    a não confundir com práticas de consideradas de assedio que não são catalogadas pela Unesco ! nem podem !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje outro tipo de comunicação, Angela.
      Vale a pena ver.

      Eliminar
  7. Pedro muitíssimo interessante !
    Muito boa publicação !
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Veja o de hoje, Ricardo.
      Vale a pena.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Fantástico, Pedro.
    Fiquei maravilhada.
    E eu não consigo assobiar, mas adoraria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. assobiar assim só está ao alcance de uma pequena minoria, Maria Araújo.
      A caminho da extinção

      Eliminar
  9. Vou levar o vídeo e enviar para os meus familiares, certo?

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Não fazia a mais pequena ideia da existência desta linguagem, Maria Rodrigues.
      Como gosto de dizer, estamos sempre a aprender.
      Beijinhos

      Eliminar