21 de março de 2019

Ou há (i)moralidade ou comem todos


Conta-se que havia um célebre sapateiro em Braga que acumulava o ofício de sapateiro com a reflexão filosófica.
E que numa dessas reflexões, tendo presente a injustiça e a desigualdade, terá proferido a expressão “ou há moralidade ou comem todos”.
Uma expressão que se tornou célebre e que terá atravessado fronteiras para chegar a Macau na sua vertente negativa, a da imoralidade.
O encontro de culturas e civilizações tem destas curiosidades.
As inúmeras virtualidades da expressão já se estenderam inclusivamente ao debate parlamentar em Macau, veja-se só.
Desconheço se Chan Wa Keong, deputado nomeado pelo Chefe do Executivo, conhece Braga e o sapateiro/filósofo de Braga.
Mas parece conhecer a expressão que celebrizou ambos.
Apelidar a proposta que o seu colega Sulu Sou apresentou de imoral é prova desse conhecimento.
A Língua Portuguesa, Língua oficial na Região Administrativa Especial de Macau, é efectivamente muito rica.
E ensina-nos que imoral é o que é contrário à moral, desonesto, escandaloso, libertino.
A proposta que Sulu Sou apresentou será imoral na óptica de Chan Wa Keong.
Já não será imoral aprovar algumas leis, falar de bofetadas às esposas, de apanhar jovens à noite como se apanham cães.
Isso é, na não tão célebre expressão do treinador Artur Jorge, “perfeitamente normal”.

26 comentários:

  1. world is getting worse and worse dear Pedro!
    have a blessed happy week ahead!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. It's hard to deal with people like this, baili.
      Have a great weekend

      Eliminar
  2. O que falta neste mundo são pessoas com moral...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. Não é fácil lidar com pessoas deste calibre, aproveito para desejar a continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  4. "Apanhar jovens à noite como se apanham cães"
    Meu Deus isto existe?Que mundo é este para onde alguns políticos nos levam?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa luminária já não é deputado, Elvira Carvalho.
      Foi o mesmo que disse que dar uns estalos à mulher e aos filhos era sinal de amor.
      Abraço

      Eliminar
  5. Imoralidades existem em todo o mundo, onde habitem seres humanos!

    Com o meu abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobretudo onde habitem velhacos, António Querido.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Até os cães têm direitos...
    Há ditos populares, bem antigos, que vão para muito longe e são usados, como é o caso do sapateiro de Braga.
    Caro Pedro, continuação de boa semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O sapateiro de Braga é muito internacional, Jaime Portela!! :))
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Essa expressão: «Ou há moralidade ou comem todos» ouvi-a eu pela primeira vez no filme «A Canção de Lisboa», Pedro. :)
    Se não estou em erro foi quando um magricela, que não me lembro agora que personagem desempenhava, descobriu a marosca do engano às tias da província e disse isso para o António Silva, também conivente na trafulhice.
    Vai ver isso aí por Macau ainda são resquícios...

    Beijinhos com moralidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é comum é atribuir-se a expressão ao sapateiro/filósofo de Braga, Janita.
      Estarei a violar direitos de autor??? :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Há sempre "dois pesos e duas medidas".
    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. "Apanhar jovens à noite..."? Que é que isso significa? Não faço ideia, e fiquei assustada.:(
    Se puderes acrescenta algo que me elucide um pouco.

    Beijinho, Família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cretino acha que os jovens andarem na rua à noite é indigno.
      E sugeriu que fossem apanhados como se apanham os cães.
      Fdp
      Beijinho

      Eliminar
  10. Põe fdp nisso!:(
    E está em prática, esse atentado? Para onde levam(levavam) os jovens?

    Estava ansiosa por voltar aqui para ver se tinhas respondido. Quando pensamos já ter visto quase tudo há sempre um danado que nos surpreende!:(

    Que raio de mundo é este?:(

    Desculpa, mas há realidades...:(

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este estupor, que tem metro e meio (homem pequenino ou sacana ou bailarino) já desapareceu da esfera pública.
      Tenho umas saudades dele!!
      Beijinho

      Eliminar
  11. Um assunto importante a ser tratado. Ética e moral devem ser bem compreendidos.
    Um bom final de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  12. Boa semana sem rusgas, redes caninas ou bofetadas de gente parva, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E achavam piada a este sacana, Agostinho
      Eu tinha vontade de lhe bater.

      Eliminar