9 de outubro de 2018

As eleições do voto contra


O Brasil votou.
E, como era fácil prever, votou contra.
Estas eleições serão para sempre recordadas como as eleições do voto contra.
Muito mais do que sufragar um programa eleitoral, uma ideia para o País, os brasileiros votaram contra alguém.
Os apoiantes do grande vencedor, Jair Bolsonaro, votaram contra os desmandos do PT, a herança de Lula e Dilma Rousseff, a corrupção, o nepotismo, o caciquismo, que associavam ao PT e aos seus representantes.
Os apoiantes de Fernando Haddad votaram contra Jair Bolsonaro e as suas ideias vistas como racistas, xenófobas, homofóbicas.
E ambos votaram contra Michel Temer, que se terá tornado em muito pouco tempo o mais impopular Presidente do Brasil democrático.
Estas eleições brasileiras, se se podem inserir numa vaga nacionalista e populista que se vem propagando um pouco por todo o Mundo, com exemplos de todos conhecidos e fulanizados nos Estados Unidos e em vários países da Europa, podem marcar uma viragem no sentido de voto dos eleitores a nível mundial.
Porque o paradigma do "pode ser corrupto mas faz obra" pode ter conhecido o seu estertor neste acto eleitoral no Brasil.
Os povos estão fartos do abuso do poder, do aproveitamento do poder político em proveito próprio.
E votam contra quem associam a estas práticas.
Confiando mais em alguém que, por muitos defeitos que apresente, e que sejam publicamente reconhecidos, se apresente de "folha limpa", para usar uma expressão tipicamente brasileira.
A segunda volta, o segundo turno (mais uma expressão tipicamente brasileira), deverão consagrar Jair Bolsonaro como novo Presidente do Brasil.
Um Jair Bolsonaro que terá agora que aparecer mais do que apareceu nesta campanha eleitoral, mostrar-se mais do que se mostrou nesta campanha eleitoral, mas que não trará nada de novo em relação ao que já mostrou e que pelos vistos seduziu os brasileiros.
Ele é o candidato que não está associado a fenómenos relacionados com abusos de poder, o candidato que personifica, do ponto de vista dos eleitores, o combate à corrupção.
E é isso que agora interessa aos eleitores brasileiros.

62 comentários:

  1. Desejam luta sem tréguas à corrupção e aceleradíssimo número de assassinatos.
    Para isso, vão suceder mais uns certos mortos, lógico.
    Bolsonaro terá que se redor de ministros firmes e de ficha limpa e refrear algumas das suas extremadas expressões.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. o Mac altera vocábulos automaticamente.
    Nem sempre dou conta a tempo.
    No interior comentário foi redor em vez de RODEAR.

    ResponderEliminar
  3. E AGORA, saiu INTERIOR, em vez de ANTERIOR...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acontece a todos, João Menéres.
      O meu iPad já me fez passar cada vergonha!! :))

      Bolsonaro ganhou sem fazer campanha.
      Agora vai ter que fazer, vai ter que se expor, vai ter que se mostrar mais.
      Mas, mesmo assim, vai ganhar.
      Porque não está ligado ao mensalão, às pedaladas fiscais, à Petrobrás.
      E foi isso, e todos os que, de uma maneira ou outra, são identificados com essas situações, que o Brasil rejeitou.
      Nem que para isso tenha que engolir alguém como Bolsonaro.
      Seria engraçado ver uma sondagem junto dos votantes de Bolsonaro para ver quantos realmente votaram Bolsonaro e quantos votaram contra o PT.

      Aquele abraço

      Eliminar
  4. O Brasil precisa urgentemente de alguém que lute contra a corrupção...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é se essa pessoa é Bolsonaro, Isabel Sá.
      E, se for, com que custos...

      Eliminar
  5. Acredito que Bolsomaro irá ganhar sem problemas. Se o seu opositor tinha alguma hipótese, acabou com ela ontem, quando visitou Lula, provavelmente para estabelecerem uma linha a seguir para a segunda volta.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem hipóteses, Elvira Carvalho.
      os resultados não deixam dúvidas.
      Até em Macau e Hong Kong Bolsonaro conseguiu mais de 60% dos votos.
      os brasileiros votaram e vão continuara a votar contra o PT.
      Abraço

      Eliminar
  6. Repito o que já ouvi de muitos brasileiros: entre os dois...venha o diabo e escolha.

    Se a justiça permitir a Bolsonaro fazer ou realizar os ideais que apregoou será mais um ditador na senda política mundial e oxalá que não venha a ser como o seu vizinho que fez de um país tão rico a maior das tragédias.

    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vem nessa sequência, Fatyly.
      Trump, Duterte, Orban, tudo mais ou menos igual, tudo assustador.
      Beijos, um bom dia aí para Portugal

      Eliminar
  7. Este mundo está a ficar impróprio, agora aqui ao lado em Espanha surge também um partido de ultra-direita.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco,
      Sem querer ser a voz da desgraça, esse fenómeno só tem tendência para crescer.
      Essa é a triste realidade.
      Bolsonaro é só o mais recente exemplo.
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. Também fiquei de queixo caído com o que vi no comício aqui ao lado em espanha.... Sinceramente... A televisão prestou um grande mal à população. Até os candidatos agem e discursam como se estivessem num filme americano! Só aí é que faz sentido o que vi. Na vida real devia existir bom senso, equilíbrio, verdades... não show bizz.

      Eliminar
  8. E aqui vai um 'prognóstico antes do jogo': Ciro Gomes e Haddad dão as mãos e no dia 28 evitam um mal (muito) maior para o Brasil.
    Um abraço, Pedro, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Wishfull thinking, António.
      Se Ciro Gomes tivesse ido à segunda volta, ao segundo turno, ainda podia haver alguma réstia de dúvida.
      Com Haddad não há.
      Ela é a marioneta de Lula, é assim que os brasileiros o vêem.
      E as atitudes dele não ajudam nada a mudar essa percepção.
      O que os brasileiros ontem disseram, alto e bom som, até mesmo aqui!!, foi que querem alguém que não tenha nada a ver com o PT, com Lula.
      Nem que esse alguém seja um tipo tão pouco recomendável (estou a ser simpático) como Bolsonaro.
      Aquele abraço, boa semana

      Eliminar
    2. Era bom...
      Assim como cá tivemos a "geringonça" para nos libertar de mais quatro anos de Coelho.

      Eliminar
  9. Pedro,
    Eu leio aqui muitas
    verdades que vi, entendi
    calei, calo e calarei.
    Agora é deixar o tempo
    mostrar, e como acontece
    na democracia: pagar o preço
    da metade mais um.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos dar tempo ao tempo, CatiahoAlc.
      Mas não minto - estou preocupado.
      Esta criatura não augura nada de bom.
      Bjins

      Eliminar
  10. Um voto do contra, como escreveram num jornal brasileiro: Eu odeio Bolsonaro, mas meu voto é dele. Porque ou é Bolsonaro ou o império do crime."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantos milhões de brasileiros não pensaram assim, Pedro Dinis?
      Não sei qual foi o jornal brasileiro que teve exactamente a mesma sensação que eu.
      É isso mesmo - um voto negativo e não positivo, contra e não a favor.

      Eliminar
    2. Quando me deparo com não concordar com nenhum dos candidatos tenho sempre a solução: o voto em branco.
      Prejudicial? Não acho. Acho que é representativo. Muitos votos em branco e a eleição é nula, não tem validade. REJEITA-SE TODOS OS POLÍTICOS candidatos! Nada de escolher "o mal menor". Isso é uma IDIOTICE. Estará sempre a escolher mal. Então não escolha de todo.

      Eliminar
  11. Querido Pedro, sobre esta temática quero deixar um poema de Carlos Drummond de Andrade:

    Congresso Internacional do Medo

    Provisoriamente não cantaremos o amor,
    que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.

    Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
    não cantaremos o ódio, porque este não existe,
    existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
    o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
    o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
    cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
    cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte.

    Depois morreremos de medo
    e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas

    Aquele abraço e votos de boa semana para si e suas princesas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os brasileiros tiveram medo de deixar continuar no poder quem saqueou o país e agora muitos vão ter medo de deixar no poder quem pode amordaçar o país, Ricardo.
      Aquele abraço, votos de boa semana para si e as mais que tudo

      Eliminar
  12. Uma análise da situação política brasileira com a qual concordo absolutamente. Não podemos acusar o povo brasileiro de fascismo ao apoiarem um político da Ultra-Direita. Os brasileiros sofreram muito com os maus governos anteriores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este voto foi uma reacção de revolta, Teresa.
      Revolta de quem tanta esperança depositou no PT para acabar completamente desiludido com o que o PT aprontou.
      O poder é assim tão viciante, distorce tanto?

      Eliminar
  13. 50 milhões de eleitores conseguidos por Bolsonaro é obra.
    Tenho ouvido algumas entrevistas dele e parece-me que tem objectivos muito diferentes dos senhores que estiveram antes no poder.
    Mal ou bem, acho que vai ser a reviravolta que o Brasil tanto precisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho medo de Bolsonaro, Manu.
      Digo dele o que já ouvi de algumas figuras aqui de Macau e da China - é sinistro.
      Beijo

      Eliminar
  14. Parece ser boa analise Pedro.
    Alguem pode explicar se o povo brasileiro votou pelo CAPITAO Balsonaro ou votam pelo partido dele para presidente. ??!!!
    E para Senado e voto individual ou partidario?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Votaram contra o PT, Augie Cardoso, acima de tudo votaram contra o PT.

      Eliminar
  15. Das eleições do Brasil, juro que não percebo. Mas que que precisam paz, sim e nem só
    Hoje: Meditação da alma

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça - Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E será que vai haver paz com Bolsonaro na presidência e um Congresso completamente esfrangalhado, Larissa Santos?
      Oxalá haja.
      Mas tenho sérias dificuldades em acreditar nessa possibilidade.
      Bjs, votos de uma óptima terça-feira também

      Eliminar
  16. Ola Pedro , a minha pregunta nao era essa.
    A minha questa e a seguinte, no Brazil vota Se por partidos aos quais os vota dos pertencem ou se VOTAM POR INDIVIDUOS que apoiam certos partidos.
    Por exemplo nos USA ninguem vota por partido. Todo o voto e individual. Depois na pratica de organisar o congresso se associam a partidos ou nao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. A resposta está aqui (http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/561628-ELEITOR-VOTA-PRIMEIRO-PARA-DEPUTADO-FEDERAL-NESTE-ANO.html), Augie Cardoso.
      Está aqui explicado o sistema eleitoral brasileiro.
      Diferente do americano e do português.

      Eliminar
  17. É de loucos! Por isso estamos a receber muitos brasileiros. Até actores. Na empresa onde trabalha o meu marido quase todos os dias entram brasileiros/as. Está muito complicado...!!!

    Beijos-Boa tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitos brasileiros, compreensivelmente, estão com medo do que aí vem, Cidália Ferreira.
      E preferem fugir a esperar para ver.
      Beijos

      Eliminar
  18. Nao estou a par das eleicoes Brasileira, mas sera que este provavel futuro Presidente vai conseguir mudar alguma coisa e melhorar a vida dos Brasileiros?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mudar, vai de certeza, Sami.
      Para melhor?
      Isso é que estamos para ver.
      Quando é conhecido por Trump tropical isso não augura nada de bom, convenhamos.

      Eliminar
  19. Acho que está feita uma análise perfeita da actual situação, Pedro.
    Agora, relativamente à segunda volta, quanto a mim, Haddad, acaba de assinar a sua derrota ao tornar pública e praticamente propagandeada visita a Lula na cadeia, com a finalidade de discutir a estratégia e receber instruções para a campanha ! :(( ... A sua "sentença de morte", sem a menor visão do que se passa ! :((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa foi a cereja em cima do bolo, Rui.
      Se já era mais do que evidente a influência de Lula, na rectaguarda, agora Haddad resolveu mostrar tudo às claras.
      Terá feito de propósito, para fidelizar os brasileiros que ainda vêem Lula como um herói?
      Fica a dúvida...

      Eliminar
  20. Pedro, todos os brasileiros sabem do programa de Bolsonaro, sim, ele vem rodando o país há muito tempo. O Brasil não aguenta mais tanta corrupção, a maior corrupção do mundo! Dão coisas para os pobres mas não dão o trabalho, como manter essas coisas? Permitem, favorecem a compra fácil de automóveis, milhões deles nas estradas e ruas das grandes cidades, mas para pouco tempo...E a classe pobre já viu isso. E instalou-se o caos. Os políticos ganham um absurdo e com todos os penduricalhos grudados, enquanto o salário mínimo é 950 reais. O Brasil é rico e o povo pobre mudou de classe, está indigente. E os ricos, muito mais ricos. Há alguma coisa errada!!!
    O Haddad segue a cartilha de seu padrinho Lula. O Bolsonaro é combatido pela esquerda porque quer proteger a 'moral e ética das famílias', as criancinhas (são ensinadas nas escolas, aos 6 anos, como fazer sexo, coisa implantada pelo PT.
    Porém, a campanha aqui é uma guerra de acusações e 'Fake-News' na Internet, onde está muito forte, minuto a minuto, Redes e YouTube. Realmente, o brasileiro chegou ao seu limite, e a campanha está feroz. Mas quando, na História desse país, um presidiário comando seus súditos de dentro de uma cadeia? Vamos aguardar pelo dia 28 de outubro.
    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terrível e desesperante, Tais.
      Quando falou que a classe pobre virou indigente, isso é mesmo chocante. Se não nos pormos a pau, também acontecerá noutras partes do mundo. Cada vez que se favorece negócios escusos, cada vez que não se resolvem problemas com a educação e não se ajuda os necessitados. O Brasil sempre me chocou por ter crianças de rua. Como?? Como isso é possível? COmo a sociedade o permite? O brasil é grande demais, diversificado demais, para o seu próprio bem.

      Eliminar
    2. Tais Luso e Portuguesinha,
      A vitória de Bolsonaro explica-se muito com essa profunda desilusão do povo brasileiro.
      Que confiou em Lula, no PT, para acabar a ver o que seriam presumivelmente os seus directos representantes, cometer todos os abusos, fazer todas as tropelias.
      Para não deixar dúvidas a ninguém, Haddad de cara aberta a visitar Lula e a receber instruções deste.
      Dia 28 de Outubro só teremos a confirmação do óbvio - a vitória de Bolsonaro, o próximo Presidente do Brasil.
      Beijo às duas

      Eliminar
  21. Política não é comigo:(
    Eles lá se estenderam, digo eu.
    r: o ele ser o melhor e se for verdade a acusação, irá perder muita coisa.
    Que a Sra se devia ter calado acho que era o melhor.
    Agora, ficar a postar nas redes sociais a favor dele é que não, até porque há sempre a dúvida.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje vai ser tema por aqui, Mena Almeida.
      Tinha que ser.
      Abraço

      Eliminar
  22. Para se vingarem de alguém que antes aplaudiram. Talvez tenham votado contra eles mesmos?

    Tenha uma boa noite caro amigo Pedro Coimbra.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  23. Não prevejo mudanças significativas para o povo brasileiro e a existirem não serão positivas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu prefiro esperar para ver.
      Muito desconfiado do que aí vem, confesso.

      Eliminar
  24. Não gosto de ditaduras e cada vez gosto menos de democracias ! Gostaria de democracias verdadeiras, não negócios !!!

    ResponderEliminar
  25. É só intuição, mas "não boto" fé nenhuma nele.
    Ouvi-lo falar é como ouvir um analfabeto a querer falar como se fosse muito letrado. Fiquei com a sensação de que, nem treinado, ele consegue. Achei-o fraco, tão longe de parecer político. Quando é que o Brasil vai ter um político às direitas??

    Sabes o que se segue, não sabes? Após o voto contra Lulas e partidos corruptos, após o voto aos populistas ignorantes mas de "folha limpa", o caus e o desespero vai aumentar. O país ou entra em guerra, ou é inteligente e IMPORTA políticos de outros países. Pode ser inconstitucional MAS, sinceramente, acho que faria muita falta a lugares como o Brasil ou a América. Perderam NOÇÃO do que um político deve ser e fazer. Só sabem uma realidade fantasiosa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho medo dele e de outros como ele, Portuguesinha.
      Sabe aqueles momentos na vida em que queremos estar enganados?
      Este é um deles.

      Eliminar
  26. Não pude votar (Estou longe da cidade da qual eu voto), apenas justifiquei e irei justificar novamente nos segundo turno. Mesmo se eu fosse votar eu votaria o famoso zero zero.. Votaria em branco. Desde que tirei meu titulo de eleitor há alguns anos, simplesmente só voto zero zero.. Não me sinto representada por ninguém e acredito que o Brasil vai continuar a mesma coisa ou vai piorar mais ainda. Escolas estão sem professores e os menos recebem salários injustos. Quem se forma na faculdade mal conseguem estágio/emprego.. Está um caos e o pior ainda é ver pessoas brigando com familiares por causa de eleição.. Um exemplo disto é uma famosinha chamada Kéfera.. Parou de falar com a própria mãe porq a mãe dela votou no Jair..

    O Hadad já foi prefeito daqui de São Paulo e eu não vi muita diferença..Se o Geraldo tivesse ganhado talvez poderia fazer algo, já que ele fez boas coisas durante governador de são paulo.. as estradas do vale do paraíba estão de ótima qualidade..

    It's Lizzie

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lizzie,
      Haddad ficou com o ferrete de pior prefeito de São paulo.
      essa foi uma das muitas razões para sair derrotado nestas eleições.
      O povo olha para ele e vê o pior prefeito de São Paulo que é uma marioneta de Lula.
      Pior que isto...
      E, apesar de todos os pesares, prefere votar no sinistro Bolsonaro, no sargentão.

      Eliminar
  27. Estou assustadíssimo.
    #HaddadSIM
    Saudações antifascismo.

    ResponderEliminar
  28. Seria um desfecho muito triste...
    Abracinho.
    ~~~

    ResponderEliminar
  29. Comentei agora isso mesmo no blog da rapariga do autocarro. estamos de acordo.

    ResponderEliminar