1 de fevereiro de 2018

E se Steve Wynn for tarado qual é o problema?



Steve Wynn, o magnata do Jogo que está a ser acusado de assédio sexual (mais um numa lista cada vez mais longa), está a deixar muita gente nervosa.
Se não me surpreende nada o falso puritanismo dos americanos, confesso que me surpreende que o mesmo suceda em Macau.
Steve Wynn, na sua vida privada, é tarado? 
Não se sabe, há alegações nesse sentido, que estão a ser investigadas por quem tem o dever de as investigar. 
O que é que esse defeito de carácter, se realmente existe (Steve Wynn aponta para uma campanha coordenada pela sua ex-mulher), tem a ver com a marca Wynn? 
Mais ainda, com a marca Wynn em Macau? 
A empresa que Steve Wynn (ainda) controla cumpre todos os deveres contratualmente estipulados? 
Não é isso, e só isso, que deve preocupar as autoridades administrativas de Macau? 
Confesso que não compreendo esta obsessão com a vida privada de certas pessoas. 
À mulher de César não lhe basta ser séria, tem que parecer séria. 
Todos conhecemos esta expressão. 
Que se deve aplicar ao exercício de cargos públicos. 
O CEO de uma empresa privada não é César nem tem que ser sério e parecer sério. 
Se os accionistas da empresa, não as autoridades administrativas, acharem que esse CEO tem que ser afastado do cargo, são esses accionistas que tomarão a decisão de o afastar. 
Pessoa idónea, é isso que está legalmente previsto em Macau e nos Estados Unidos. 
Se se provar que Steve Wynn realmente é mais um dos muitos tarados que se vão conhecendo (e é preciso provar isso sem sombra de dúvida) deixa de ser pessoa idónea para efeitos legais em Macau? 
Confesso que não sei, mas tenho sérias dúvidas que assim seja. 
O que sei é que os jogadores vão continuar a frequentar os espaços de entretenimento que Steve Wynn controla em Macau, seja Steve Wynn alvo de uma ou muitas acusações de assédio sexual.
Se Steve Wynn cumprir rigorosamente as suas obrigações contratuais, e não acredito que uma delas seja ter uma vida privada exemplar, eu, residente permanente de Macau, fico satisfeito. 
Cuidado com a caça às bruxas porque pode atingir outras pessoas, criar outros problemas, lançar suspeitas infundadas.
E dar origem a acusações de profunda hipocrisia. 
Valerá a pena? 
Para finalizar, mais uma no meio de tantas perguntas que aqui foram sendo deixadas – não é curioso que se comece a falar destas questões quando se começa também a falar da renovação das licenças das operadoras ligadas ao sector do Jogo em Macau?? 
Ele há cada coincidência!!

36 comentários:

  1. A caça ao homem continua! : ))
    A lista não acaba aqui. Ainda bem que as pessoas que têm uma plataforma muito abrangente se manifestem porque assim - em simultâneo, esperemos – estão a ajudar as mulheres (e homens) que têm receio de se manifestar com medo de represálias, ou aqueles/as que não têm “voz”.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que me preocupa é que já haja aqui muito aproveitamento por parte de gente que se apresenta como anjinho mas que afinal é um valente diabinho, Catarina.
      Mais, como sou desconfiado, acho estranho esta coincidência (??) de se começar a falar nestas questões quando se discute a renovação das licenças dos operadores em Macau.

      Eliminar
  2. Pois é amigo Pedro ele há grandes coincidências e infelizmente não é só em Macau.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar sou eu que sou desconfiado, Francisco.
      Mas esta treta cheira a esturro que tresanda.
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. Realmente não há coincidências, Pedro. O que me parece é que as mulheres americanas iniciaram um novo Mc Carthysmo, com esta verdadeira caça às bruxas que se está a tornar global.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A principal queixosa é uma manicure que terá sido forçada a ter relações com ele (violou-a???) e que, para ficar calada, diz ela, recebeu 7.5 milhões de US dólares.
      Para ficar calada.
      Agora mete a boca no trombone.
      Devolve a massa??
      Pois...

      Eliminar
  4. Estou a leste destas coitas. Gostei de ler :))

    Hoje:- Perdida no Sonho... Nudez Imaculada.
    .
    Bjos
    Votos de uma feliz Quinta-Feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acompanha as notícias do célebre movimento das mulheres que se dizem vítimas de abusos nos Estados Unidos??
      Bjs

      Eliminar
  5. Tenho um amigo em Lisboa que é piloto de aeronaves, esteve em Macau uns anos a trabalhar, a esposa foi ter com ele assim como os filhos, ele gostava de estar aí mas a esposa não gostou e vieram embora, pouco sei de Macau, apenas e só o que ele descrevia nas nossas conversas.
    O meu abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Steve Wynn é um dos operadores que entraram no negócio do Jogo em Macau após a liberalização do mercado, António Querido.
      E que agora está a ser alvo de acusações de assédio sexual nos Esatdos Unidos.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Não sei se o anterior comentário entrou.

    Sou incapaz de compreender o espalhafato e os milhões gastos por causa de infidelidades que só dizem respeito ao casal.Estou a lembrar-me do caso Clinton com a oportunista da Levinsky.

    Enfim, os EUA cada vez piores

    SÂO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora vejo Macau a ir pelo mesmo caminho, São.
      A lei fala em pessoa idónea.
      Por andar atrás de gajas deixa de ser idóneo??
      Moralismos??
      Não me lixem!!

      Eliminar
  7. Sempre ouvi dizer que nada acontece por acaso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também cada vez menos acredito nisso, António.

      Eliminar
  8. É isso, Pedro ! "Está na moda" e há esse problema da caça às bruxas. Está-se a passar dos oito para os oitenta e isso é perigoso !... É que, creio eu, começa também a surgir muito "oportunismo" com motivos variados : ou necessidade de estar nas "parangonas", ou sentimentos de vingança, ou vários outros ! :(
    Como já tenho referido, corre-se o risco de confundir o verdadeiro assédio (aquele que é usado como arma de promessas e contrapartidas profissionais, por ex., com repúdio da vítima), com outros tipos, em que muitas vezes são elas próprias que assediam e depois se pretendem passar por vítimas !
    Acho que já se foi longe demais e sobre isso já a Catherine Deneuve se pronunciou !

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é o meu receio, Rui.
      Que a banalização destas situações leve a que se comece a deixar de investigar seriamente os casos que são mesmo do foro criminal.
      Depois vamos chorar lágrimas de crocodilo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. Pedro, não compreendo esta obsessão com a vida privada de certas pessoas, sinceramente, é algo que me perturba todo este voyerismo que reina pelo mundo, usando uma expressão americana recomendaria às pessoas "GET A LIFE".

    Abraço e bom resto de semana, amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui cheira a moralismo (falso) e aproveitamento financeiro, Ricardo.
      Inclusivamente para lançar dúvidas acerca da renovação das licenças aqui em Macau, o local onde Wynn vem buscar maior parte do seu dinheiro.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  10. Se for provado, deve ser castigado.
    Mas penso que nesta fase do campeonato há muitas mulheres a confundirem jogos de sedução com assédio sexual.
    Continuação de boa semana, caro Pedro.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obviamente, Jaime Portela.
      Ele e qualquer outro.
      Mas, até ser provado, se calhar está na mira de muita gente para sofrer outro$$ ca$tigo$.
      Aquele abraço, bfds

      Eliminar
  11. Assédio sexual é um assunto sério, que se começa a banalizar com tantas histórias que estão a surgir.
    Não percebo porque é que as alegadas vítimas não denunciaram imediatamente.
    No caso de se verificar a veracidade do caso, seja CEO ou o empregado da limpeza deve sofrer as consequências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magui,
      Dois bons exemplos que envolvem directa e indirectamente Steve Wynn:
      - a principal acusadora dele é uma manicure que terá sido obrigada a ter relações sexuais com ele (fio violada?? O que é ser obrigada a??) e que, para ficar calada, diz ele, recebeu 7.5 milhões de US dólares. Já passaram mais de vinte anos, foi um trabalho de manicure muito bem pago, e agora mete a boca no trombone que foi aquilo que disse que não faria quando recebeu a massa. Vai devolver o dinheiro???
      - uma menina aqui em Macau, croupier num dos casinos Wynn, diz que até é capaz de ter sido assediada. Não por Steve Wynn, por um cliente VIP, que até lhe tocou com o cartão de membro VIP numa parte do corpo muito sensível (os olhos???). Um homem, se quer assediar uma mulher, como Trump confessou, não usa cartões. Os cartões são utilizados para outros fins.

      Eliminar
  12. Só que há tanto puritanismo por um lado, não digo que não fazem bem em denunciar os maus tratos e assédio imoral e sem respeito pelas pessoas, mas por outro lado, é uma violência gratuita e cenas às quais até as crianças mais pequenas têm acesso a toda a hora, e ninguém se revolta contra essa cultura degradante para os seres humanos :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é outra conversa, Anónimo.
      Que agora não está na moda.
      O que está na moda agora é o assédio.
      Hipócritas!

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Para além de fundamentalismo, hipocrisia, Graça.
      Francamente já dei para esse peditório.
      Beijinho

      Eliminar
  14. Não conheço esse, mas também não admira, eu gente famosa conheço poucas :)
    Mas ó Pedro porque só agora se queixam? ele é esposas, são modelos atrizes e sei lá quem. Não é que eu concorde com qualquer que seja o tipo de violência, claro que não, mas não houve também algum "proveito" ou qualquer outra coisa? é que passados tantos anos anda tudo a queixar-se. Não entendo.
    Boa sexta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Steve Wynn é um magnata do Jogo, aqui e nos Estados Unidos, Mena Almeida.
      Há tempos escrevi aqui sobre os dinheiros de Macau que financiavam o Partido Republicano - Steve Wynn e Sheldon Adelson.
      Obviamente quem for abusador, tarado, tem que ser punido.
      E é isso que está a ser investigado.
      O que incomoda é o aproveitamento óbvio de situações horrorosas por parte de gente sem escrúpulos e com outros objectivos.
      Boa sexta.

      Eliminar
  15. Ele há coincidencias do caraças
    Abraço Pedro
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aos 53 anos já pouco acredito em coincidências, Kique...
      Aquele abraço

      Eliminar
  16. Lido o texto com atenção, ocorre-me o mesmo pensamento do comentador anterior.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu respondo como respondi ao comentador anterior, Elvira Carvalho.
      Um abraço

      Eliminar
  17. Respostas
    1. Aqui não há amigos.
      Nestas situaçõe$ os amigo$ $ão outro$.

      Eliminar
  18. Neste momento, em qualquer lugar do planeta, parece haver uma "caça às bruxas". Nestas questões é sempre assim: quando as coisas são feitas por arrasto, e sempre com as objectivas dos fotógrafos por perto, há um ou outro tubarão que é apanhado, mas na maioria das vezes é apenas pretexto para um qualquer ajuste de contas. Será?

    Um abraço, Pedro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que também ande muito por aí, AC.
      Não digo que o homem seja santo, nem acredito que haja por aí santos a pontapé, mas cheira a esturro que tresanda.
      Aquele abraço!

      Eliminar