Avançar para o conteúdo principal

POEMA DA FODA



Neste Brasil imenso
Quando chega o verão,
não há um ser humano
Que não fique com tesão.

É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo fode,
Onde todo mundo é fodido.

Fodem moscas e mosquitos,
Fodem aranha e escorpião,
Fodem pulgas e carrapatos,
Fodem empregadas com patrão.

Os brancos e os negros se fodem
Com grande desprendimento,
Os noivos fodem as noivas
Muito antes do casamento.

General fode Tenente,
Coronel fode Capitão.
E quem manda na República
Vive fodendo a nação.

Os freis fodem as freiras,
O padre fode o sacristão,
Até na igreja de crente
O pastor fode o irmão.

Todos fodem neste mundo
Num capricho derradeiro.
E o danado do Dentista
Fode a mulher do Padeiro.

Governador fode prefeito
Prefeito fode vereador
E como era de se esperar
Todos fodem o eleitor.

Parece que a natureza
Vem a todos nos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para foder.

E você, meu nobre amigo
Que agora está a se entreter,
Se não gostou da poesia
Levante e vá se foder!

Autor Desconhecido:

Também pudera, se fosse conhecido, tava fodido!

Comentários

  1. Caro Pedro Coimbra
    Forte mas realista. Está tudo fodido!
    Abraço e bom fim de semana.
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  2. Caro Rodrigo,
    Dizer mais o quê?
    Está tudo dito.
    Aquele abraço e votos de bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  3. Já conhecia este poema-obra-prima e há uns anos li que a autora era uma paraibana ALDENORA, mas nunca fiz pesquisa sobre tal:)

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Fatyly,
    Poesia no seu melhor :)))
    Confesso que não pesquisei o autor.
    Baijinhos

    ResponderEliminar
  5. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Depois de ler este tórrido poema só posso externar:
    Saudações fornicantes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  6. Preciso de fazer aí uma correcçãozinha o Dentista não piiii a mulher do padeiro, foi a D. Sinházinha a esposa do coronel Gesúino é verdade eu vi isso na Gabriela Cravo e Canela, e depois ele matou-os aos 2 :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Esperava-se outra coisa dum actor desconhecido brasileiro :P

    ResponderEliminar
  8. Caro Prof. João Paulo de Oliveira ,
    Que mais se poderá dizer? :)))
    Aquele abraço!


    Este nao foi escrito pelo grande Jorge Amado, Poppy :)))

    FireHead,
    Loosen up, man! :)))

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares