27 de outubro de 2010

Os semáforos junto à Escola Portuguesa são uma excepção?


A PSP divulgou ontem, em conferência de imprensa, alguns dados que me deixaram algo confuso.
Acreditando nos dados ontem divulgados, a PSP autua os peões e os automobilistas que não respeitam as passadeiras.
E os semáforos.
Aqui surge a minha grande dúvida - os semáforos existentes junto às instalações da Escola Portuguesa constituirão excepção a esta regra?
Sim, é que, todos os dias, vejo ali uma série de peões que não ligam patavina aos semáforos.
Não sendo autuados em virtude desse desrespeito descarado.
Isto apesar de, muito frequentemente, estarem agentes colocados  naquele entroncamento.
Confesso que ainda não percebi exactamente para quê - não regulam o trânsito, deixam que seja ocupada a linha amarela, que se crie ali o caos, que sejam totalmente ignoradas todas as regras de trânsito.
Incluindo a sinalização semafórica.
Será que aquela zona é uma área de excepção, uma espécie de "no man's land"?

5 comentários:

  1. Os óculos dos agentes não são escuros, são opacos.
    E falta-lhes o sensor para a 3D!
    Por isso o que acontece neste entroncamento (trmo apropriado, não?) é = ao que acontece no entroncamento anterior (juntinho ao China Plaza).
    E a muitos outros .... Macau sã asi ...

    ResponderEliminar
  2. finalmente percebi tudo.. já repararam que os óculos dos policias são como os óculos dos mineiros do Chile? deve ser por isso que não conseguem ver nada do que se passa nos cruzamentos...só que os mineiros já tiraram os óculos e aqui o pessoal, chova ou faça sol continua "oculado"!!

    ResponderEliminar
  3. Meus caros,
    Se calhar são mesmo os óculos.
    Porque, o que ali se passa, diariamente!!, é uma vergonha.
    Só por milagre ainda não aconteceu uma desgraça.
    Idem junto ao Wynn, na Avenida da Amizade, agora também entre o Venetian e o City of Dreams.

    ResponderEliminar
  4. Já dizia o célebre Macaense "ADÉ" Macau sã Assim.

    Segundo informações recolhidas junto de pessoas tecnicamente formadas na áerea do trânsito e mais propriamente na área dos semaforos, os de Macau estão mal regulados, e o resuktado está à vista em vários cruzamento da parte central da cidade, junto à Escola Portuguesa, China Plaza, Hotel Sintra, junto à Estátua de Jorge Alvares, já para não dizer mais alguns.
    O problema não é dos óculos dos policiais, mas sim de quem os comanda.
    Um transeunte atento e responsável.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  5. Caro Cambeta,
    A má regulação dos semáforos é um facto.
    Basta passar na Avenida Praia Grande para se perceber isso.
    Em vez de se apanhar uma "zona verde", em menos de 500 metros temos de para três vezes.
    Mas o problema aqui é outro.
    É mesmo desrespeito.
    Estão-se nas tintas (normalmente são visitantes).
    E os polícias, que estão ali ao lado, não vêem nada.
    Não querem ver...
    Um abraço

    ResponderEliminar