31 de outubro de 2010

O Porto sabe nadar! O Braga afundou. Ronaldo e Nani em grande

O Porto não acusou a pressão e venceu em Coimbra (1-0).
Debaixo de uma chuva diluviana, que transformou o relvado (estreado na semana passada!!) de Coimbra numa piscina, com os dois treinadores a quererem adiar o jogo, outros interesses falaram mais alto e o jogo realizou-se.
Quando se esperava um jogo aberto, bem jogado, com aquela chuva e aquele relvado, foi mais uma lotaria.
Na qual o Porto foi mais forte e mais feliz.
O golo de Varela, mais um e muito bonito, mantém a distância para o Benfica e alarga-a para o Braga.
Ainda houve tempo no jogo para Moutinho falhar um penáti, para a Académica atirar uma bola à trave mesmo no final, e para Fernando se lesionar.
Mais do que isso, muito pouco porque não havia condições para tal.
Ficou a certeza que esta equipa do Porto também sabe lutar quando é preciso.

O Braga é que foi ao fundo.
A derrota em Vila do Conde, que corresponde à primeira vitória do Rio Ave nesta edição da Liga (2-0) deixou claras as deficiências que já aqui referi várias vezes - esta equipa do Braga não tem estrutura para disputar duas competições da envergadura da Liga e da Liga dos Campeões ao mesmo tempo.
Na época passada foi prematuramente eliminada das provas europeias.
Esta época, depois do resultado de ontem, está prematuramente afastada da discussao pelo título.

Dois portugueses em evidência nos grandes campeonatos europeus - um em Espanha (Ronaldo), outro em Inglaterra (Nani).
Ronaldo marcou dois golos na vitória (difícil) sobre o Hércules.
Nani marcou um golo, controverso, na vitória do Manchester sobre o Tottenham.




Sem comentários:

Enviar um comentário