6 de agosto de 2014

Talentos? Quais?!


O Chefe do Executivo, actual e futuro, aponta como uma das prioridades do seu programa político (se é que podemos falar de algo semelhante em Macau...) a detecção e formação de talentos.
Como nunca se densifica verdadeiramente este conceito, fui procurar o seu significado.
O Dicionário Online de Português dá a conhecer duas definições possíveis para o termo:
- "Indivíduo engenhoso, de habilidade ou capacidade incomuns (...)";
- "Antiga moeda grega (...)".
Analisando o panorama das instituições de ensino superior em Macau, que deveriam detectar e formar esses talentos, esses indivíduos dotados de capacidades incomuns; as polémicas em que algumas têm estado envoltas; a sensação de castração de novas ideias, de liberdade criativa, de pensamento que fuja ao mainstream, que também algumas transmitem; e que tiveram de resto reflexo no trambolhão que essas instituições deram em todos os rankings recentemente divulgados; fico a pensar se o Chefe do Executivo, quando fala em talentos, não estará a fazer mais uma vez referência aos gregos.

18 comentários:

  1. Parece que aí está muito parecido com o que aqui se passa, mas um pouco melhor ainda assim: é que a coligação PSD/CDS manda os jovens emigrar e , depois, quer captar "cérebros"( deve ser para implantar na caixa craniana do cavacal figura, de Passos, Portas e respectiva camarilha!!)

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São essas pessoas, essa emigração jovem e qualificada, que aqui tem chegado cada vez mais, São.
      O Pais forma as pessoas, forma os talentos, e manda-os embora.
      Brilhante! :(

      Eliminar
  2. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Falando em políticos bem sabemos que tipo de talento eles têm.
    Caloroso abraço! Saudações talentosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fala-se tanto em talentos e atrofia-se o ensino, o saber, a liberdade de pensamento, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Sem esses pressupostos, essa liberdade, criatividade, não há detecção nem formação de talentos em parte alguma do Mundo.
      Grande abraço

      Eliminar
  3. ~
    ~ ~ Há talentos e talentos!

    ~ ~ Há quem tenha um talento excecional para ser subserviente...

    ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esses parece-me que são sobrevalorizados, Majo
      Será que ninguém percebe que, quem lambe cus a A pode muito lamber a B?
      É o que estiver mais a jeito.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Fico sempre com a impressão que aqueles que se recusam a partir mesmo ganhando abaixo da sua formação, competência e talento são os burros!
    Os que teimosamente tentam que o país não se afunde são olhados de soslaio...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rosa dos Ventos,
      A decisão de sair é muito pessoal.
      Sei bem do que falo porque passei por esse momento.
      Hoje nem me passa pela cabeça.....voltar.
      Abraço

      Eliminar
  5. Talentos chineses!

    Então não tinhas percebido?

    Eu sei que sabes, mas a China já é dona de meio-mundo e prepara-se para comprar o outro.

    Eles já compraram grandes pedaços de Portugal e da América nem se fala.

    Podem ser autoritários, mas que têm talento para usurpar e ganhar dinheiro...nem duvido.
    São muito à frente dos judeus, quer-me parecer.

    Beijinhos deste triste e tão pouco talentoso (na miséria) país: Portugal.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talento para ganhar dinheiro têm muito, Pérola.
      Mas isso só não chega.
      Até porque, quando as pessoas atingem um certo bem estar material, querem outras coisas que não são propriamente compradas.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Pode sempre vir recrutar talentos ao "governo" português que têm muitos talentos explícitos e escondidos e estão sempre a pensar nos talentos na aceção grega...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas por aqui também me parece que não se consegue passar dos talentos gregos, Graça.
      Pobres meninos ricos :(

      Eliminar
  7. Deve ser amigo do Relvas, que também teve essa ideia quando era ministro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então agora já sei onde é que o Chefe do Executivo foi buscar a ideia, Carlos - Relvas, quem diria?? :)))

      Eliminar
  8. Afinal não é só neste País!

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecer que nós administrámos isto quase meio século, Adélia :))
      Beijinhos

      Eliminar
  9. A cartilha é universal não é por isso de estranhar que fórmula mágica do sucesso seja declamada também aí. O problema é que os promitentes caçadores nem moscas sabem apanhar.
    BFS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apanham outro tipo de talentos $$$$, Agostinho.
      No sentido grego do termo.
      BFDS

      Eliminar