27 de fevereiro de 2013

Controlar o monópilo de importação e distribuição de produtos? Podi?


Francis, Tam Pak Yuen, Secretário para a Economia e Finanças do Governo da RAEM, afirmou ontem na Assembleia Legislativa ser firme intenção do Governo da RAEM controlar o monopólio de importação e distribuição de produtos por forma a combater a escalada de preços, nomeadamente no que diz respeito aos bens alimentares.
Curioso, estava convencido que NAM podi.
Podi?
Tanto ancusa a genti uvi, iscrevê, e podi?
Nosotro assi sã tudo di feliz!
Podi?
Diveras?
Então vai de asinha, asinha, controlar!!

20 comentários:

  1. Sinceramente, acabar com o monopolio nao sei se a medio e longo prazo havera baixa de precos por causa da concorrencia... eles por baixo da mesa estao muito bem de maos dadas...

    Mas uma coisa é certa, a qualidade dos produtos serao uma "inconstante"...

    No fundo, acabei por nada dizer, porque o trabalho é tanto que mesmo a "asinhar", nao será para breve...

    ResponderEliminar

  2. Jan Jan,
    A relação entre o interior da China e Macau é, no final, uma relação de vasos comunicantes.
    A China manda para aqui visitantes com dinheiro para gastar e, depois, através de monopólios, de concessões, de obras, vem recuperar uma boa parte desse dinheiro
    Win/win situation.
    Para se afirmar o que se afirmou ontem é porque há sinais vindos do interior da China que a NAM :))) terá que ir buscar dinheiro a outro lado.
    As pessoas começam a ficar fartas de serem tomadas por parvas.
    E a Praia Grande e Pequim começam a perceber isso.
    Antes que se dê cabo da harmonia, vamos lá tomar medidas.
    Aquele abraço!!

    ResponderEliminar
  3. Respostas

    1. Como já hoje comentei - um sistema de vasos comunicantes
      Que só confirma que nao há almoços grátis :)))

      Eliminar
  4. Pedro é caso para dizer, "podi isto"?

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Imagina uma cidade como Macau com monopólio na importação e distribuição de bens de primeira necessidade?
      Parece mentira.

      Eliminar
  5. Certo!!!
    Boa analise... subscrevo o Win/win... e é sem duvida hora de tomar medidas, já teriam sido benvindas, ontem!!!
    Sim, aquele abraço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Jan Jan,
      Tive tantas pegas com os gajos da Nam Yue !!!
      F......da p..... Tiravam-me do serio
      Acabei, com grande alivio, por ser afastado dessas reuniões.
      Aquele abraco

      Eliminar
  6. Ah pois, Pedro!
    Se calhar podi, mas um almoço nunca é de graça!!

    Beijinho.

    PS. comentário repetido, o outro fugiu...:(

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Mas este é demasiado caro para o que é oferecido, Janita.
      Pura sacanice!
      Beijinho

      Eliminar
  7. Esse control será para valer, ou fachada por tras disso.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É controlo total, Adélia.
      Macau não produz nada, importa tudo o que consome.
      E estes sacanas têm o monopólio da importação e distribuição.
      Terceiro-mundista, para ser simpático.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Podi?!? Nam sê! Sê que num entendi nadica... :)))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teté,
      De quando em vez dá-me para dizer/escrever umas coias em patuá, o dialecto típico de Macau :)))
      Por muito disparate que diga/escreva, acho que também estou a dar um pequenino contributo para que seja preservado.
      Beijocas

      Eliminar
  9. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Já vi tanta coisa que nada mais me admira.
    Tempos houve em que os comerciantes de Macau que importassem arroz de outros países a NK os colocaria na lista negra, monopólio sempre houve, mas o mais caricato de tudo é que os produtos oriundos da China através destas duas firmas monopolistas são mais caros do que em Macau e provem da mesma origem.
    Vem agora o Tam dizer nada, enfim...
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Por isso, e mais outras coisas que a ética profissional me impede de contar, é que eu me pegava com eles, Amigo Cambeta.
      Cambada!!!
      Aquele abraço

      Eliminar