4 de dezembro de 2012

Cozido à Portuguesa no pão

JÁ CONHECIAM ESTA RECEITA??






50 comentários:

  1. Só como cozido à portuguesa uma vez por ano. Tradicionalmente, no primeiro dia do ano, mas não na minha casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ola eu tenho uma Tasquinha em V.N Famalicao e ja experimentei este cozido a portuguesa em minha casa este cozido e algo de muito bom .

      Eliminar
    2. Ola eu tenho um Tasquinho em V. N . Famalicao e ja experimentei este cozido a portuguesa na minha casa e algo de muito bom .

      Eliminar
    3. ola eu tenho uma Tasquinha em V.N Famalicao e ja experimentei este cozido a portuguesa em minha casa este cozido e algo de muito bom .

      Eliminar
    4. Vivo em Macau.
      Quem sabe um dia que vá a Portugal em férias não faça uma visita à sua casa para experimentar.
      Um abraço desde Macau!

      Eliminar
  2. Mas alguma vez comeu cozido à portuguesa no pão, Catarina?
    Eu não.

    ResponderEliminar
  3. Isto para mim é novidade! Nem sabia da existência de tal receita!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  4. Nem eu, Luciano.
    Tem muito bom aspecto.
    E dá para alimentar um regimento!!! :)))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  5. Já conhecia, Pedro!

    Bom proveito para quem é apreciador do prato (que não eu)!

    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,
      Restaurante Quinta do Farta Pao, perto de Cascais

      Eliminar
    2. Boa tarde Pedro Coimbra,

      Acabei de ligar para o Restaurante Quinta do Farta Pão, em Cascais, mas não é ai que existe este cozido no pão.
      Cumprimentos.
      Fernando

      Eliminar
    3. Fernando,
      Peço desculpa.
      Eu recebi o mail com as imagens.
      Curiosidade minha, e de leitores do blogue, fui procurar onde era confeccionado.
      E foi esse o resultado que repetidamente encontrei.
      Agora aguçou-me de novo o bicinho da curiosidade.
      Vou tentar pesquisar mais e, se encontrar resposta diferente, deixo-a aqui.
      Os meus melhores cumprimentos

      Eliminar
    4. Caro Pedro Coimbra,

      Antes de mais não tem de pedir desculpa, quando o fez foi certamente com a melhor das intenções.
      Para que o bichinho da curiosidade não entre em desespero, :) aqui fica a informação que um colega de serviço conseguiu encontrar:
      - Adega Monhé
      Rua Doutor Elísio Castro, 55 - Eiras de Cima
      4520-213 Santa Maria da Feira
      Site:
      http://www.descubraportugal.com.pt/edicoes/tdp/registo.asp?id=18559&tipo=r

      O prato em questão só é feito por encomenda (48 horas antes), no mínimo 6 pessoas e no máximo 9.
      É um prato que demora 4 horas a fazer no forno.
      Não posso adiantar mais nada, ainda não conheço o restaurante em questão. Para meu azar está um pouco longe de Lisboa.
      Resta-me agradecer toda a sua atenção e deixar os meus cordiais cumprimentos.
      Fernando

      Eliminar
    5. Caro Amigo Fernando,
      Andava tão longe!!
      Ontem fiz uma nova pesquisa e só me aparecia o mesmo restaurante.......e o meu blogue :))
      Sendo eu de Coimbra, uma saltinho a Santa Maria da Feira quando aí for de férias, até é uma possibilidade.
      Um abraço desde Macau!

      Eliminar
  6. Eu não conhecia, Ricardo.
    Pelo que me foi dado saber, especialidade de um restaurante na zona de Cascais.
    Aquele abraço!!

    ResponderEliminar
  7. Eu gosto bastante de Cozido à Portuguesa, e não conhecia esta receita. Gosto do aspecto!

    ResponderEliminar
  8. Mas que grande pão ! eheh ... Não fazia a mínima ideia ! ... pelos vistos é feito no forno ! :)))

    Abraço !
    .

    ResponderEliminar
  9. Caro amigo Pedro Coimbra!
    Quando for ao reino distante além-mar degustarei este quitute!
    Caloroso abraço! Saudações apetitosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  10. Pedro, entro e saio sem olhar de novo para as fotos.
    Que maldade!!!

    Só uma coisa: é mesmo na zona de Cascais...

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Respostas
    1. Respondi lá em cima, Carla.
      Foi o que me foi dado saber.
      Deixe-me fazer-lhe uma pergunta indiscreta - e a esposa do Ricardo?
      Se e, permita-me a ousadia de lhe enviar um beijinho.

      Eliminar
    2. Já sei que meti argolada, Carla :(
      Peco desculpa.

      Eliminar
  12. S.o.l.
    Tem um óptimo aspecto.
    Da para alimentar um exercito!!! :)))

    Rui,
    Um pão do camandro!!!!
    Com óptimo aspecto
    Aquele abraço

    Caro Prof. João Paulo de Oliveira,
    Isto e uma refeição farta. Muito!!!!
    Aquele abraço


    António,
    E o restaurante que eu eu referi, nao e?
    Quer o cozido, quer o restaurante, tem muito bom aspecto.
    Aquele abraço


    ResponderEliminar
  13. Então e o pão não se come? Serve só como tacho?

    Eu desde que comi o cozido lá das Furnas, com todo aquele sabor a enxofre, passei a olhar para o cozido com outros olhos...

    ResponderEliminar
  14. Claro que o pão é para comer, FireHead.
    Está a imaginar aquele pãozinho, quentinho, a servir de cama ao cozido?
    Até me cresce água na boca!!

    Carlos,
    Deve ser pesadão.
    Mas perdoa-se a indigestão pela iguaria que se adivinha ali.

    Eu também não conhecia, Gábi.
    Mas gostava de experimentar.

    ResponderEliminar
  15. Nunca comi mas já conhecia a receita :)

    ResponderEliminar
  16. Agora está esclarecido o mistério - Santa Maria da Feira!!
    Cortesia do nosso amigo Fernando.

    ResponderEliminar
  17. Bom dia peço desculpa mas o cozido no pao referido nao pode estar quatro horas no forno, pois opao nao aguenta e é impossivel cozer as carnes diversas e os legumes ao mesmo tempo. Isso é uma fraude. O cozido é montado quinze minutos num tabuleiro com a massa de pao por cima vai ao forno e sinceramente é so o aparato que o resto nao vale a pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. qual fraude qual quê, o tempo que demora a fazer tudo é que sao quatro horas, é evidente que nao sao quatro horas a cozer dentro do pao. As carnes sao cozidas primeiro depois é que é montado dentro do pão e fica o tempo de cozer o pão. Tal como se faz com bola de carne. Vai a cozer com as carnes lá dentro

      Eliminar
    2. Não é fraude nenhuma. O prato demora mesmo quatro horas a ser feito. Incluindo cozer as carnes e depois montar com a massa do pão ainda crua, que vai a cozer em forno normalmente. Onde está a fraude? tal como se faz uma bola de carne. As carnes estão cozinhadas e vão depois ao forno com a massa da bola. è tal e qual. Nada difícil de fazer.

      Eliminar
    3. Libania (o nome de uma boa amiga),
      Explicou tudo direitinho e por isso fico-lhe grato.
      E ainda mais me despertou a curiosidade, e me abriu o apetite, para experimentar este petisco quando for a Portugal.
      Os meus melhores cumprimentos

      Eliminar
    4. Caro Anónimo, provavelmente não deve saber que é o Chef Luís Sottomayor nem, porventura, deve conhecer a Adega do Monhé. Mas, efectivamente, todo "o material" vai em cru para o forno....inclusivamente a massa. Não há fraude na melhor gastronomia do mundo - a Portuguesa - e em especial na Nortenha....este Sr. é um Chef da pesada....

      Eliminar
    5. Já agora.....http://www.tvi24.iol.pt/videos/video/13930501/1

      Eliminar
    6. Obrigado pelos esclarecimentos rvilaverde

      Eliminar
  18. Boa Tarde!
    O saudoso Conventual, em Lisboa, serviu durante muitos anos o seu Cozido no pão, embora fosse muito mais pequeno

    ResponderEliminar
  19. Boa Tarde,
    O saudoso Conventual, em Lisboa, serviu durante muitos anos o seu Cozido no pão, embora muito mais pequeno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Costa Coelho,
      Vou experimentar, a próxima vez que for a Portuga (vivo em Macau) o tal restaurante né Feira.
      Mas tenho que levar um montão de amigos :)))
      Os meus melhores cumprimentos

      Eliminar
    2. https://www.google.com/search?q=Adega+Monh%C3%A9&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=h_6IUdWaIubg7QbimIC4CQ&ved=0CEEQsAQ&biw=952&bih=477#imgrc=QAiEMqx3nIb1yM%3A%3BG4L5D0ua2eVx8M%3Bhttp%253A%252F%252Fcdn4.igogo.pt%252Ffotos%252F12%252F74%252Frestaurante-adega-monhe.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.igogo.pt%252Frestaurante-adega-monhe%252F%3B375%3B255

      Eliminar
    3. Ola Libania Monteiro eu sou do norte e tambem faço esse cozido mas as carnes sao postas em cro para dentro da massa depois vai ao forno para cozer tudo.

      Eliminar
    4. Ola Libania Monteiro eu sou do norte e tambem faço esse cozido mas as carnes sao postas em cro para dentro da massa depois vai ao forno para cozer tudo.

      Eliminar
    5. O la Libania Monteiro eu sou do norte e tambem faço este cozido em minha casa as carnes sao todas metidas em cro
      dentro da massa e depois vai tudo ao forno para cozer o tempo necessário espero que a tenha ajudado em alguma coisa .

      Eliminar
  20. sera que podem dar o numero do restaurante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terá que procurar contactar alguma das pessoas que o conhecem, Anónimo.
      Lamento, mas eu não tenho esse contacto

      Eliminar
  21. No restaurante monhé encontra uma variedade iguarias dificil de encontrar noutra casa,´um abraço ao Sr. Luis pela magnifica cozinha

    ResponderEliminar
  22. Mas cozido espetáculo é no Restaurante flor do Ave na Trofa!!!! uma especialidade de carnes e de confecção.

    ResponderEliminar