20 de setembro de 2012

Três em um ( com homenagem ao lingú maquista)

Que tal um post três em um?
É a minha proposta para hoje.

1

Em primeiro lugar, e porque em Macau ser chuchumeco é uma arte e uma tradição, vamos  aqui conhecer os vencimentos e mordomias dos titulares de cargos políticos.
Já podi compra ui-di tanto ancusa!!


2

Depois, e ainda na mesma tradição,  pa satisfazê nós curiosidade, conhece istunga Jack Pot  que são os vencimentos de 29 boys muito especiais.
Vai a vermelho e tudo:

Lista de 29 assessores / adjuntos de Ministérios,
todos de idade inferior a 30 anos, havendo 14 "especialistas"
com idades entre os 24 e os 25 anos.*


GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO (2)

Cargo: Assessora
Nome: Ana Miguel Marques Neves dos Santos
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.069,33 €
Cargo: Adjunto
Nome: João Miguel Saraiva Annes
Idade:28 anos
Vencimento Mensal Bruto:
5.183,63 €

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS (1)
Cargo: Adjunto
Nome: Filipe Fernandes
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.633,82 €
MINISTÉRIO DAS FINANÇAS (4)
Cargo: Adjunto
Nome: Carlos Correia de Oliveira Vaz de Almeida
Idade:
26 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.069,33 €
Cargo: Assessor
Nome: Bruno Miguel Ribeiro Escada
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.854 €
Cargo: Assessor
Nome: Filipe Gil França Abreu
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.854 €
Cargo: Adjunto
Nome: Nelson Rodrigo Rocha Gomes
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA (2)
Cargo: Assessor
Nome: Jorge Afonso Moutinho Garcez Nogueira
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Assessor
Nome: André Manuel Santos Rodrigues Barbosa
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.364,50 €
MINISTRO ADJUNTO E DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES (5)
Cargo: Especialista
Nome: Diogo Rolo Mendonça Noivo
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Adjunto
Nome: Ademar Vala Marques
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Especialista
Nome: Tatiana Filipa Abreu Lopes Canas da Silva Canas
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Especialista
Nome: Rita Ferreira Roquete Teles Branco Chaves
Idade:
27 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Especialista
Nome: André Tiago Pardal da Silva
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
MINISTÉRIO DA ECONOMIA (8)
Cargo: Adjunta
Nome: Cláudia de Moura Alves Saavedra Pinto
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: Tiago Lebres Moutinho
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: João Miguel Cristóvão Baptista
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: Tiago José de Oliveira Bolhão Páscoa
Idade:
27 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: André Filipe Abreu Regateiro
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: Ana da Conceição Gracias Duarte
Idade:
25 anos (deve ser mesmo boa!?!?)
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: David Emanuel de Carvalho Figueiredo Martins
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: João Miguel Folgado Verol Marques
Idade:
24 anos (deve ser mesmo bom)
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,34 €
MINISTÉRIO DA AGRICULTURA (3)
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: Joana Maria Enes da Silva Malheiro Novo
Idade:
25 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Especialista/Assessor
Nome: Antero Silva
Idade:
27 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,33 €
Cargo: Especialista
Nome: Tiago de Melo Sousa Martins Cartaxo
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 3.069,33 €
MINISTÉRIO DA SAÚDE (1)
Cargo: Adjunto
Nome: Tiago Menezes Moutinho Macieirinha
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 5.069,37 €
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DA CIÊNCIA (2)
Cargo: Assessoria Técnica
Nome: Ana Isabel Barreira de Figueiredo
Idade:
29 anos
Vencimento Mensal Bruto: 4.198,80 €
Cargo: Assessor
Nome: Ricardo Morgado
Idade:
24 anos (deve ser mesmo bom)
Vencimento Mensal Bruto: 4.505,46 €
SECRETÁRIO DE ESTADO DA CULTURA (1)
Cargo: Colaboradora/Especialista
Nome: Filipa Martins
Idade:
28 anos
Vencimento Mensal Bruto: 2.950,00 €*

Tanto trabalho, sã nunca?

3

Finalmente, e porque nunca  bom inventâ, si nom ....virâ feitiço contra feiticeiro, roubo à rapaziada do 31 da Armada um lembrete para fazer recordar um passado recente a alguma malta desmemoriada.
Qui bom  qui vos teng tempo p'ra fazê nosotro tudo ri até chiri!



Pacéncia sám ancusa que logo falta!!

13 comentários:

  1. Com esta lista de boys e girls fiquei com náuseas! :-((

    ResponderEliminar
  2. Rosa dos Ventos,
    Todos muito precoces, não é?
    Dizia um amigo meu nos tempos de liceu - sou pequenino, mas, tou lá!!
    Agora percebo-o melhor.

    Nada como o crioulo macaense para evitar que a gente tenho que dizer não há cu que aguente.
    Substitui-se por "pacéncia sám ancusa que logo falta" e fica bem melhor.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Pedro

    De Crioulo Macaense percebo pouco, mas de facto é escandaloso o que ganham esses assessores especialistas de tão tenra idade ... Devem ter já nascido ensinados só assim se justifica a sua experiência..... de especialistas.

    Aproveito para agradecer a sua visita ao meu blogue que muito me honra, e já me tornei seguidor do seu ... uma vez que já ca vinha amiúde.. fazia todo o sentido.

    ResponderEliminar
  4. TeKanelas,
    Da a sensação que já nasceram ensinados.
    Como génios não aparecem assim com tanta frequência há aqui algo que cheira muito mal.

    Gosto muito do seu blogue e, como tal, estou a visitar, a seguir, a comentar .

    ResponderEliminar
  5. Caro Pedro Coimbra
    Essa experiência do três em um, fez com que só agora lesse tudo com atenção.
    Tem razão, chamar uns nomes feios num "dialecto" pode ajudar a descomprimir.
    Abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  6. Há alguns ainda mais novos, Pedro. E com ordenados igualmente chorudos, a que acrescem as despesas de representação, telemóveis à borla, carrinho com motorista e outras mordomias. Um regabofe!

    ResponderEliminar
  7. Rodrigo,
    O patuá é, antes de tudo, chiste, critica verrinosa.
    Mas com humor.
    Não há nada melhor para situações como esta.
    Aquele abraço


    Carlos,
    Mudam-se as cores, mudam-se os boys and girls, mas o estupor do cenário é o mesmo.
    E ralharam aqui comigo quando eu declarei que me ia abster (mais uma vez!!) nas últimas eleições.
    Devo ser das pessoas mais desiludidas e descrentes deste modelo de representação e os respectivos representantes.
    Sabia que os nossos ilustres deputados, uma grande parte deles "indignados", mantém todas as mordomias?
    Incluindo subsídios de Natal e férias?
    E que essa medida foi aprovada com o voto favorável de TODOS os partidos?
    Está publicado em Diário da República.
    Vão-se.......lixar!!

    ResponderEliminar
  8. Há um pequeno pormenor: estes jovens são contratados 24horas por dia - não dormem, não vão ao cinema, não têm tempos livres e nem tempo para namorar. Por isso é que os pareceres, rascunhos de leis e outros escritos são a confusão que são e que depois têm de ser re - feitos várias vezes.
    AH! se esta gente respeitasse os três 8 o mundo era mais feliz.
    Clotilde

    ResponderEliminar
  9. Clotilde,
    Se são assim tão empenhados e competentes, então merecem o dinheiro que ganham.
    Mas, como deve compreender, para quem não os conhece (presumo que a Clotilde os conheça) afirma-se muito estranho que, com aquelas idades, sem a experiência de vida que so a idade traz, sejam assim tão excepcionais.
    Todos os que aqui comentaram, eu como autor do blogue, partimos dessa premissa.
    Estávamos errados?
    Pode ser.
    Acerca de todos?
    Desculpe, mas tenho serias duvidas.
    Os meus melhores cumprimentos

    ResponderEliminar
  10. Não está errado, não. Infelizmente. Não conheço estes jovens e também fico espantada com estas nomeações (serão de carreira partidária?) quando todos os dias vejo despedimentos e dificuldades em encontrar trabalho. No outro dia a comunicação social informava que um "parecer" tinha sido divulgado às três da manhã. Sou a favor de horários humanizados, não às horas extraordinárias.
    Continue a informar.
    Clotilde

    ResponderEliminar
  11. Clotilde,
    Eu sou funcionário publico em Macau há quase 17 anos (completam-se no próximo dia 1 de Outubro).
    Durante uns bons anos, chefiei a subunidade em que estou colocado.
    O que sempre transmiti aos colegas, e continuo a defender, e que as horas extraordinárias só serão necessárias em situações.......extraordinárias.
    Se se tornam habituais, há um problema serio de gestão, sobretudo de gestão do tempo de trabalho.
    Por acaso, um dos factores pelos quais somos avaliados.
    Estando longe, uma situação como a que relata transmite essa sensação.
    Eu também aqui vi muita gente passar o dia todo sem trabalhar para, 15 minutos antes do horário de saída, começar a correr e a dizer que era necessário prolongar o dia.


    Insisto, Clotilde, pessoas com estas idades não tem experiência de vida, maturidade, para serem remuneradas desta forma.
    Mais a mais num cenário deborofunda crise económica.
    Como a Clotilde, eu acredito mais que sejam carreiristas, titulares de cartão partidário.
    Gostei muito dos seus comentários.
    Por favor, volte sempre!
    Os meus melhores cumprimentos

    ResponderEliminar