Avançar para o conteúdo principal

O papagaio deficiente




Um sujeito está a visitar uma loja de animais de estimação quando vê um papagaio sentado num pequeno poleiro. O papagaio não tem pés nem pernas.
  
O fulano diz, em voz alta:

"O que terá acontecido a este papagaio?"
  
O papagaio responde:

"Nasci assim. Sou um papagaio defeituoso."
  
"C'um caraças!", diz o homem. "Pareces ter percebido o que eu disse!"
  
"Percebi tudinho", diz o papagaio. "Acontece que eu sou um papagaio muito inteligente e instruído. "
  
"Ah, é?!"pergunta o homem, "Então explica-me como é que te consegues segurar no poleiro se não tens pés. "
  
"Bom," diz o papagaio, "isso é um bocado embaraçoso, mas, já que perguntas, eu enrolo a minha pilinha no poleiro como se fosse um pequeno gancho. Não a vês porque as penas a tapam. "
  
"Puxa!", diz o homem, "realmente percebes e falas português!!"
  
"Na verdade eu falo também espanhol e inglês e posso conversar com competência acerca de quase qualquer assunto: política, religião,desporto, física, filosofia. Sou especialmente bom em ornitologia. Devias mesmo comprar-me. Eu seria uma companhia bestial. "
  
O sujeito olha para a etiqueta do preço e vê 300 euros. "Desculpa, mas és simplesmente demasiado caro para mim."
  
"Psssst!", diz o papagaio, "Eu sou defeituoso, portanto a verdade é que ninguém me quer; provavelmente podes comprar-me por 30 euros,experimenta fazer uma oferta ao dono da loja".
  
O homem oferece 30 euros e sai da loja com o papagaio.
  
Passam-se semanas. O papagaio é sensacional. Tem um grande sentido de humor, é interessante, é um grande compincha, percebe tudo, é simpático, sensível. O homem está extasiado.
  
Um dia ele chega a casa vindo do trabalho e o papagaio diz-lhe "Psssst!" e com uma asa faz-lhe sinal para ele se chegar. "Não sei  se devia contar-te isto ou não, mas é acerca da tua mulher... E do carteiro".
  
"De que estás a falar?", pergunta o homem.

"Quando o carteiro veio hoje, a tua mulher cumprimentou-o à porta vestida com uma camisa de noite preta e beijou-o apaixonadamente" .
  
"O QUÊ???", o homem exclama, incrédulo.
  
"E DEPOIS, o que aconteceu?"


"Bom, o carteiro entrou em casa, levantou-lhe a camisa e começou a beliscá-la", disse o papagaio.
  
"Meu Deus!", o homem exclama. "E depois o que se seguiu?"
  
"Bom, ele tirou-lhe a camisa de noite, pôs-se de joelhos e começou a apalpá-la toda, começando nos seios e lentamente começando a descer..."

"BOM???" pergunta o homem desvairado, "E DEPOIS O QUE ACONTECEU??"
  
Isso queria eu saber. Fiquei com tusa e caí do poleiro!

Comentários

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Para começar bem a semana nada melhor que uma boa risada, e este malandreco do papagaio isso nos proporcinou.
    Grande papagaio.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. O que aconteceu ao papagaio acontece um pouco a todos os leitores, porém eu temia que o dono lhe cortasse o bico por falar demais...

    ResponderEliminar
  3. Amigo Cambeta,
    O papagaio era deficiente mas não era tonto.
    E era muito malandreco :))
    Aquele abraço e votos de boa semana


    Luís,
    Cortara o bico sempre seria preferível a cortar.....outras coisas :))

    Aquele abraço e votos de boa semana aos dois!!!

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro
    O Papagaio entra em muitas anedotas, mas esta está demais.
    Um abraço e uma boa semana.
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  5. Este é um papagaio muito especial, Rodrigo!! :))
    Aquele abraço e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  6. Caro amigo Pedro Coimbra!
    Desconfio que o proprietário anterior deste papagaio era o amigo da onça!
    Caloroso abraço! Saudações hilárias!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  7. Caro amigo. Não estava mesmo nada à espera desse desfecho. :D
    Um grande abraço e boa semana. :))

    ResponderEliminar
  8. Luciano,
    Um papagaio surpreendente, sem dúvida :))
    Aquele abraço e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  9. Caro Prof. João Paulo de Oliveira,
    É bem possível, é bem possível :)))
    Aquele abraço e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  10. Assim, à gargalhada, dá gosto começar a semana.

    Papagaios destes não há muitos não.

    Um abraço e boa semana.

    Ah! Por acaso o Pedro não tem nenhum papagaio, não?
    :)

    ResponderEliminar
  11. Não tenho, António.
    E, papagaios destes, sabe-se lá o que podem contar!!!! :))
    Aquele abraço e votos de boa semana!

    ResponderEliminar
  12. eheheheh
    Havia uma casa cujas traseiras davam para as traseiras de uma outra e havia um arame que usavam para estender a roupa. Ambas as casas tinham um papagaio (um macho o outro fêmea). O macho aproveitava as noites para atravessar para o outro lado, pelo arame, para "comer" a papagaia.
    Tantas vezes isto aconteceu que o dono da papagaia se apercebeu e resolveu pregar uma partida ao papagaio, ligando à noite o arame à corrente eléctrica.
    Nessa noite, o papagaio ao dar as primeiras passadas sobre o arame começou a tremer por efeito da electricidade e balbuciou : porra !...tantas vezes tenho ido ao pito e hoje parece que é a 1ª vez !!!...

    Numa casa havia um casal de papagaios na mesma gaiola. Eles eram tão "iguais" que o dono, certo dia, apanhou o papagaio em cima da papagaia e para posteriormente identificar o macho arrancou-lhe uma série de penas da cabeça.
    Um dia há uma festa lá em casa e entre os convidados estava um padre que se aproximou da gaiola a olhá-los. Diz-lhe o papagaio :
    Com que então também foste apanhado a comer a gaija !!! eheh
    .

    ResponderEliminar
  13. Já conhecia Pedro, mas não me recordava, é daquelas que nos faz sempre rir.
    Boa semana Pedro

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  14. Esta, eu conhecia... mas ri-me como se ainda não conhecesse :)

    ResponderEliminar
  15. Boa semana, Pedro!
    Tive um papagaio e era muito conversador mas não inteligente como este. Ahaahaaa! :))
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Rui,
    Os papagaios são um manancial inesgotável para anedotas, sem dúvida!! :)))

    Adélia,
    Esta está engraçada, bem imaginada :))
    Beijinho e votos de boa semana


    luisa,
    Dá sempre para rir :))

    ana,
    Papagaios como este, tagarela, são um perigo!! :))
    Beijinho


    Carlos,
    Um papagaio do camandro!!! :)))

    ResponderEliminar
  17. Ahahahahahah sensacional esse papagaio! E malandro!

    ResponderEliminar
  18. Um papagaio terrível, Catarina.

    Vou-lhe contar um segredo:
    Quando tinha 17 anos, fui, juntamente com uma grande matilha, ver um filme pornográfico.
    Foi no cinema em Buarcos e ali valia tudo.
    O mais novo do grupo tinha, na época, quinze anos.
    E ficou sentado ao lado de um tipo, sabujo, porcalhão, completamente bêbado, que passou o tempo a dizer-lhe - "só os papagaios é que não gostam, os papagaios têm bico".
    Afinal, pelos vistos, estava enganado :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Buarcos????
      Fantástico. Vivi lá 2 anos entre 1974 e 76!
      Belos tempos. :)))))))))))

      Eliminar
  19. Luciano,
    Lembra-se do Caras Direitas, certamente.
    Foi aí que fomos ver o filme.
    Ainda me lembro do título - Star Vingin.
    Uma nojeira pegada!!
    Mas teve piada por uma série de razões.
    Até por ver duas fulanas, à entrada, com ar de quem ia pecar, a dizerem uma à outra - "vamos, aqui ninguém nos conhece" :)))

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares