1 de setembro de 2012

Especial terceiro aniversário


Pois é, já passaram três anos!
Não vou estar para aqui com pieguices, com grandes discursos, porque é fácil de descrever o que penso e o que sinto - está  a dar-me um ganda gozo!!
Enquanto assim for, vou andar por aqui.



Em dia de aniversário, e porque o Ricardo comemora amanhã  mais um aniversário de casamento, vou-lhe fazer a vontade e vou escrever sobre bola.
Eu tinha dito ao Ricardo que só escreveria sobre bola depois do fecho do mercado de transferências, em princípio só lá para terça-feira.
Afinal, é hoje.
Mas não vou ser simpático para o Ricardo.
Continuo a achar que é melhor ser vertical, honesto, sincero do que (falso) simpático.

E não vou ser simpático porque os bitaites não são nada simpáticos para o Benfica, o clube de coração do Ricardo.
A impressão que me fica, após o encerramento do mercado de transferências, é que o Benfica fica com um plantel muito desequilibrado, que a dupla Jorge Jesus/Luís Filipe Vieira superou os seus próprios limites de teimosia.
Jorge Jesus montou um plantel nitidamente de "tracção à frente".
Há muitas soluções ofensivas, a última das quais Lima, o brasileiro contratado ao Braga.
E as saídas de Djaló e Saviola em nada afectam a equipa nesse aspecto.
Pelo contrário, aliviam a folha salarial e aliviam alguma tensão que pudesse existir, ou vir a existir, no balneário.
Os problemas estão mais atrás.
Se, na baliza, o Benfica está bem servido (a saída de Eduardo não será notada, muito provavelmente, e também alivia alguma tensão no grupo), a defesa está muito mal arquitectada.
Pelo menos no papel (na prática estamos para ver).
Maxi está sozinho na direita (se ele se magoa quem é que vai para ali?), o centro da defesa, com um Garay de grande qualidade, pode sofrer com a idade e a pouca mobilidade de Luisão.
Cenário agravado pela possibilidade de o central brasileiro sofrer um castigo que o afaste da equipa por algum tempo.
Alternativas?
Pouco convincentes, para, agora sim, ser simpático.
O lado esquerdo já foi por demais apontado como um problema sério (é assim desde a saída de Fábio Coentrão).
Melgarejo será, como afirma convictamente Jorge Jesus, uma solução?
Pelo menos duvidoso.
E a exigir um plano B, uma alternativa credível.
Que seria, para os dois lados da defesa, o português Sílvio.
Afinal, não foi.
A saída de Javi Garcia ainda agrava mais este cenário.
O espanhol dava consistência ao meio-campo, auxiliava a defesa, fazia a posição de central se fosse necessário.
E ainda marcava golos, sobretudo nas bolas paradas e no jogo aéreo.
Vinte milhões de euros, mais a possibilidade de outros três, mais 50% numa futura venda, é muito dinheiro.
Compensará o abalo que vai provocar na equipa, os desiquilíbrios que vai criar?
Em teoria, sempre em teoria, não me parece que assim seja.
Até porque Matic ainda não provou minimamente estar perto do jogador que é Javi Garcia.
E o Benfica vai ter um meio-campo entregue a Matic (pressão tremenda), a dois jogadores com alguma idade, nítidas debilidades físicas e características muito semelhantes (Carlos Martins e Aimar).
Que, ainda para mais,  não auxiliam no processo defensivo.
Sobra um enorme Witsel, porque Bruno César também ainda não se fixou como médio (foi contratado como avançado).
O belga é um grande jogador, fino, inteligente, craque.
Mas não se lhe estará a pedir demais?
Parece que sim.
E não interessa ter muitos avançados, muita gente lá na frente, se as bolas não chegarem lá, ou se, mesmo chegando lá, o resto da equipa abanar.
Posso estar enganado, mas este plantel do Benfica dá a ideia de uma casa com estruturas muito débeis, muito mal pensadas.
Ainda que a casa, por fora, possa parecer bonita.

O Braga, com as saídas de Nuno Gomes e Lima fica com um problema sério - quem é que marca golos?
A equipa manteve uma estrutura muito semelhante à da época passada, parece ter acertado na escolha de Ruben Micael, mas dá a ideia que falhou na venda de Lima.
Vender o brasileiro, de quase 30 anos, por 4,5 milhões de euros, parece um bom negócio.
E seria....se houvesse o tal pelo B.
Onde está?
Sinceramente, não o vejo.
Fico com a sensação que os bracarenses vão ficar a chorar estes 4,5 milhões de euros.
Mais a mais não tendo problemas de tesouraria, pelo menos que se conheçam, e tendo uma presença garantida na Champions com todo o dinheiro que isso implica.

Para o Sporting fica o título de incógnita do ano.
Gastou-se muito dinheiro em Alvalade, entraram muitos jogadores, mas a equipa faz coisas que custam a perceber e que a tornam pouco credível.
Só mais lá para a frente se poderá fazer um juízo mais assertivo do que vale este Sporting.

O Porto fica para o fim.
Depois de tantas notícias, de tantas parangonas, a estrutura da equipa campeã foi pouco mexida.
Saíram jogadores que não eram essenciais (Sapunaru nunca se entendeu com Vítor Pereira e ficou sem espaço perante Danilo e Miguel Lopes; Janko nunca se afirmou; Álvaro Pereira já era um problema há algum tempo)
Ficaram os jogadores mais importantes e, hipoteticamente, mais pretendidos - Hulk, Moutinho e James.
Por ora.
Não esquecer que os mercados a Leste fecham mais tarde.
E, se estes jogadores, ou algum deles, acabarem por sair, mais uma vez, onde está o plano B?
Olhando para o plantel do Porto, imediatamente saltam à vista dois problemas - há um excesso de centrais - Rolando pode vir a tornar-se um problema complicado de gerir; falta mais um médio porque a época é longa e Moutinho, Defour, Fernando, Castro e Lucho (também ele fisicamente débil) podem revelar-se poucos em número e em soluções que apresentam.
Vítor Pereira estará a contar com a polivalência de Danilo, a possibilidade de ter em James e Iturbe alternativas a Lucho.
Ainda assim, se houvesse mais um médio, o plantel ficava mais equilibrado.
Com as entradas dos meninos Atsu e Kelvin para as alas, de Hector Quiñones como alternativa para a lateral esquerda, e de Jackson para o centro do ataque, o Porto tem, teoricamente, o plantel mais forte e mais equilibrado da Liga.
E tem que se assumir desde o primeiro dia como grande candidato a reconquistá-la.
Sem desculpas parvas como aquelas de Barcelos está bem, Vitor Pereira??!!

Vamos ver, durante  a época, se os bitaites batem certo ou não.
Contem com isso porque, tal como o Santana, eu vou andar por aí!!

26 comentários:

  1. Feliz Aniversário!!!
    E ainda bem que por aqui anda, eheh.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ainda não sabe o que disse o Jorge Jesus sobre a sua "teimosia"?

    "‎as pessoas já vão perceber outra vez que eu sou genial"

    Ai... Ando cá com um aperto por ver os meninos partirem, mas adiante isto é mesmo assim e ponto.

    Vamos cá ao que interessa, muitos Parabéns pelo blogue, três anos já é um tempinho jeitoso :) E muitos parabéns pela ideia de dar este presente ao Ricardo que também está de Parabéns ele e a sua esposa :)

    Beijinhos para todos e um óptimo fim de semana!

    (só passei para deixar um comentário especial :p depois venho esmiuçar o resto, eheheheh)

    ResponderEliminar
  3. Caro amigo Pedro Coimbra!
    Parabéns pelo terceiro natalício deste palpitante espaço cibernético sempre propenso a nos brindar com publicações que nos fazem refletir, relaxar e conhecer outros confrades que estão nesta sintonia!!!! Não sei se você já percebeu, mas aproveito o ensejo para justificar o motivo de não deixar comentários em publicações alusivas ao futebol... Quer saber mesmo?!... Antes de contar a lambisgoia da Agrado também o felicita pelo natalício e aproveita para dizer que fica amuada quando o vê embarcar no vagão do Expresso do Oriente sob meu comando e não a visita na cabine nº 5 onde "ela" está confortavelmente instalada e sempre sôfrega para...
    Agora contarei... Não escrevo nas reportagens alusivas ao futebol, porque sou um néscio futebolístico. Nem parece que sou brasileiro, porque o futebol é a paixão nacional...
    Caloroso abraço! Saudações reveladoras!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro Coimbra
    Então o aniversário obrigou-o a “blogar” ao Sábado. Boa!
    Um dia, não sei como, vim aqui parar para nunca mais deixar de o visitar.
    Um blog onde a análise séria e contundente se mistura com momentos de boa disposição, recomenda-se.
    Que a gente continue a “andar por aqui” durante muito tempo.
    Um grande abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
  5. Com toda a sinceridade não me apetece falar sobre este tema.

    É público que sou adepto/simpatizante do Benfica e é aí que as minhas atenções estão centradas.
    Não me vou pronunciar sobre as equipas dos outros três clubes. Não por menor respeito, longe disso, mas porque realmente - é verdade, acredite - estou muito preocupado com Benfica.
    O negócio benfiquista tem estado a ser feito longe do relvado. Melhor dizendo, na tesouraria e no gabinete de LFV. O que é errado. Apesar de reconhecer a necessidade de um equilíbrio financeiro, a gestão da equipa está a ser feita de forma impensável.
    A defesa, aquela defesa! O meio campo, como vai ficar com a saída de Javi?
    Praticamente tudo o que penso já foi escrito pelo Pedro. Não posso conceber que o 'casting' seja feito sobre o joelho, com pressão.
    Saem e entram jogadores sem se olhar a lugares específicos.
    Vamos assistia a mais manobras de JJ com as suas célebres adaptações?
    Iremos ver algum extremo - há muitos - a ser adaptado a meio campista?
    Efectivamente, Nemanja Matic é pouco. Em quantidade e qualidade. E exigir esforços atrás de esforços a Witsel é, no mínimo, atirá-lo para um abaixamento de forma precoce.
    Aguardemos.

    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. Carlota,
    São pessoas como a Carlota que me fazem ter gozo e gostar muito de andar por aqui.
    Beijinhos

    Catarina,
    O problema é que ele não é genial.
    Génios há muito poucos.
    Um é um malandro chamado Falcão.Aquilo é genialidade pura.

    O Jorge Jesus é teimoso e maniento.
    Às vezes sai-se bem.
    Mas é sempre bom contar com um problema em vez de se pensar que se é a solução.

    O Ricardo merece a tenção.
    Ainda que seja uma prenda com sabor amargo.
    Mas é sentida e sincera que é o mais importante.
    Beijinhos e bom fim-de-semana, Catarina


    António,
    Corriam uns zunzuns que davam conta de a relação entre o Jorge Jesus e o Luís Filipe Vieira ser, acima de tudo, negocial.
    Eu não quero acreditar que isso seja verdade.

    Ontem, em conversa cibernética com o Ricardo, ele dizia-me que o Javi ia sair por 30 milhões.
    Mesmo assim, para ser sincero, não achava muito.Porque o impacto da saída do jogador é muito superior ao da entrada do dinheiro.
    E, realmente, exigir TANTO a Witsel, é dar cabo dele.
    Um jogador que só tem um defeito - é do Benfica e não do Porto :))
    Posso estar enganado.
    Veremos lá para a frente.
    Mas, se não estiver enganado, o mês de Dezembro vai ser agitado.
    Aquele abraço e votos de um bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meio campo do Benfica está, agora, com produção deficitária.
      Não querendo fazer de Javi Garcia um 'deus', era sem dúvida, uma mais valia. Com a vantagem de jogar a central e de meter golos.
      A tesouraria esteve mal.
      30 milhões mais uns trocos pelos objectivos. Jogada mal feita.
      E a hipótese de LFV e JJ estarem com um relacionamento a que chamo preso por fios, vai-se confirmando.

      Aguardemos. O Benfica vai ter que dar corda aos sapatos no chamado mercado de Inverno.

      Abraço

      Eliminar
    2. Se fossem 30 milhões...se calhar ainda não era muito.
      Mas foram 20, António
      Vinte milhões pelo Javi?
      Com o impacto que isso vai ter na equipa?
      O Javi não é um génio.
      Mas, na posição em que ele joga, a tal tida como mais importante no futebol actualmente, o que interessa é a solidez e a confiança que ele, e outros como ele, dão às equipas para que os génios o possam ser.

      O JJ será um visionário e estará a ver nesses meninos, os Andrés, e no Matic, aquilo que a gente não consegue ver?
      Estará a ver no Melgarejo "um Futre a lateral esquerdo"?
      Se assim for, cá estarei para lhe reconhecer essa capacidade e para lhe tirar o chapéu.

      Mas não é isso que parece, António.
      Também acredito mais que Dezembro seja um mês agitado.

      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Prof. João Paulo de Oliveira,
    Isso de um brasileiro ter que perceber e gostar de futebol é um cliché como outro qualquer.
    E, como qualquer cliché, uma tontice.
    O que disse à Carlota aplica-se inteirinho a si - são pessoa como o meu Amigo que me fazem ter tanto gozo em andar aqui.
    Um grande abraço e votos de bom fim-de-semana


    Rodrigo,
    O Rodrigo apareceu por aqui ainda no Largo das Calhandreiras.
    E ainda bem que por cá ficou.
    Porque, o que escrevi a respeito da Carlota e do Prof. João Paulo de Oliveira, se aplica inteirinho ao meu Amigo.
    Um grande abraço e votos de um bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  8. Muitos parabéns, Pedro, pelos três anos ao serviço das leitoras (leitores também).

    Enquanto o seu blogue continuar assim, vou andar por aqui.

    Gostei mesmo muito de saber, que o Benfica dá a ideia de uma casa com estruturas muito débeis, muito mal pensadas.

    Saudações portistas!

    ResponderEliminar
  9. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Os meus sinceros parabéns pela passagem do terceiro aniversário de seu interessante blog.
    Que continue por muito e bons, são os votos cá deste amigo Cambeta.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  10. Parabéns! E venham muitos mais anos (mesmo com posts sobre futebol, apesar de preferir todos os outros :)
    um beijinho
    Gábo

    ResponderEliminar
  11. ematejoca,
    Em dia de aniversário, podia ser simpático.
    Mas isso implicava ser falso, mentiroso.
    E eu não sou, nem quero ser.
    O Jorge Jesus já veio afirmar que tem dois meninos na equipa B (os dois Andrés) que vão substituir o Javi.
    Pode ser.
    Mas é muito arriscado.
    Aquela é a posição mais importante do futebol hoje em dia, a tal posição "6".
    Aqueles dois meninos, ou mesmo Matic estarão preparados para assumir tal responsabilidade?
    E os outros problemas?
    As laterais, por exemplo?
    Um dos meninos pode ser trinco e lateral, diz JJ.
    Vamos ver.
    Mas mantenho a minha opinião, a mesma sensação - a casa está muito mal alicerçada.
    Uma rajada de vento mais forte....
    Saudações portistas


    Amigo Cambeta,
    O meu caro Amigo eu lembro-me perfeitamente quando aqui a apareceu a comentar.
    Lembra-se quando foi?
    A passagem do navio escola Sagres por Hong Kong e não por Macau.
    E o meu caro Amigo veio aqui explicar, tintim por tintim, porque é que não podia passar em Macau.
    Acabou-se ali a polémica!!
    Grande abraço!!


    Gábi,
    Às vezes há bola.
    Mas não é sempre.
    Amanhã não há.
    Amanhã é, como habitualmente, palhaçada :))
    Beijinho para si

    ResponderEliminar
  12. Parabéns pelo 3º aniversário ! :))
    Transferências e análise - muito bem visto ! Oxalá se confirmem ! :)) ... era bom sinal para o FCP ! :)))

    Abraço
    .

    ResponderEliminar
  13. Rui,
    Como repeti varias vezes, isto sao impressões, pura teoria, bitaites.
    Que resultam daquilo que da para perceber de relance.
    Vai ser assim?
    Só lá para frente veremos.
    Grande abraço caro Amigo!

    ResponderEliminar
  14. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Sim, estou bem recordado e já fez 3 anitos.
    Por vezes a malta manda umas bocas mas não sabe a razão da verdade, o caso do Navio Escola Sagres foi uma delas.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  15. Pois é, Amigo Cambeta.
    Eu fui contagiado pela ideia que havia ali má vontade política.
    Quando, afinal, a explicação era puramente técnica.
    Precipitações que se têm depois que corrigir.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  16. Em primeiro lugar,

    parabéns pelo blog que só peca pelo seu "dono" ser do Fóculdoporto!! :DDD

    Depois, agradecer-lhe esta deferência para me presentear com tão doutos comentários!

    Benfica:

    Em três anos comprou 5 jogadores por 20 milhões e vendeu-os por 123 milhões, como diria o outro, é a vida ...mas, digo eu, da boa!

    O Jávi que seja feliz, desejo-o do fundo do coração, mas eu não era um particular apreciador de Garcia!

    O lateral, bem o lateral, parafraseando o nosso 1º Ministro "vejo muita histeria sobre essa matéria".

    O Lima, caro amigo, o Cardozo ou o Rodrigo vão sair para a Rússia até 6ª feira, oxalá me engane, mas é a triste realidade!


    Braga:

    Como se viu, ontem, está mais fraco, mas essa é a imagem de marca de José Peseiro, ou não é, Pedro?


    Sporting:

    É demasiado fraco para que me possa pronunciar sobre eles, no entanto, eles acham-se fortíssimos, só por que ganharam ao Olivais e Moscavide da Dinamarca.


    FC Porto:

    Querido amigo, aqui permita-me discordar de si, e digo que ninguém, repito, ninguém se interessou nem por Hulk, nem por James (fabuloso jogador), apenas e só se interessaram por Moutinho, mas como AVB referiu sábado foi muito em cima do fecho do mercado. Eu acho que Moutinho não acaba a época no FC Porto, a ver vamos!


    E agora siga o baile, poça que saudades tinha eu destes comentários futebolísticos consigo, Pedro, é pá, obrigado por esta atenção da sua parte! Adoro falar de futebol com pessoas como você, isto é, adeptos do futebol e não fanáticos de clubes!!!

    Aquele abraço!

    ResponderEliminar
  17. Isto de comemorar o aniversário ao sábado é um bocado chato, Pedro!
    Como não costumo viajar pela bloga ao fds, principalmente em época de Verão, chego atrasado!
    Um grande abraço de parabéns e tenha a certeza que a mim também me dá um grande gozo passar por aqui.
    Esta semana também estarei a comemorar o aniversário do CR. Já só faltam dois dias...

    ResponderEliminar
  18. Ricardo,
    Todos temos defeitos, não é? :)))

    Os comentários são mais que merecidos, meu caro.
    Mandei-lhe a mensagem para o FB para lhe fazer a surpresa no dia de aniversário de casamento e tudo.

    Vamos lá à bola:

    Eu sou fã do Javi.
    Como bem diz o António, ele não é um génio.
    Mas, naquela posição, não são necessários génios.
    É necessária solidez, confiança, estabilidade.
    Tudo o que o Javi dá.
    Com a vantagem de marcar golos.
    20 milhões?
    Muito dinheiro, mas não compensa a perda do jogador.

    Não é O lateral, Ricardo, são os laterais.
    Quem é a alternativa ao Maxi?
    O Silvio faz as duas laterais.
    Assim há buracos dos dois lados.

    Os russos são uma ameaça para jogadores do Benfica e do Porto, Ricardo.
    Porque têm dinheiro para pagar as respectivas cláusulas de rescisão sem sequer conversar com os clubes.
    A minha questão - os jogadores em causa querem ir jogar para a Rússia? Ou para a Ucrânia?
    É que ninguém os pode obrigar.

    O Braga, sem Lima e Nuno Gomes, fica sem referências lá à frente.
    Mas o jogo de ontem ainda não dá para formular grandes juízos.
    Eles estavam todos rotos depois do jogo em Itália.
    Mas, efectivamente, fica a ideia que estão mais fracos.
    E o Peseiro não ajuda a mudar essa sensação.
    Pelo contrário, agrava-a.


    O Sporting é para mim uma total incógnita, Ricardo.
    Com tanta gente a entrar e a sair não faço ideia o que vai dali resultar.
    Para já, com franqueza, não impressiona.

    Ninguém se interessou por quem, Ricardo?!
    Nem por brincadeira!
    Que o Porto tenha aberto muito a boca com o que pediu, e pede, pelos jogadores, é diferente.
    Falta de interesse?
    Vamos ver o que acontece lá pelo Leste (tenho receio).
    Se nada acontecer, em Janeiro voltamos a conversar.
    Se a carreira do Porto na Champions, sobretudo na Champions, não for o esperado, aqueles que diz que ninguém quer vão para outras paragens.
    E, sim, é bem provável que o Moutinho não acabe a época no Porto.
    As tentações são grandes.
    Mas lembre-se de quanto ia pagar o AVB - 32 milhões de euros.
    Se o Moutinho só saía acima dos 30 milhões de euros, quanto é que acha que é preciso para levar os outros dois?
    Eu digo-lhe porque até tenho alguma informação nisso.
    O James, desde que, na pré-época, disse que não queria sair, não foi mais assunto.
    Sobre aquele não se falou mais.
    Quem o quiser, que entre em acordo com ele e pague a cláusula de rescisão (60 milhões).
    O Hulk, a malta julga que é treta, mas só é vendido por uma verba na ordem dos 60 milhões.
    Para cima, nunca para baixo.
    Agora, sublinho o AGORA.
    Mais tarde, veremos.
    Agora, menos de 60 milhões, não o levam.
    Eu sei o que lhe estou a dizer, Ricardo.
    Isto não é de jornais.

    Começou a nossa conversa de bola, Ricardo.
    A partir de agora é sempre a aviar!

    Aquele abraço



    Carlos,
    O mesmo que eu.
    Ao fds não há bloga para ninguém.
    Este sábado foi a excepção.
    O aniversário do Rochedo, onde passo religiosamente todos os dias úteis, coincide com o aniversário da minha filha Mariana (9 anos).
    Aquele abraço


    ResponderEliminar
  19. Pedro, em resumo vamos ser campeões outra vez, certo?
    (mesmo sem o Hulk)

    ResponderEliminar
  20. Uma análise coerente sobre o Benfica e que vai de encontro ao que eu penso. Mas o Benfica tem de facto um plano B: a equipa B, com jogadores jovens, portugueses e com muita garra e alegria. E depois, como diz muito bem, excesso de jogadores para a frente.

    O Braga é o que tem o plantel mais equilibrado entre os grandes. E não é por ter ficado sem o Lima que deixou de ser um candidato, ainda que nunca se assuma como tal.

    O Sporting continua a travessia no deserto. Não é candidato ao título mas é sempre candidato a atrapalhar a vida aos candidatos.

    Em relação ao seu clube, há também excesso de jogadores, muito devido à paranóia que o presidente tem em desviar jogadores que interessam ao Benfica, daí os Mangalas, os Defours, os James... mas sempre é mais equilibrado que o plantel do Benfica. A saída do Hulk poderá provocar um enorme rombo na equipa, que estava claramente Hulk-dependente. E o pior é que o clube não tem plano B: a equipa B portista fica muito a desejar, ao contrário da do Benfica.

    Ainda é cedo. Muito cedo.

    ResponderEliminar
  21. Su,
    Vamos ver se não vai mais ninguém para a Rússia.
    Só depois é que se pode começar a tirar conclusões.

    ResponderEliminar
  22. Inteiramente de acordo, FireHead - ainda é cedo, muito cedo.
    Hoje vou escrever sobre isso (tinha que ser).
    Até porque ainda pode sair mais gente.
    Não é provável, mas ainda é possível.
    Vamos ver o que aí vem.

    ResponderEliminar
  23. Nesta altura o Pedro já sabia das saídas para a Rússia? (Estou baralhada com os fusos :p)

    ResponderEliminar
  24. Não, nesta altura ainda não sabia, Catarina.
    Mas deixava essa hipótese no ar.
    Infelizmente, não me enganei.
    E, atenção!, até sexta-feira ainda pode haver mais "salada russa".

    ResponderEliminar