5 de dezembro de 2009

Grupo G




O sorteio da fase de grupos do Mundial da África do Sul, ditou que Portugal fique colocado no Grupo G, na companhia do Brasil, da Costa do Marfim e da Coreia do Norte (ler aqui http://www.maisfutebol.iol.pt/nota%C2%ADcias/mundial-2010-sorteio-brasil-coreia-do-norte-costa-do-marfim/1108025-5199.html ).
A canarinha dispensa apresentações.

É sempre uma das candidatas ao título mundial, tem jogadores absolutamente fantásticos, em qualidade e em quantidade, e joga um futebol único no Mundo (a última convocatória e outras notícias aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Sele%C3%A7%C3%A3o_Brasileira_de_Futebol ).
O elo mais fraco, de um ponto de vista muito pessoal, é o treinador.
Dunga, que foi um grande jogador, que ontem resolveu brincar com o sorteio (aqui http://www.maisfutebol.iol.pt/nota%C2%ADcias/brasil-dunga-maisfutebol-futebol-iol-portugal/1108122-5199.html ), é um técnico mediano, sem grande rasgo ou visão.

Mas, com aqueles jogadores, qualquer um corre o sério risco de fazer boa figura.
Os "elefantes" (Les Elephants), como é conhecida a selecção marfinense, sendo uma selecção não tão mediática, têm jogadores extraordinários.
Diddier Drogba, Salomon Kalou, Emmanuel Eboué, Kolo Touré, todos a jogar em Inglateera, e Yaya Touré (Barcelona), são jogadores que povoam os sonhos de qualquer treinador.
Aqui os convocados para o último jogo dos "elefantes" http://pt.wikipedia.org/wiki/Sele%C3%A7%C3%A3o_Marfinesa_de_Futebol
Sendo considerada a melhor selecção africana da actualidade, as principais críticas que são apontadas aos marfinenses prendem-se com o pouco sentido colectivo e a inconstância de resultados.
Quando a máquina funciona, são temíveis.
O problema é que emperra muitas vezes.
E em momentos relevantes.
Da selecção norte-coreana pouco se conhece.
À imagem do país, a selecção norte-coreana é em tudo misteriosa.
É a segunda vez que se qualifica para um Mundial (a primeira foi em 1966, como os portugueses bem se recordam).
No mata-mata, afastou a selecção da Arábia Saudita.
Definitivamente, não foi um sorteio simpático.
A selecção portuguesa vai ter dificuldades em passar a primeira fase.
Se o conseguir, e se a lógica funcionar, encontrará a Espanha nos oitavos-de-final.
Se conseguir bater os espanhóis, e a lógica ainda funcionar, serão os italianos que se seguem.
O calendário completo aqui  http://www.maisfutebol.iol.pt/mundial/calendario    
Vamos falar "futebolês"?
Então vamos pensar jogo a jogo.
Depois fazemos contas.




1 comentário:

  1. Carlos Caetano Bledorn Verri, mais conhecido como Dunga, tem ascendência italiana e alemã, e para um filho de emigrantes demonstra desrespeito por aqueles que partiram para outras terras, procurando uma vida melhor, ou diferente, e uma capacidade de falar futebolês com a gentileza só igualada à de um tractor.
    Usando as palavras de Romário (disse-o dirigindo-se a Pelé, quando este referiu que ele estava acabado), "deviam enfiar-lhe um sapato na boca".

    ResponderEliminar