14 de dezembro de 2017

Final warning?


Os anos passam e, sem que nos apercebamos disso, vamos ficando não só mais velhos, mas também mais rezingões e mais desconfiados (há quem diga mais sábios…).
Ouvir, no mesmo dia, Kim Jong-un, que a agência noticiosa oficial norte-coreana “vendeu” como sendo detentor de poderes sobrenaturais, dizer que a Coreia do Norte se vai tornar a maior potência nuclear do Mundo; e Rex Tillerson afirmar que os Estados Unidos estão dispostos a negociar com os norte-coreanos, com a condição de a dinastia Kim renunciar prévia e totalmente ao desenvolvimento do programa nuclear; pode ser tudo menos coincidência.
Soa muito mais a um aviso, a final warning.
Algo muito próximo de o tempo para negociar está a esgotar-se. Ou tomam juízo de uma vez por todas ou vão ficar sem programa nuclear e sem muito mais que isso.
À força!
Um aviso que terá pelo menos dois destinatários – Kim Jong-un e Xi Jinping.
Se Kim Jong-un fizer mais uma vez ouvidos de mercador aos avisos ameaçadores de Trump, os Estados Unidos ainda dão a oportunidade à China de berrar aos ouvidos do vizinho rebelde e mal comportado.
Se nem um nem outro apresentarem resultados muito concretos temo que Trump passe mesmo à tal tempestade que anunciou se seguiria à calma.
Se assim for (quando assim for?) o Mundo poderá assistir a um conflito de proporções inimagináveis.
Vivemos uma época de grandes tensões, de muitos perigos.
E, cidadãos comuns, mais velhos e mais desconfiados (sábios?) sentimo-nos absolutamente impotentes perante o avolumar dos mesmos.

40 comentários:

  1. Respostas
    1. Já há notícias, não confirmadas, que a China estará a preparar as cidades fronteiriças para receber refugiados norte-coreanos, Catarina.
      Tenham medo, tenham muito medo.

      Eliminar
  2. Infelizmente estamos nas mãos destes senhores e dos seus humores.
    Continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquela tirada meio parva do Trump (the calm before the storm) não me sai da cabeça, Francisco.
      Continuação de boa semana também

      Eliminar
  3. Se calhar este tipo de decisões nunca foi decidido com sapiência. Os meios e os eventuais estragos é que eram de outra dimensão.
    Parece-me que o Kim não passa de um mero peão da RPC no jogo da disputa com os EUA. O problema não se resolverá sem uma nova partilha de "Ialta". Entretanto, a Rússia está a "fazer pela vida", a desenhar a sua área de influência.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A China usar a Coreia do Norte, Agostinho?
      Sinceramente não acredito.
      A China tem medo da Coreia do Norte.
      Sobretudo de uma vaga de refugiados que de lá possa chegar.
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. Na eventualidade de debandada a China fará mesmo um muro.

      Eliminar
    3. Já andam em grandes conversas com o Donald.
      Será para isso, Agostinho?? :)))

      Eliminar
  4. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    O que nos espera?
    Caloroso abraço. Saudações inseguras.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo, Amigo João Paulo de Oliveira - insegurança, muita insegurança.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Caro amigo Pedro
    Quando se tem 2 loucos no poder e com armas de destruição prontas a usar, tudo pode acontecer.
    Abraço
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Os dois deviam estar na cadeia.
    Continuação de boa semana, caro Pedro.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou no manicómio, Jaime Portela.
      Aquele abraço, continuação de boa semana

      Eliminar
  7. Há uns dias, num filme da treta -XXX 2 (não, não é uma pornochachada, é mesmo o filme de acção), um dos protagonistas vira-se para outro e diz:
    -E esta noite os destinos do mundo estão nas mãos de vigaristas e ladrões! - referindo-se ao "exercito" de gangs que o bonzão do filme conseguiu reunir ao que o outro responde:
    -Ya! Porque é que esta noite havia de ser diferente das outras?

    Eu apenas acrescentaria "Loucos" à mistura!

    Fortíssimo Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando a Arte retrata perfeitamente a realidade, não é?
      Fortíssimo abraço também

      Eliminar
  8. Há muito que Kim Jong-un anda a ser marcado 'homem a homem'.
    Quem lhe vai dar o golpe final está lá dentro.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me surpreendia nada que assim fosse, António.
      O enviado especial das Nações Unidas foi lá deixar-lhe um recado, de certeza.
      Se ele o ignorar nem quero pensar nas consequências.
      Aquele abraço

      Eliminar
  9. ...tomara que o Observador tenha razão, Pedro! E que seja para breve!! Ainda ficava outro louco e já não é pouco!...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O kimzinho tem andado a eliminar e aterrorizar quem lhe poderia fazer sombra.
      Mas fica sempre alguém ....
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Ora bem! Então animas com o primeiro parágrafo - sim, ficar mais sábio seria óptimo - e "estragas" tudo a RELEMBRAR Trumps e companhia? Não relembras porque esses "ideólogos" encarregam-se do o fazer a toda a hora.
    É caso para nos assustarmos? É caso para temer, não só o futuro como o presente: o hoje e agora.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente é mesmo caso para nos assustarmos cada vez mais, GL.
      Aquele abraço

      Eliminar

  11. O Trump, é um velho embirrento. Aquele da Coreia é um gaiato mimado. O Trump, devido à idade não tem juízo. O da Correis é um impostor desengraçado, convencido de que pode destruir a América. Dois teimosos que não deviam ter nascido!

    Tenha uma boa tarde caro amigo Pedro Coimbra, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dois idiotas, Eduardo.
      Um imberbe e outro caquéctico.
      Ninguém merece tal castigo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  12. Esta é uma situação muito alarmante, visto que estes homens podem causar uma guerra pelos motivos mais fúteis!
    Tenha uma ótima quinta feira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podem causar uma guerra pura e simplesmente porque lhes apetece, Vanessa.
      Bfds

      Eliminar
  13. Tudo isto tem tanto de louco como de muito assustador! Dois anormais com poderes para tomarem conta do mundo. É deveras assustador! Enfim...

    Bom fim de semana, Pedro.

    ResponderEliminar
  14. Respostas
    1. Qual deles, Diana Fonseca?
      É que, em termos de delírio, um não fica a dever nada ao outro.

      Eliminar
  15. Pedro, eu e ninguém acha possível
    uma guerra entre eles, até porque
    qualquer ataque contra os Estados
    Unidos ou seus aliados no contexto
    atual pode evoluir rapidamente para
    uma guerra mais ampla - e devemos
    assumir que o governo de Kim Jong-un
    não é suicida.

    Uma guerra entre eles não terá um
    vencedor; todos perderemos...

    Um abraço e boa noite.

    silvioafonso


    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. slivioafonso,
      Esse é o raciocínio de alguém inteligente e sensato.
      Qualidades que estes dois desconhecem.
      Aquele abraço

      Eliminar
  16. É preocupante mas o que for soará e o que poderemos fazer, nós meros peões neste xadrez? Nada versus nada porque ambos são loucos, fanáticos, endinheirados e completamente "analfabrutos" a todos os níveis.

    Vamos pensar positivo e façamos o melhor para não darmos em doidos:)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é que não podemos fazer mesmo nada a não ser hope for the best, Fatyly.
      Beijocas

      Eliminar
  17. Isto não está nada fácil.
    Uma pessoa nem sabe para onde se virar...
    Bom fim de semana.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor mesmo é ir vivendo a vida sem pensar muito nestas questões, papoila.
      Pensar não adianta nada e só nos deprime.
      Bjs, Bfds

      Eliminar
  18. "Felizes os que ignoram"! Grande, por não dizer maior parte das pessoas não querem nem saber deste tipo de gravíssimo assunto e de certo modo até quiçá tenham razão, na medida em que pouco ou nada podem positivamente fazer contra.
    Quanto ao mais, juntaram-se dois loucos em cada lado da barricada, a partir de que seja qual for o resultado final, as intermédias loucas circunstancias não indiciam nada de bom _ que resulte então o mal menor!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era o que comentava com a papoila, Victor Barão.
      Não vale a pena estar a pensar muito nestas situações.
      Não adianta nada e só nos deprime.
      Aquele abraço

      Eliminar