1 de julho de 2013

Caracoli


O Janeca tem nove anos e mora na Vidiguêra. Um dia, antes de ir para a escola, o gaiato perguntou ao pai:
- Ó mê pai, pode explicar-me como é que se fazem os filhos?
O progenitor fica um pouco embaraçado, rapa de todo o seu expediente e com um ar de sonso responde:
- Janeca, mê filho, nã custa nada. Metes a tua pilinha no buraquinho conveniente, mexes-te um pouco e fazes um filho…
O moço agradece e vai para a escola. Quando sai à hora do almoço vê um buraquinho numa parede e não é de modas. Enfia logo o pirulito no buraco, mexe-se de trás para diante e sente uma coisa na ponta do coiso. Tira-o para fora e vê que traz agarrado um caracoli com os pauzinhos ao soli. Fica muito lixado e berra:
- Ah mê grande cabrão! Se nã fosses mê filho, partia-te já os cornos!!!!
++++++++++

NB – Respêta-se a pronúncia alentejana

BOA SEMANA!!!

31 comentários:

  1. Respostas
    1. A sorte do caracoli em ser filho do cachopo, Catarina!! :))
      Boa semana!

      Eliminar
  2. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    E logo a aula de fod....ologia se passou no Alentejo rsrsr.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E onde mais podia ser, Amigo Cambeta?? :)))
      Aquele abraço e votos de boa semana!!

      Eliminar
  3. Um caracol alentejano...

    Ainda há uns dias atrás comi umas caracoletas cozidas. Não fazia ideia que os china também comiam disso. :)

    Boa semana, amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. FireHead,
      Nunca esqueça o lema:
      Anda no mar e não é submarino; voa e não é avião; tem quatro pernas e não mesa?
      PAPA-SE!! :)))
      Boa semana!

      Eliminar
    2. Mas, claro, nada a ver com as nossas caracoletas assadas com aquele molho picante... E os caracóis cozidos? Uiiii, que saudades!!! Aqui nem couratos há...

      Eliminar
  4. rrrss Já conhecia, mas com outra pronúncia.

    EXcelente semana para si

    ResponderEliminar
  5. ahahhaahh... Boa SEMANA! :))
    Pedro,
    O poema é meu. Esqueci-me de retirar da etiqueta quando retirei o poema de Andrade. Ups...
    Beijinho e boa semana. :))

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ana,
      Se o poema é seu ainda mais belho o acho.
      Excelente!!!
      Beijinhos e votos de boa semana

      Eliminar
  6. Respostas

    1. Apareceu logo o filho, tipo basta juntar água, Fatyly :)))

      Eliminar
  7. Respostas

    1. Não se faz nada disto contra um filho, Mariposa Colorida :)))

      Eliminar
  8. Estes pais que não sabem explicar nada de jêto... é no que dá! :)))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  9. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Quereria ver esta anedota fornicante com pronúncia mineira UAI!
    Caloroso abraço! Saudações maliciosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos tentar, Caro Prof. João Paulo de Oliveira?? :))
      Aquele abraço!!

      Eliminar
  10. O qué já me ri com o magane do caracoli!

    P.S. A praia do passeio de domingo é a praia da Rocha Baixinha, também conhecida por Falésia de Vilamoura... mas já lá expliquei tudinho sobre como se lá chega. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tadinho do bichinho, luisa :)))

      Não conhecia, nunca tinha ouvido falar sequer, da praia da Rocha Baixinha.

      Eliminar
  11. Lá está! A culpa é sempre dos pais!

    ResponderEliminar
  12. Vida de caracol não é fácil, Pedro.

    Boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda por cima com "pai" daqueles, António :)))
      Boa semana!!

      Eliminar
  13. Acho bê que se respête a prununcia. Só que esta tamêm a conhecia, Pedro! Tal tá a moenga?:))

    Quando lhe der jêto há-de ir ver se gosta da minha exposição da sua linda e gentil sugestão!:))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Cheguei esta manhã a Lisboa e, depois de asistir a toda a ópera bufa em que o pais está mergulhado, estas gargalhadas vieram mesmo a calhar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amanhã há mais palhaçada, Carlos.
      Mas palhaçada desta, da que nos faz rir.
      Da outra estamos todos fartos até à raiz dos cabelos!

      Eliminar