Avançar para o conteúdo principal

Relvas filósofo



O Relvas morreu e foi para o Céu...( é estranho, mas foi...) Chegando lá, após breve entrevista, São Pedro recomendou que ele ficasse quinze dias na ala dos filósofos, para aprimorar a sua cultura (coisa que não tinha feito cá na terra) e já que se tratava de um ex-ministro.
No dia seguinte, preocupado com a decisão que tinha tomado, São Pedro foi até à ala dos filósofos e, pela fresta da janela, surpreendeu Confúcio conversando com Relvas.
O velho sábio estava com péssima aparência, mais amarelo que nunca e, profundamente irritado, dedo em riste, gritava com o burro do Relvas:

- Olha Relvas, é a última vez que repito:
- Platão não é aumentativo de prato;
- Epístola não é a mulher do apóstolo;
- Eucaristia não é o aumento do custo de vida na Zona Euro;
- Cristão, não é um grande cristo;
- Encíclica não é bicicleta de uma roda só;
- Quem tem pacto com o diabo não é diabético;
- Quem trabalha na Nasa não é nazi;
- Annus Domini, nada tem a ver com o cu do papa;
- E o meu nome é Confúcio... Pafúncio é a p......que te pariu!

Comentários

  1. O Relvas queria ir para o Céu com equivalência...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que passou uma vez perto de uma igreja e pensava que já tinha equivalência, Carlos :))))

      Eliminar
  2. O Relvas foi para o céu (estranho mas foi)... Muito bom :)))) Ele pode não achar que Platão é um prato grande, mas tenho as minhas dúvidas que saiba quem foi efectivamente Platão e o que é que o fez ficar famoso :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas consta que ele sabe que é Sócrates e que não gosta nada dele.
      Um grego a estudar em Paris?
      Nem pensar!
      Foi isso que ele terá dito quando soube :))))

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares