Nova etapa no novo normal



Na China o tempo corre devagar.
É essa a tradição milenar correspondente a uma noção de tempo que só os chineses terão.
Uma noção que não poderia ser diferente no combate à pandemia que todos vivemos.
A pouco e pouco, com pequenos passos, com pequenos sinais, o desconfinamento possível vai acontecendo.
O levantamento de algumas restrições ao movimento de pessoas entre algumas cidades, algumas províncias, é um bom exemplo dessa realidade.
Com condições, com limitações, a liberdade de movimentos vai sendo retomada.
Procura-se retomar a vida normal no limite do possível e recomendável.
E procura-se reanimar uma quase moribunda economia.
Sem revoluções porque as revoluções a Oriente tiveram sempre resultados trágicos.
Pequenos sinais que quem está atento percebe, muitas vezes antecipa.
As boas notícias que o Chefe do Executivo dizia que teríamos na segunda quinzena de Julho.
Tudo controlado, tudo programado, tudo previsível.
Tão previsível que até essa entidade sempre presente, os mercados, a anteciparam fazendo disparar as acções das operadoras de jogos de fortuna e azar.
Começou uma nova etapa no novo normal.

Comentários

  1. Na região a que Toronto pertence ainda estamos na fase 2 . As outras já passaram à fase 3. Estamos a ser muito cautelosos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Macau é super cauteloso, Catarina.
      A abertura é parcial e gradual.
      E é para entrar, não propriamente para sair.
      É preciso reanimar a economia e isso só se consegue com a entrada de turistas.

      Eliminar
  2. Hola Me alegro que lentamente vuelvan a la normalidad y siguiendo los protocolos correspondientes. Buenas Notiicias .
    En Buenos Aires todavia estamos en cuarentena total, este viernes tendremos nuevas noticias y esperemos que sean positivas.
    UN ABRAZO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já passámos por essa fase, Gra.
      A epidemia está, sempre esteve, controlada em Macau.
      Agora é tempo de começar a reabrir.
      A pouco e pouco, sem pressas, sem precipitações.
      Bjs

      Eliminar
  3. Por cá tomara que muitos tivessem a vossa disciplina mas o português sempre teve a tentação de prevaricar...e a mostra é a desobediência no que toca aos adeptos do futebol, a beberem alcool na rua e tudo ao molho e fé em Deus.

    Felizmente que Lisboa e Vale do Tejo está a baixar e Sintra baixou bastante no número de casos.

    Pedro temos que continuar a viver e a trabalhar por um futuro melhor porque isto vai durar mais algum tempo. Temo é a invasão que vai haver com a vinda da tal competição futebolística (não me recorda o nome) e logo disputado em Lisboa.

    Tudo na vida passa e até nós estamos de passagem:))

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Macau tem a sorte de ter um bom Executivo e bons cidadãos, Fatyly.
      O nosso grande acto de rebeldia é, às vezes, tirar a máscara na rua, ao ar livre.
      Mas fica toda a gente a olhar com reprovação e acabamos por colocar a máscara novamente.
      Beijocas

      Eliminar
  4. Bom dia
    O tempo corre igual em todo o lado , há é métodos diferentes de o controlar .

    J R

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os chineses têm uma dimensão de tempo muito diferente da nossa, Joaquim Rosario.

      Eliminar
  5. É caso para dizer que devagar se vai ao longe e que cautela e caldos de galinha não fazem mal a ninguém.
    A pior fase parece estar a ser ultrapassada, apenas se exigindo atitudes adequadas e nada de loucuras.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cautelas por aqui podem é ser demasiadas, António.
      Mas é por isso que passamos mais uma vez ao lado de uma epidemia.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Não tenho saído de casa senão um pouco ao anoitecer, e para o campo. Ontem não tive as netas, e fui tratar de alguns assuntos. Vi muitas gente de máscara , e pouca sem ela, apesar da máscara só ser obrigatória nos espaços fechados. E algumas lojas, especialmente a farmácia e a casa dos jogos com filas no passeio.
    Agora com temperaturas de 40 e mais graus, torna-se difícil o uso da máscara.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e aqui com temperaturas acima dos 30 graus todos os dias e com humidade??
      Complicado?
      É, mas é bom para todos e isso é o mais importante.
      Abraço

      Eliminar
  7. Olá Pedro, sempre são boas notícias quando a situação está melhor nalgum lado do planeta! o mundo é pequeno e estamos interligados,
    nada de pensar como parecia no início "aquilo é lá com os chineses!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já se viu que não é nada assim, não já, Angela?
      Há várias vacinas a ser tentadas.
      Oxalá alguma resulte .

      Eliminar
  8. Esta pandemia parece que não quer dar tréguas....todo o cuidado continua a ser pouco.
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  9. Pelo que conheço do Oriente, a realidade que vivem difere em muito da nossa no Ocidente.

    Bom meio de semana

    ResponderEliminar
  10. Até parece que vivemos telecomandados...
    ~~
    Na emoção dum sonho meu...

    Beijo e uma excelente dia!

    ResponderEliminar
  11. É assustadora (e tem o seu quê de admirável) essa capacidade de prever

    ResponderEliminar
  12. Em Portugal o tempo passa a correr. E o desconfinamento para uns está a melhorar e para outros a piorar.
    .
    Deixando cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta é uma das tais situações em que a pressa é mesmo inimiga da perfeição.
      Aquele abraço

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares