1 de março de 2018

Bashar al-Assad Kim Jong-un e a lenda do sapo e do escorpião


A lenda do sapo e do escorpião é de todos conhecida.
E aplica-se, mutatis mutandis, ao relacionamento entre dois dos ditadores mais sanguinários da actualidade e a chamada comunidade internacional.
Comunidade internacional que, no caso presente, deve ser entendida como o conjunto de países que foi ludibriado pelo imenso jogo de cintura dos ditadores sírio e norte-coreano.
A mesma comunidade internacional que celebrava a união dos irmãos coreanos há muito desavindos por ocasião dos recentes Jogos Olímpicos de Inverno enquanto Kim Jong-un continuava a fornecer tecnologia e armamento químico a Bashar al-Assad para este martirizar os rebeldes e a sua população.
As armas têm muito efeitos perversos.
Um dos quais, um dos maiores, não distinguirem entre civis e militares, rebeldes que combatem um regime ditatorial e inocentes que só querem poder viver a sua vida tranquilamente.
Nada que preocupe dois lunáticos como Kim Jong-un e Bashar al-Assad.
Os loucos relacionam-se muito bem entre si, entendem a linguagem do seu semelhante, sabem jogar os seus jogos.
Os ingénuos observam e acreditam com grande dose de optimismo que se está no bom caminho para acabar com os párias que infestam as sociedades modernas.
Parece já restarem poucas dúvidas que Kim Jong-un tem fornecido tecnologia e armamento químico a Bashar al-Assad.
À margem de todos os acordos, de todas as resoluções, de todas as sanções e condenações.
E sem receio que mais venham a acontecer.
Porque, tal como o escorpião da fábula, Kim Jong-un e Bashar al-Assad não podem evitar estes comportamentos, é mais forte que eles, está na sua natureza.
Esperemos apenas que a comunidade internacional deixe de ser ingénua como foi o sapo da fábula.

33 comentários:

  1. Não creio que a comunidade internacional seja ingénua. Tem a ver com interesse...

    Querer é poder.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Interesses, hipocrisia, também um bocadinho de ingenuidade.
      Agora é que o Lil'Kim se ia portar bem.
      Confio mais no escorpião.

      Eliminar
  2. Subscrevo inteiramente e ambos deveriam ser presos e julgados pelos crimes contra a humanidade. Também há enormes interesses de outros países e quem paga a factura é sempre o mais pobre!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Síria é um país muito apetecível, Fatyly.
      Assim sendo há ali uma grande confluência de interesses que se degladiam.
      E o pobre povo sírio é que sofre.
      Beijocas

      Eliminar
  3. Este mundo está a ficar assustador...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Era um favor que Deus fazia chamar estes senhores para o pé Dele.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se há inferno estes dois estupores têm lá lugar reservado, Francisco.
      Entretanto vão infernizando a vida a inocentes.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Passávamos muito bem sem eles, Francisco Emanuel.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Bom dia. O dinheiro que se gasta em armamento é um negócio lucrativo. Tem que se gastar...e daí surgir os sofrimento dos Povos através das guerras inúteis e infelizes.
    .
    * Soneto escrito no escuro ... em versos de luz sombria *
    .
    Deixo um abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Martirizar pessoas inocentes para engordar a conta bancária é algo que me tira do sério, Gil António.
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. E não é o que se faz sempre, pedro?
      Mesmo nos ditos lugares civilizados e desenvolvidos. Por mais dinheiro os poderosos são capazes de demitir bons trabalhadores e meter novos, só para economizar. Baixam a qualidade dos produtos, adulteram substâncias. Visam o lucro.

      Desumanizam as pessoas, estas viram números e estatísticas. Em lugares de guerra entao, elas não valem nada. são joguetes.

      Destroem-se vidas e tudo por dinheiro.

      Eliminar
    3. Quem é que está a armar as facções em luta na Síria e noutros pontos do Globo, PT?
      Não são os tais países ditos civilizados?

      Eliminar
  7. Partilho as suas preocupações, mas o trágico é não haver inocentes nesta situação infame da Síria.

    A comunidade internacional de sapo , penso não ter nada....

    Dói-me a sério o terrível sofrimento das pobres pessoas apanhadas entre fogos cruzados de criaturas que de humano nada têm.

    Desejo-lhe e à família um feliz Março, Pedro !

    São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tive hoje uma troca de impressões com o director de um jornal de Macau acerca desse tema, São.
      É óbvio que há mais sacanas no meio desta tragédia.
      Que a iniciaram e que a alimentam.
      Uma cambada de crápulas que martirizam populações inocentes.

      Desejo-lhe também um feliz mês de Março

      Eliminar
    2. Comunidade internacional como as toda poderosas Rússia, EUA e Inglaterra que são as maiores fabricantes de armamento.
      Quando a Síria estiver dizimada, já haverá outro louco em lista de espera.

      Eliminar
    3. Já há, Magui.
      O Carlos põe o dedo na ferida - o Irão, o Irão é um alvo muito apetecível.

      Eliminar
  8. Os alemães também fornecem armas à Turquia, não por serem ingénuos, mas sim, por interesses financeiros.
    Há sapos por todo o lado. Aqui, mascarados de princepes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, Teresa.
      Ontem tive uma troca de impressões porreira com um amigo aqui de Macau, director de um jornal, que o Carlos conhece muito bem (também se chama Carlos).
      Eu chamo a atenção para um pormenor - o foguetório aquando dos Jogos Olímpicos de Inverno enquanto os dois escorpiões andavam a fintar os sapos.
      Mas há muito bandido envolvido neste massacre para além de Kim e Assad.
      bandidos teoricamente muito respeitáveis.

      Eliminar
  9. Já bastavam esses dois ASSASSINOS mas, como diz o Pedro, no seu comentário das 21:27, há muitos mais sacanas. Todos hipócritas e sob o manto diáfano da fantasia !

    Ab.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se vamos ver os bandidos que têm as mãos sujas de sangue vamos encontrar gente supostamente muito respeitável, João Menéres.
      Não tenho qualquer dúvida acerca disso.
      Aquele abraço

      Eliminar
  10. No finalzinho percebi que sou sapo.
    Como faço para virar escorpião?

    O mundo com pessoas assim é uma injustiça para aqueles que só querem viver as suas vidas tranquilamente. Só podemos orar para que tudo melhore. Por vezes faço isso - não sou tão capaz de orar só por mim, costume pedir paz no mundo, etc. Se todos formos mais felizes, tudo melhora.

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantos de nós não fomos sapos nesta vida, PT?
      Eu não atiro a primeira pedra.
      Aquele abraço, seja muito bem vindo

      Eliminar
    2. e só agora fui espreitar quem era PT.
      SURPRISE!!!
      Afinal é uma miga há muito conhecida :)))

      Eliminar
  11. Há dias vi no FB um video do The Guardian, onde era denunciada uma ONG que se dedicava a inventar Fake News sobre a Síria. Q mesmo se passou durante a Primavera Árabe que eu na altura denunciei como o maior embuste após as armas de destruição maciça que o Durão viu no Iraque. Cheira-me que estamos perante um caso escandaloso de contra informação, para justificar um ataque ao Irão que Trump deseja desde que tomou posse.
    É por isso que a sua teoria do escorpião e do sapo não encaixa no meu paradigma, Pedro. Ainda hoje se ficou a saber que Sarkozy e Merkel urdiram um plano para que os países do sul pagassem a bancarrota dos bancos franceses e alemães. Esse sapo é que eu não engulo :-)
    ~Bom FdS. Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Carlos segue a linha de pensamento do seu amigo e homónimo aqui de Macau.
      Como lhe disse a ele, reparem bem que eu não estou a dizer que Kim e Assad são os diabos no meio dos anjinhos.
      Longe disso.
      Há muitos mais diabos que anjinhos.
      Mas, entre os diabos, este dois bandidos estão lá no topo.
      Disso não tenho dúvidas.
      Muito bem acompanhados.
      Mas estão lá também e em lugar de destaque.
      Aquele abraço, bfds

      Eliminar
  12. Existem tantos interesses instalados pra lá o oceano que a coisa não vai mudar tão depressa
    Abraço Pedro
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem mais, Kique.
      Kim e Assad são só dois dos muitos sacanas envolvidos nesta embrulhada assassina.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Revoltante. Mas penso que se a comunidade internacional quisesse já tinha acabado com isso. Penso que há muitos interesses em jogo, a guerra é uma indústria que dá muito lucro.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa comunidade internacional, que terá sido valentemente comida por Kim e Assad, tem montes de interesses na S'ria e em todos palcos de guerra no Planeta, Elvira Carvalho.
      Não sejamos sapos também.
      Abraço

      Eliminar
  14. Não há religião nem fé que consiga sobrepor-se aos interesses deste déspotas sem coração sem amor à pátria. Se tivessem, os povos não sofriam os horrores da fome e do sofrimento.
    O poder é interesseiro, irracional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E martiriza quem for preciso para conseguir levar avante esses interesses, Maria Araújo.
      Choca, revolta, enoja.

      Eliminar