19 de agosto de 2013

A tragédia do Joaquim


Joaquim chegou em casa com uma cara péssima.
Sua esposa, Maria, ficou preocupada e foi logo perguntando o que tinha acontecido:
- Meu Deus, mas que cara de defunto é esta, ó gajo?
- Ocorreu-me uma tragédia, ó Maria! Estive no doutor hoje pela manhã e ele disse que eu estou doente e deverei ser castrado!
- Castrado, ó Joaquim? Mas o que tu tens?
- Tenho um tal de colesterol... O médico disse que o primeiro passo é cortar os ovos.

15 comentários:

  1. Os ovos têm alguma coisa a ver com a castração? :O

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende de que ovos é que se cortam, FireHead :)))

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Foi o que eu pensei, Catarina.
      Mas com um berro muito mais forte! :))

      Eliminar
  3. Possas coitado é o que faz não saber o que é o "castrol" como diz uma senhora octagenária que mora aqui:):):):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cortar os ovos, AQUELES ovos, não lhe vai fazer baixar o "catrol" (bestial!!!)
      Digo eu que não sou médico :)))

      Eliminar
  4. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Este é um exemplo de como a nossa amada língua portuguesa pode causar interpretações equivocadas se tivermos apenas um víés!
    Caloroso abraço! Saudações equivocadas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma língua muito traiçoeira, caro Amigo João Paulo de Oliveira :)))

      Eliminar
  5. Ó pá, senti uma dor aqui neste lado!!!
    :)
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Vá lá podia ter confundido colestrol com Castrol e pensado que tinha de deixar de pôr óleo no carro...
    Boa semana

    ResponderEliminar
  7. Vá lá, podia ter confundido colesterol com Castrol e pensado que a mulher andava a cozinhar com óleo do automóvel. Poderia ter resultado em mais uma cena de violência doméstica...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem melhor que cortar.......os ovos, Carlos :)))

      Eliminar