7 de março de 2013

Cenas (reais) da investigação policial



Cenas (reais) da investigação criminal em Portugal 
(excertos de autos elaborados pela GNR e PSP, peças processuais e diligências)

------------------------------------------------------------------------
 - Um agente da PSP desloca-se à residência de um casal que anda desavindo e escreve no auto de notícia que: "o sr. x anda muito frustrado porque pagou cerca de 5 mil euros pelos implantes mamários da sua mulher e suspeita que outro cidadão está a usufruir desses dividendos".
 ----------------------------------------------------------------------------
 - Escrevia um PSP num auto de notícia:"Numa acção de fiscalização, estando eu de arvorado ao carro patrulha, mandei parar o veículo supra identificado e pedi ao condutor os documentos pessoais e da viatura. Em resposta, disse-me aquele que se o autuasse me iria ao cu, o que fez três vezes."
 ----------------------------------------------------------------------------
 - A GNR participa acidente e explica que "naquele local o asfalto da estrada era de terra batida".
 ---------------------------------------------------------------------------
- O gatuno era "herdeiro e vozeiro naquele tipo de condutas".
---------------------------------------------------------------------------
 - Auto de notícia em que se diz que a ofendida foi encontrada em "lã-jeri".
 -----------------------------------------------------------------
 - O arguido era "de raça nómada".
--------------------------------------------------------------------
 - Auto de notícia em que a GNR denuncia o furto de 24 galinhas das quais uma era galo.
 --------------------------------------------------------------------
 - O arguido resolve acabar o seu requerimento de uma forma cordial: "
Pede deferimento" e logo a seguir ... "As minhas sinceras condolências".
 ----------------------------------------------------------------------------
 - "O denunciado proferiu vários impropérios na Língua de Camões e também em língua francesa"
 ----------------------------------------------------------------
 -"O individuo trazia o produto estupefaciente junto do órgão genital masculino vulgo pénis"
 --------------------- -------------------------------------------------
  - Diligência de inquérito: "Solicite à PSP que, em 48h, diligencie por identificar o denunciado que se sabe ter cerca de 16 anos e usar boné"
-------------------------------------------------------------------
 - Quem comete o crime de "borla" é um "borlista" profissional.
--------------------------------------------------------------------
  - Auto de denúncia : "enquanto proferiam tais ameaças permitiam-se ainda chamar nomes ofensivos tais como "puta, vaca, jornalista, advogada, ladra, que era boa era para ir para a Ordem dos Advogados".
-----------------------------------------------------------------
 - Um arguido antes de bater no ofendido atirou-lhe com uma caixa em plástico, "nomeadamente um tampa-roer".
 ------------------------------------------------------------------------
  - "O arguido atirou um paralelo-ipípado".
--------------------------------------------------------------------
 - "O arguido trazia uma techerte azul às riscas".
 ------------------- ------------------------------------------------------
 - "Os meliantes colocaram-se em fuga, ao volante de uma Picap"
 ---------------------------------------------------------------------------
- Na sequência de uma queixa por crime de furto de um veículo a GNR informa que recuperou a dita viatura no entanto a mesma vinha cheia de moças.
---------------------------------------------------------------------------
 - Caso de uma averiguação de causa de morte em que foi determinada a "autópsia parcial" do cadáver.
----------------------------------------------------------------------------
Exmo Sr. Procurador
Venho comunicar a V. Exa. que na EN que liga Penamacor ao Sabugal foi encontrado um cadáver morto, que pela fala parece ser espanhol...

9 comentários:

  1. Favorita:

    «A GNR participa acidente e explica que "naquele local o asfalto da estrada era de terra batida"»

    Muito boa! ;)))

    ResponderEliminar
  2. E o morto que falava espanhol, Ricardo?
    Têm disso aí na Madeira?
    Aqui em Macau não há :))))

    ResponderEliminar
  3. Aqui, Pedro, não há cadáveres mortos!!! :)))))

    ResponderEliminar
  4. ehehe... Também tenho essas ! ... são de partir o coco ! rsrs
    Essa do cadáver morto a falar espanhol, está o máximo ! ahahah
    .

    ResponderEliminar
  5. Agora lembrei-me dos nossos profissionais da comunicação social:

    "Os sete artistas compõem um trio de talento." (Manuela Moura Guedes)

    "A nova terapia traz esperanças a todos os que morrem de cancro a cada ano." (Manuela Moura Guedes)

    "Um morreu e o outro está morto." (Manuela Moura Guedes)

    "É trágico! Está a arder uma vasta área de pinhal de eucaliptos!" (Jornalista da RTP)

    "O assassino matou 30 mortos." (Rodapé do Telejornal da SIC)

    "Foi assassinado, mas não se sabe se está morto." (Jornalista da TVI)

    "Estão zero graus negativos." (Jornalista da TVI)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que prova que temos jornalistas geniais, Firehead :)))
      Acima de todos, a Manela :)))

      Eliminar
  6. Tenho dificuldade em escolher a melhor, mas a da identificação do puto com 16 anos que usa boné, está o máximo...

    ResponderEliminar
  7. Todas estão brutais, mas a da descrição do boné... Uau!

    ResponderEliminar