Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Procurar sarna para se coçar

Cresci a ouvir a minha avó utilizar muitas vezes a expressão idiomática “procurar sarna para se coçar”. E desde muito novo rapidamente intuí o significado da mesma. Até porque, tenho que o confessar, muitas vezes o visado era eu. Muitos anos depois, e muito longe do local onde cresci, descubro que é uma expressão que também é conhecida e utilizada em Macau. Não só na linguagem corrente da comunidade macaense, mas também  na prática de muitos que aqui vivem e decidem o dia-a-dia da comunidade. Macau e Hong Kong, que podiam e deviam ser locais de convivência harmoniosa e pacífica, são constantemente vítimas de uma esquizofrenia que só se pode explicar nesta ânsia quase insana de procurar sarna para se coçar. As decisões que têm sido tomadas do dois lados do Delta, pelos pró e anti sistema, só podem ter esta justificação patológica. Todos os dias, a todas as horas, esta vertigem de procurar sarna para se coçar começa a ser assustadora. Haverá por aí alguém com bom senso capaz de encontrar medica…

Mensagens mais recentes

Digam olá ao Oscar (o que tem o colar até debelar uma infecção num olho) e à Monica

Karma is a bitch

A Torre de Babel e o Pentecostes (Anselmo Borges, Padre e Professor de Filosofia)

In Trump we trust

Trump e o Twitter

Vamos falar de Hong Kong?

Intemporais (206)

Morreu uma parte de Macau

Carícias de Deus (Anselmo Borges Padre e Professor de Filosofia)

Quem é que está a violar a Lei Básica? Quem é que não está a cumprir o princípio “um país, dois sistemas”?