Lembrar Santa Bárbara quando troveja




Já todos ouvimos a expressão lembrar Santa Bárbara quando troveja.
Mas o que devemos perceber é que o roncar dos trovões pode ser muito diferente e ter muito diversa proveniência.
Juntei frequentemente a minha voz à dos que julgam que, paradoxalmente, Macau sofre por ter passado até agora praticamente imune face à Covid-19.
Esta sensação de falsa segurança, de um problema que só afecta o outro, conduziu à inércia, ao laissez passer.
Mesmo quando o problema nos bateu à porta, com surtos do lado de lá das Portas do Cerco, Macau continuou o seu sono profundo ainda que aqui e ali sobressaltado por um qualquer pesadelo fortuito.
De repente os trovões voltam a soar e a trovoada é forte e anuncia forte tempestade.
Agora do outro lado do Rio das Pérolas.
E Macau parece lembrar Santa Bárbara.
Uma população que tem vivido alheia às inúmeras vacinas que tem ao dispor, e aos muitos locais e benesses para ser inoculada, acorda timidamente do seu sono tranquilo.
Um despertar forçado, ao som dos trovões que furam os tímpanos em Hong Kong, mas um aparente despertar quand même.
Hong Kong, que tanta influência sempre teve em Macau, em tudo e para tudo, poderá afinal ser a chave para a vacinação há tanto anunciada e sempre adiada? Poderá ser a Santa Bárbara que alivia a trovoada? 

Comentários

  1. Talvez. A minha avó sempre dizia: Quando vires as barbas do teu vizinho a arder, põe as tuas de molho.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  2. Muito importante a vacinação para este caso da Covid.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  3. Poderá resultar sim e oro que sim para bem de todos.
    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver se é desta que o processo de vacinação avança, Fatyly.
      Já que estamos a falar em santos, eu estou mais para São Tomé, ver para crer.
      Beijos

      Eliminar
  4. Esperemos que sim, que tenha pelo menos esse benefício!

    Bom resto de semana :)

    ResponderEliminar
  5. Espero que seja desta que resolvam vacinar-se.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Acredito que Macau não fique para trás. Caso assim não seja, pode ser um 'Deus nos acuda'.
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Eu acredito em Ciência, quantos provas já tivemos , por que duvidar de vacinas? Já está tri de provado que foram e são eficazes nessa pandemia.
    Um beijo, Pedro, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas há muita gente que ainda nega o óbvio.
      E vê fantasmas não sei onde.
      Um beijo

      Eliminar
  8. Eu, melhor não digo nada! Tenho minha particular forma de ve-lo.
    Treveja, uma nova palavra que aprendí hoje.
    Que tudo siga a melhor!

    ResponderEliminar
  9. Já aqui li o Pedro enaltecer Macau e as autoridades aquando do zero casos Covid. Que passa agora?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Macau partiu à frente na prevenção da pandemia.
      Foi ficando MUITO para trás na vacinação.
      Só obrigados, há muita gente que só obrigada a isso se vacinará.

      Eliminar
  10. Pois, por vezes, Santa Barbara não tem mãos a medir! :)
    -
    A Subtileza das águas...

    Votos de um excelente dia. Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Muito interessante este post, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. Quem não tem vacina alguma... tem mesmo a maior facilidade em ir cumprimentar a Santa Bárbara... é só abrirem as portas para o mundo, e sem vacinas... verão logo o resultado... mas é um contágio necessário... todos os países já passaram por isso... e não adianta adiar, pois a virusice veio para ficar...
    Eu não recuso nenhuma vacina... se bem que a última... deu-me que fazer...
    Beijinhos! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, um simples Panadol para aliviar uma dor de cabeça pode ter efeitos secundários.
      O que os negacionistas dizem é que as vacinas terão feitos secundários a longo prazo.
      Sabe o que é que tem efeitos secundários a longo prazo?
      Cientificamente provado?
      Covid.
      Beijinhos

      Eliminar
  13. Esperemos que assim seja, pois a população de Macau tem mesmo que despertar para a realidade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares