26 de abril de 2010

Braga ganha, adia festa do Benfica e segura o 2º lugar. Académica assegura manutenção

O Braga, hipoteticamente sob pressão, foi golear a Naval à Figueira da Foz, conseguindo adiar a festa do Benfica e ficar a um ponto de assegurar matematicamente o 2º lugar.
E tudo terá de começar pela pressão.
Como é que se pode falar em pressão quando se fala do Braga?
Os bracerenses já superaram tudo o que era expectável, o que lhes era exigível, e, nesta altura, jogam sem qualquer pressão.
Bem ao contrário, com enorme motivação.
Se houve alguma pressão foi até ao jogo da Luz.
A partir daí, o Braga passou a jogar com a certeza que iria conseguir uma classificação final histórica.
Não acredito que venha a roubar o título de campeão ao Benfica, mas também não acredito que perca o 2º lugar e o bilhete que dá acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões.
Ontem, na Figueira, demonstração de personalidade, eficácia fantástica nos lances de bola parada, e uma goleada merecida.
Domingos confirma-se como um grande treinador, com um futuro muito risonho à sua frente.
Bravo!!
Quem também já pode dormir tranquilo é André Villas-Boas e os jogadores da Académica.
Com o triunfo em Matosinhos (3-1), a Académica assegurou matematicamente a permanência na Liga Sagres e terá assinado a sentença de morte do Leixões.
Já o tinha aqui escrito, confirma-se agora mais do que nunca - o Leixões e o Belenenses são as equipas que vão jogar na Liga Vitalis na próxima época.

Sem comentários:

Enviar um comentário