6 de junho de 2017

Make America Dumb Again


Donald Trump foi eleito com um discurso muito centrado no slogan “Make America Great Again”.
A tão falada e discutida América profunda, a América dos isolacionistas, dos profundamente ignorantes que julgam estar no centro do Mundo, correu atrás deste discurso e votou massivamente em Donald Trump.
Donald Trump ele próprio um símbolo (há piores, custa a crer mas ainda há piores...) da ignorância e do isolacionismo, defeitos que mistura com a profunda arrogância e a teimosia cega, está a conduzir a América por um caminho de profunda divisão interna, de cada vez maior irrelevância a nível internacional.
A decisão unilateral de retirar o país do Acordo de Paris é só o mais visível exemplo da nova realidade americana.
Se é verdade que se pode argumentar que Trump só está a cumprir o que prometeu em campanha, seria de esperar do líder da maior potência do Planeta, a nível económico, político, militar, uma atitude mais ponderada, mais sensata, mais inteligente.
Mas é de Donald Trump que falamos, da eterna vedeta de reality show, de alguém que julga que o seu umbigo é o centro do Universo.
A cada decisão desastrosa e reveladora da mais absoluta ignorância, Donald Trump vai rapidamente desgastando a sua imagem, a nível interno e internacional, e arrastando consigo a América, que iria ser great again, para uma posição que se arrisca ser de total menoridade no cotejo das nações desenvolvidas.
Depois do pesadelo que tinha sido George W. Bush parecia muito complicado alguém fazer igual, muito menos conseguir um desempenho ainda pior.
Aí está Donald Trump a provar que a estupidez humana é capaz de chegar a limites impensáveis e a dar razão a Albert Einstein quando este afirmava “só duas coisas são infinitas – o Universo e a estupidez humana. E não estou totalmente convencido acerca do primeiro”.
Brevemente chegará o momento de mudar o slogan e substituir “Make America Great Again” por um novo slogan que já começa a ser incessantemente repetido - Make America Dumb Again.

47 comentários:

  1. o homem dá que falar, Pedro !!!
    abraço
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é isso que ele mais quer e é disso que mais gosta.
      Vedeta, vedeta de televisão, é isso que ele sempre foi e quer ser.
      Abraço

      Eliminar
  2. Numa história que estava a escrever no meu antigo blog, acerca de uma suposta e perdida civilização Nmista, Um personagem, chamado Trumphas, é eleito como presidente dos méricos e as decisões que toma são de tal forma ruinosas que levam ao grande degelo, que leva ao silúvio que limpa a civilização NMista da face da terra e faz tudo recomeçar outra vez...

    Escrevi isto uns bons meses antes da eleição do Trump, quando todos diziam que ele não tinha hipóteses de ser eleito. Eu dizia que ele ia ser eleito. Dizia o que a maioria dos americanos queria ouvir e a inteligência não é coisa que abunde por lá... Sobretudo no cinturão bíblico, onde ainda se ensina o criacionismo nas escolas.

    No entanto, espero ter-me enganado quanto às consequências finais...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer semelhança com a realidade não terá sido mera coincidência, Francisco.
      Esperemos realmente que o final seja diferente.
      Aquele abraço

      Eliminar
    2. Peço desculpa mas enganei-me no nome, Cláudio Gil.
      Francisco é no comentário abaixo.

      Eliminar
  3. Pois o problema do Donald Trump é que ainda continua a pensar que é uma vedeta de reality show.
    Um abraço.
    Autografos Futebol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só isso que ele sabe ser, Francisco Emanuel.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. O que é de admirar é que os americanos escolham
    presidentes tão inaptos como têm escolhido.
    Povo estranho a nível de inteligência.
    Deste não espero nada de bom.
    Um abraço amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De bom dele só consigo imaginar duas coisas, Irene Alves - a resignação ou a demissão.
      Era bom, não era??
      Um abraço

      Eliminar
  5. Pedro, apenas dois factos:

    Quantos americanos morreram em consequência de ataques terroristas, entre 2006 e 2016, levados a cabo por terroristas muçulmanos ?

    Foram 23 americanos, Pedro, 23.

    Quantos morreram, no mesmo período, em consequência de venda livre de armas, meu amigo?

    Foram 301.854 americanos, Pedro, 301.854 pessoas perderam a vida porque o lobby das armas é forte nos EUA e vem este cretino que nem um discurso simples sabe articular falar em colocar a América no topo do mundo!?!?!

    Um cretino que extremou as posições com a Coreia do Norte (onde mora outro louco), que rasgou o Tratado de Paris que mina o nosso futuro e dos nossos filhos e netos, um anormal que deu cabo de um sistema de saúde que demorou oito anos a construir por Obama.

    Pergunta para um milhão de dólares:

    Para quando o impeachment deste idiota?

    Desculpe-me a azia, mas a cretinice é algo que mexe muito comigo.

    Aquele abraço, amigo e votos de excelente semana para si e suas princesas!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O idiota conseguiu em muito pouco tempo ficar isolado dentro e fora de portas, Ricardo.
      Mantém aquela base de gente que é de uma ignorância confrangedora mas conseguiu alienar até muitos dos que nele votaram.

      Ignorante, e rodeado de ignorantes, vê a América do antigamente, grande potência mundial (única após a queda do império soviético), e não percebe que está a ser literalmente comido pela União Europeia e a China.
      Com a Rússia à espreita.

      Com toda a sinceridade até eu cheguei a pensar que, com a chegada à Casa Branca, levasse um bano de realidade e se tornasse uma pessoa mais normal.
      Esqueci que é Trump, que é o escorpião - está-lhe no sangue, nos genes.
      Quantos anos vamos ter que aturar este idiota, Ricardo?

      Aquele abraço, votos de boa semana para si e as suas mais que tudo.

      Eliminar
  6. Trump consegue ser pior que Bush filho, coisa que me parecia impossível acontecer.

    Que os EUA fiquem isolados e percam importância, sinceramente, não me importa.

    O que me enfurece é o dano que está causando ao resto do planeta!!

    Para si e meninas, boa semana, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, São, se só afectasse quem votou nele até era bem feito.
      O problema é que, de uma maneira ou outra, atinge toda a gente.
      Boa semana para a São também

      Eliminar
  7. Para conseguir entrar o comentário tive que cancelar o seguimento e voltar a tornar-me seguidor.
    Isto só acontece com o blogue do meu amigo.

    Estou de acordo com o Francisco o homem ainda pensa que está num reality show para nossa infelicidade.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já aconteceu pior, Francisco.
      Já apareceu a algumas pessoas a mensagem que me aparece frequentemente a mim.
      Que o acesso ao blogue é negado porque tem Adult/Mature content.
      Por mais que berre com a CTM não resolvem o problema.
      Já imaginou o que pensará quem não me conhece e recebe uma mensagem daquelas quando procura aceder ao blogue??
      Peço desculpa sem ter culpa nenhuma.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. Nem sei que mais dizer. Voluntariamente não vai sair do cargo. Só estou a ver impeachment, e este é um processo moroso, complicado. Parece querer destruir todo o legado de Obama apenas porque sim...ou por vingança. Que terá Comey para dizer na quinta-feira? Mal posso esperar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Independentemente do que Comey possa dizer não acredito que dali resulte seja o que for, Catarina.
      Vamos ter que aturar a luminária muito mais tempo.

      Eliminar
  9. Sinceramente já não o consigo ouvir, é atrocidade atrás de atrocidade!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas vamos ter que gramar com ele muito mais tempo, Chic'Ana.
      Quem me dera que não fosse assim!!
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Dificilmente se poderia encontrar pior que Bush. Mas encontrou-se. O que prova aquela máxima que diz "Atrás de mim virá, quem bom me fará". Daí a citação de Einstein.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com George W. Bush parecia que os Estados Unidos tinham batido no fundo, Elvira Carvalho.
      Afinal ainda havia lá um Trump para conseguir descer mais um bom bocado.
      Um abraço

      Eliminar
    2. Da tal América profunda é de esperar TUDO, Catarina.

      Eliminar
  11. Caro Amigo Pedro Coimbra.
    Não creio que este insano permaneça no cargo até o término do mandato.
    Caloroso abraço. Saudações impeachmentianas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera que assim fosse, Amigo João Paulo de Oliveira.
      As sondagens dizem que já há mais pessoas a favor da destituição do que apoiantes de Trump.
      Mas não acredito que haja processo de impeachment.
      Isso é só em casos gravíssimos (??????) como foi o de Bill Clinton.
      Aquele abraço

      Eliminar
  12. Sera que esse homem pensa estar numa reality show...Boa semana, Pedro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vida dele é um constante reality show, The Reader's Tales.
      Boa semana

      Eliminar
  13. Eu mal consigo acreditar que a América que conhecemos, esteja a afundar-se por causa de um anormal que tem o máximo protagonismo pela negativa.
    Já mal consigo ouvi-lo ou vê-lo na Tv, parece um postiço ambulante.

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a América a escolhê-lo, Manu.
      O pior é que todos temos que gramar com ele.
      Beijos

      Eliminar
  14. O pior das suas atitudes e comportamentos são os danos colaterais
    Isso sim, amedronta-me
    Kis :=}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente, AvoGi.
      Quem não teve nada a ver com a escolha dele, quem não o pode sequer ver, come por tabela.
      Bjs

      Eliminar
  15. Pedro, esperar sensatez, ponderação e inteligência, nas atitudes e discursos de Trump, é almejar o impossível.
    Tudo nele denota loucura hitleriana, ou pior! :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é verdade, Janita.
      Estou mesmo a pedir o impossível.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Um ricaço imbecil rodeado de outros tantos imbecis.
    É que não me parece que haja um mente brilhante que mostre alguma credibilidade em alguma medida que possa estar em cima da mesa.
    E todos vamos aguentar este fardo.
    Boa noite.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é um dos maiores problemas, Maria Araújo - não é só ele que é imbecil, ele está rodeado de imbecis.
      Aquele vice-presidente é o melhor exemplo dessa realidade.

      Eliminar
  17. Pedro passei para deixar o meu beijinho!
    Desculpe não comentar, mas o pensamento foge para outros acontecimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinhos, Adélia.
      Há coisas bem mais importantes que os blogues.

      Eliminar
  18. OI PEDRO!
    TAMBÉM SOU DA OPINIÃO QUE TRUMP NÃO SE SUSTENTARÁ NO GOVERNO ATÉ O FIM DE SEU MANDATO, ALIÁS TORÇO POR ISSO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogsp r/ot.com.b

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também torço por isso, Zilani Célia.
      Mas não sei até que ponto se tornará realidade.
      Abraços

      Eliminar
  19. Um desastre... esperemos que não venha a ser um tsunami...
    Ótima semana, Beijinhos.
    ~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dali é de esperar tudo de mau, Majo.
      Beijinhos, óptima semana

      Eliminar
  20. Um novo slogan que não deve deixar os americanos nada felizes...

    ResponderEliminar
  21. Um idiota votado para o Poder por outros milhoes de idiotas! Nao sei mesmo o que viram nele, nao sabe falar, nao tem classe ou educacao. Enfim, espero que o fim dele esteja para breve, pois os estragos ja sao muitos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sami,
      Trump falou para dentro da América.
      E foi a chamada América profunda, que ainda se julga única super - potência a nível mundial, que o escolheu e que nele deposita a esperança de ver a América sozinha no trono do Mundo.
      Estúpidos e ignorantes, tão simples como isso.
      Quando acordarem deste sonho vão ver que a realidade é afinal um enorme pesadelo.

      Eliminar
  22. Trump e o seu brinquedo europeu (Theresa May) até fazem parecer Merkel uma mulher decente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sequer me atrevo a comparar Merkel a esse duo, especialmente ao cretino americano, Carlos.

      Eliminar