17 de agosto de 2016

PORTA PEGA-GORDO


Os monges do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, eram submetidos, na Idade Média, a um tratamento infalível contra a obesidade. 
Até hoje não foi superado por nenhuma dieta. 
Os monges, que comiam no refeitório, eram obrigados a buscar a própria comida na cozinha ao lado. 
Ninguém podia servi-los. 
O problema é que precisavam atravessar uma porta.
E daí? 
É que a porta media 2 metros de altura e apenas 32 centímetros de largura.
Quem não conseguisse ultrapassá-la ficava sem comer e, obviamente, emagrecia velozmente.
Os superiores dos monges recorreram à porta pega-gordo porque a gula é um dos sete pecados capitais e a obesidade tornava-os menos aptos aos trabalhos braçais. 
Os religiosos pertenciam à extinta Ordem de Cister, cujos seguidores trabalhavam como agricultores e produziam tudo que consumiam. 
Em 1834, foram obrigados a abandonar o mosteiro, pelo decreto governamental que suprimiu as ordens religiosas de Portugal.
Hoje, o Mosteiro de Alcobaça, considerado uma das maravilhas de Portugal, funciona como museu. 
Uma de suas atracções é justamente a porta pega-gordo.


16 comentários:

  1. Porta pega gordo contra o pecado da gula 🙂

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continua a ser uma grande atracção turística, Teresa.

      Eliminar
  2. Talvez fosse uma boa ideia a aplicar aos obesos, por comerem demasiado, e não por problemas de saúde.

    Desconhecia a história, mas a História tem histórias de encantar, Pedro.

    Cont. de boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A História tem a capacidade de nos surpreender constantemente, CÉU.
      Continuação de boa semana

      Eliminar
  3. Mais simples e eficaz era impossível. Muito interessante.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Pedro, seguramente que os turistas não passam por lá, com todo o fast-food, ! só serve para as selfies ?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acredito que seja mais para isso que outra coisa, Angela :)))

      Eliminar
  5. Acho que já tinha ouvido esta história em algum lado... ;)

    ResponderEliminar
  6. Com a belíssima doçaria conventual de Alcobaça, como é que eles não haviam d engordar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A gula, nestes casos, nem devia ser pecado, Carlos :)))

      Eliminar
  7. Desconhecia por completo e realmente é interessante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não conhecia, Fatyly.
      Vamos todos aprendendo.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. A estratégia nem sempre é resposta, Potuguesinha :)))

      Eliminar