5 de agosto de 2016

Do noivado...

  

Carta de um noivo...e a resposta da noiva!

O noivo escreveu um poema para a noiva um pouco antes do casamento:

Que feliz sou, meu amor!
Domingo estaremos casados,
O café da manhã na cama,
Um bom sumo e pães torrados

Com ovos bem mexidinhos
Antes de ir p' ró trabalho
Tudo pronto bem cedinho
P'ra inda ires ao mercado

Depois regressas a casa
Rapidinho arrumas tudo
E corres pro teu trabalho
Para começares o teu turno

Tu sabes bem que, de noite
Gosto de jantar bem cedo
De te ver toda bonita
Com sorriso ledo e quedo

Pela noite minisséries
Cineminhas dos baratos
E nada, nada de shoppings
Nem de restaurantes caros

E vais cozinhar p'ra mim
Comidinhas bem caseiras
Pois não sou dessas pessoas
Que só comem baboseiras...

Já pensaste minha querida
Que dias gloriosos?
Não te esqueças, meu amor
Qu'em breve seremos esposos!

Como resposta, a noiva escreveu um poema para o noivo

Que sincero meu amor!
Que linguagem bem usada!
Esperas tanto de mim
Que me sinto intimidada

Não sei de ovos mexidos
Como tua mãe adorada,
Meu pão torrado se queima
De cozinha não sei nada!

Gosto muito de dormir
Até tarde, relaxada
Ir ao shopping fazer compras
de Visa, tarjeta dourada

Sair com minhas amigas,
Comprar roupa da melhor
Sapatos só exclusivos
E as lingeries p'ró amor

Pensa bem... ainda há tempo
A igreja não está paga
Eu devolvo o meu vestido
E tu o fato de gala

E domingo bem cedinho
Em vez de andar aos "AIS",
Ponho aviso no jornal
Com letras bem garrafais:

HOMEM JOVEM E BONITO
PROCURA ESCRAVA BEM LERDA
PORQUE A EX-FUTURA ESPOSA
DECIDIU MANDÁ-LO À MERDA!

26 comentários:

  1. Ah ah ah fartei-me de rir com esta...Que poema :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tipo armou-se em esperto, entrou de carrinho e saiu de ambulância, The Reader's Tales.

      Eliminar
    2. Ahahaha que expressao mais engracada:) vou adopta-la

      Eliminar
    3. Linguagem futebolística que é o que está a dar, The Reader's Tales :)))

      Eliminar
  2. E não tem papas na língua! Toma lá e embrulha! :))

    O casamento é um contrato... por isso é bom ler as condições contratuais antes de dar o Nó!|

    Beijinhos com os pontos nos is
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele ficou a saber com o que podia contar, Afrodite.
      Assim é que é bonito.
      Se quer escravas, o chico-esperto tem que as ir procurar noutras bandas :)))
      Beijinhos sem margem para dúvidas

      Eliminar
  3. ahahahahahahahahahahahahahah !!!

    Bfs Pedro

    ResponderEliminar
  4. Na minha opinião, a noiva perdeu a razão
    quando decidiu usar linguagem ordinária...
    Ajude as meninas, Pedro e mande uma foto
    da sua hortinha biológica...
    Tudo de bom.
    Bj ~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Horta biológica, Majo??
      São só umas plantas que dão cor e alegria à varanda.
      É também dão ervas aromáticas, batata, tomate.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. :))) Por acaso já conhecia ! ... Bem verdade que muitos homens (alguns) hoje, ainda pensam assim, mas também é verdade que estamos a passar por uma situação semelhante e inversa !
    Há hoje uma grande parte de mulheres que pelo facto de trabalharem fora, não mexem uma palha em casa e deixam tudo para ele ! :(

    Abraço !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As tarefas têm que ser partilhadas, Rui.
      Se não for assim um deles é escravo do outro.
      E a coisa não resulta.
      Mais tarde ou mais cedo dá m€€@.
      Aquele abraço

      Eliminar
  6. Ahahahaha! Fabulosa resposta.
    Mulher é lixada!

    ResponderEliminar
  7. Era mesmo de adivinhar que o caldo estava entornado Pedro! isso é como os políticos: se dissessem a verdade antes das eleições, ninguém iria votar neles :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demasiada verdade também não é boa política, Angela :)))

      Eliminar
  8. Ainda bem que foi avisada a tempo e se safou!!!
    Abraço, amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teve sorte e safou-se de boa, Irene Alves :))))
      Bfds, um abraço

      Eliminar
  9. Já em tempos a tinha lido, mas gostei de relembrar, Pedro!

    Ele foi sincero...danou-se!! :))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes a sinceridade não compensa, Janita :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Os termos do contrato eram tão claros que não houve margem para equívocos.

    ResponderEliminar