28 de dezembro de 2015

Preservativo no órgão


A D. Beatriz, senhora alentejana, 80 anos, solteira, organista numa igreja da Diocese de Beja.
É admirada por todos pela sua simpatia e doçura.
Uma tarde convidou o novo padre da igreja para ir lanchar a sua casa e ele ficou sentado no sofá, enquanto ela foi preparar um chá.
Olhando para cima do órgão, o jovem padre reparou numa jarra de vidro com água e, lá dentro, boiava um preservativo.
Quando a D. Beatriz voltou com o chá e as torradas, o padre não resistiu tirar a sua curiosidade perguntando o porquê de tal decoração 
em cima do órgão 
E responde ela apontando para a jarra:
"Ah! refere-se a isto? Maravilhoso, não é? Há uns meses atrás, ia eu a passear pelo parque, quando encontrei um pacotinho no chão. As indicações diziam para colocar no órgão, manter húmido e que, assim, ficava prevenida contra todas as doenças. E sabe uma coisa?
Este Inverno ainda não me constipei !!!!"


18 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cancioneiro do FerreirAmigo não tem fim, Majo.
      Inesgotável!!

      Eliminar
    2. ~~~
      Isto é o que chama uma ''santidade ignorante''...
      Um perigo não saber como se fazem meninos!!

      ~ Dias sãos e saudáveis, Pedro.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
    3. Era este comentário que eu não conseguia publicar, Majo.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Esta já conhecia.
    Um abraço e dias felizes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele há pessoas muito inocentes, Elvira Carvalho :))

      Eliminar
  3. Respostas
    1. A ingenuidade tem destas belezas, Miss Smile :)))

      Eliminar
  4. Já lida e "ouviste" aqui, no ano passado, voltei a adorar ler!:))

    As alentejanas são do mais puro que há!!

    Beijinhos, Pedro! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível, Janita.
      Às vezes pode aparecer alguma repetida.
      Já são tantas....
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Cara Amigo Pedro Coimbra.
    No meu viés, as pessoas ingênuas vivem melhor.
    Caloroso abraço. Saudações ingênuas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é bem capaz de ser verdade, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Grande abraço

      Eliminar
  6. Também eu. Este ano não me constipei, e uso preservativo, aliás sou rapariga dada a preservar tudo o que tenho.
    Kis:=)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No preservar é que está o ganho, AvoGi :)))
      Beijinhos

      Eliminar