13 de março de 2015

Antónia e as cabras


Manhãs tranquilas numa aldeia Alentejana.
Uma manhã o padre estava em frente da igreja quando viu passar a Antónia,de uns 9 ou 10 anos, pés descalços, franzina, meio subnutrida, ar angelical, conduzindo umas 6 ou 7 cabras.
Era com esforço que a criança conseguia reunir as cabras e fazê-las andar. 
O padre observava o seu trabalho. 
Começou a imaginar se aquilo não seria um caso de exploração de trabalho infantil e foi conversar com a menina.
- Olá, Antónia. O que estás a fazer com essas cabras?
- Vou levá-las ao bode para as cobrir, Sr. Padre. Vou levá-las para o monte do Ti Chico Carlos.
- És capaz de me explicar uma coisa, Antónia -  Porque não é o teu pai ou os teus irmãos a fazerem isso?
- Já fizeram... Mas elas não emprenham... Tem que ser mesmo um bode!

22 comentários:

  1. Respostas
    1. O que terá acontecido ao padre depois desta resposta, Gábi??? :)))

      Eliminar
  2. Afinal apascentar tem que se lhe diga. Que dirão as ovelhas, ou mesmo as cabras do pastor?

    ResponderEliminar

  3. As crianças também sabem explicar... e esta já tem a escola da vida!
    Grande Antónia! :)

    ResponderEliminar
  4. Pedro, fiquei a matutar se esse caso não terá acontecido lá pra Trás-d)os-Montes.
    Os alentejanos pagam as favas todas? Na pode ser!!

    *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois que fique lá para o Norte que também fica bem, Janita

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Deve-lhe ter dado um treco, Elvira Carvalho
      Um abraço

      Eliminar
  6. Pois é ! ahahah... São nexexidades, muito mais correntes que o que se possa julgar ! rsrsrs .... e lá no meio do monte, todos os dias com "fome", não me admiro nada ! rsrsrs

    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os segredos que os montes não escondem, Rui.....

      Eliminar
  7. Pois... ai necessidade a quanto obrigas!

    ResponderEliminar
  8. Fiquei com pena... das cabras :))

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe se não gostaram da aventura, Fê :)))))
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Coisas deliciosas (refiro-me à anedota) que somente quem conhece a ruralidade entende toda a extensão da piada!
    É uma delícia (novamente me refiro à anedota).
    Akele abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui não entra má disposição, Kok.
      Para isso já bastam as chatices normais do dia a dia

      Eliminar
  10. Esta é mesmo de partir do coco a rir.:-)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os segredos que os montes guardam, Paulo Lisboa :)))

      Eliminar