29 de janeiro de 2015

Semáforos dançantes em Lisboa

Nunca vi estes semáforos em Lisboa.
Mas a ideia é simplesmente brilhante.

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Uma ideia fantástica, São.
      Que funciona muito melhor que todas aquelas entediantes campanhas de prevenção rodoviária

      Eliminar
  2. ~ ~ ~ Genial! ~ ~ ~
    ll; ))

    ~ ~ ~Beijinho~ ~ ~

    ResponderEliminar
  3. ~ São, juro que não copiei!!
    ~ O teu comentário não estava publicado.
    ~ Parece que já não morremos hoje.

    ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os comentários só foram publicados depois, Majo.
      Vocês tiveram rigorosamente a mesma ideia :)))
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Acredito piamente que não tivesses copiado e nem era necessário o testemunho do Pedro.

      Mas se o tivesses feito, seria uma honra .

      Concordo, muito mais eficaz que as coisas demasiado formais

      Beijinhos para os dois ...e esperemos que chegue a Lisboa, ficando
      desde já prometida a minha colaboração!

      Eliminar
  4. Pessoalmente, nunca vi mas já conhecia o vídeo,
    Espectacular maneira de tornar mais animado o tempo de espera, para atravessar a rua.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma ideia bestial, Janita
      Que até parece simples.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Que ideia mais divertida!
    Enquanto esperam,os transeuntes fazem exercício e ficam animados :) BOA!

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E toda a gente é convidada a participar na campanha, Fê.
      Uma ideia muito feliz, sem dúvida
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Isso é uma verdadeira campanha, Pedro.
    E a malta adere.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma amiga perguntava-me se eu seria capaz de dar um pezinho de dança nesta campanha.
      Disse-lhe então, digo-o agora - sem dúvida nenhuma!!
      Uma ideia bestial!

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Não é de dar um pezinho de dança para ajudar a campanha, Timtim Tim??

      Eliminar