22 de maio de 2013

Macau mergulhada (literalmente!!) no caos novamente

Depois de uma noite de chuvas intensas e trovoada, Macau ficou no estado que as imagens documentam.
Novamente.
Antecipando-me à pergunta que muitos de vós irão fazer, não, ainda não há uma explicação oficial satisfatória acerca das razões que motivaram aquele caos tão recente.
Até quando será assim?
E quando começar a época dos tufões, o que é que vai acontecer?
Em vez de distribuir cheques pela população, que tal distribuir barcos e escafandros? 





E não tenho disponíveis imagens do Porto Interior e de Seac Pai Van.
Até quando esta vergonha?!

24 comentários:

  1. Os homens não conhecem as consequências do tempo e as suas inclemências.

    Nunca ninguém estará completamente preparado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que parece que por aqui estamos completamente impreparados, luis
      Assustador!

      Eliminar
  2. É conhecido por aí o termo prevenção, Pedro?

    Começa a ser preocupante.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reporter,
      Já vou visitar o seu Noticias Sem Censura.

      No que diz respeito ao post, acho que o termo é conhecido.
      O pior é que parece que não se conhece o significado do mesmo.
      Abraço

      Eliminar
    2. Peço desculpa, Pedro.
      'Repórter' é o meu antigo 'nick'.

      Quando comentei não tinha iniciado a sessão convenientemente.
      Abraço

      Eliminar
    3. Ah, e o Notícias sem Censura não é meu :)

      Eliminar
    4. Mas ainda existe, António.
      E é interessante, provocatório.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  3. A milhares de kms de distância fico assustado e preocupado, Pedro!

    Espero, sinceramente, que rapidamente encontrem a solução para esse problema recorrente, amigo!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagine o que vai acontecer quando começar a época dos tufões, Ricardo.
      Porque eu tenho a certeza que não vão encontrar nenhuma solução rapidamente.

      Vou publicar no Facebook um gozo com o Benfica e outro com o Porto.

      Estas porras têm que ser levadas a rir e ponto final.

      Aquele abraço!

      Eliminar
  4. Outra vez? Em tão pouco tempo? E ainda para mais quando ainda pelo que me parece não chegou o tempo dos temporais a sério?

    Preocupante, não? :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poppy,
      Começa a ser assustador.
      E, como eu previa, a culpa da outra ocorrência foi....do São Pedro.
      Esta também deve ser.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Novamente? Pois é amigo o homem ganancioso só pensa no betão e zero de infraestruturas de escoamento adequado e a natureza mostra-lhe a realidade e quem paga é o povo, que também este tem alguma culpa com a falta de civismo em termos de poluição. É a velha pescadinha com o rabo na boca.

    Que tudo corra bem contigo e com os teus é o que mais desejo.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fatyly,
      Numa perspectiva perfeitamente egoísta, como a nossa casa é na montanha e a escola das meninas a cinco minutos a pé, não temos problemas.
      Mas isso não me faz ficar contente.
      Isto é inadmissível.
      E ainda não começou a época dos tufões.
      Beijos

      Eliminar
  6. Pedro, não será conveniente comprar um helicóptero?

    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Eu hoje já sugeri, num outro espaço, comprar os submarinos do Portas, São.
      Bem negociados até era bem possível conseguir um bom desconto.
      Coisa que Macau precisa porque o que aqui falta é dinheiro (agora ri-me sozinho)
      Tanto dinheiro para quê?
      Não deveria ser aplicado nestas infra-estruturas essenciais à vida e o bem-estar da população?
      Eu pensava que sim.
      Pelos, vistos, estava enganado.

      Eliminar
    2. Pelo vistos e nao pelos, vistos,
      Isso é algo completamente diferente :))))

      Eliminar
  7. É incrível como numa cidade em que rola tanto dinheiro ninguém se lembre de remodelar as infra-estruturas básicas, que já se viu estarem mal concebidas...

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Mal concebidas ou todas rebentadas porque a cidade foi transformada num gigantesco estaleiro, Tete?
      Essa é a pergunta do milhão de dólares.
      Beijocas!

      Eliminar
  8. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Infelizmente, por mais que tentamos prever e nos preparar, sempre somos surpreendidos pelas sequelas das intempéries.
    Caloroso abraço! Saudações climáticas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Já não chovia com esta intensidade em Macau há 31 anos, Amigo João Paulo de Oliveira.
      Essa é uma parte da explicação
      A outra é que as infra-estruturas existentes talvez nao estivessem preparads para tão brutal e crescimento e, no meio das inúmeras obras, foram danificads ou destruídas.
      Grande abraço!

      Eliminar
  9. Nem em dias de tufão me lembro de ver Macau assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém se lembra, Carlos.
      Já não chovia com esta intensidade há 31 anos.
      Não chega para explicar este caos.
      Há muito mais que isso.
      No subsolo.

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Segunda vez no espaço de uma semana, Pats :(

      Eliminar