27 de abril de 2010

Mais uma greve da CP

É quase obsceno ouvir o representante do sindicato dos maquinistas tentar explicar mais uma greve da CP com a preocupação que os trabalhadores da empresa dizem sentir, motivada pela possível privatização da mesma, as repercussões que tal privatização teriam nos cidadãos, sobretudo os economicamente mais carenciados e que constituem a grande maioria dos utentes do serviço.
Isto tudo no mesmo dia em que se afecta, mais uma vez, a vida de mais de um milhão de pessoas, a maioria destas as tais mais necessitadas a que a luminária se referia.
Estes cretinos, que não têm um pingo de vergonha na cara, ainda acham que as pessoas não percebem que o que realmente os preocupa, num cenário de privatização da empresa, é a reestruturação que necessariamente a mesma sofreria e a perda de privilégios que tal acarretaria para quem está habituado a tudo fazer impunemente?

Sem comentários:

Enviar um comentário