7 de novembro de 2017

Curiosidades de líderes europeus


Phil Lawyer fez um balanço sobre os líderes da Europa:

O recente eleito presidente da república francesa, Macron,não tem filhos.

A Chanceler, Angela Merkel,não tem filhos.

A PM do Reino Unido, Theresa May, não tem filhos.

O PM de Itália, Paolo Gentiloni, não tem filhos.

Mark Rutte da Holanda, não tem filhos.

Stefan Lofven, da Suécia,não tem filhos.

Xavier Better, do Luxemburgo,não tem filhos.

Nicola Sturgeon, da Escócia, não tem filhos

Jean-Claude Juncker, Presidente da CE, não tem filhos.

Portanto, uma grande porção de pessoas que tomam decisões sobre o futuro da Europa, não tem quaisquer interesses directos nesse futuro !!!

28 comentários:

  1. Respostas
    1. Se não é exactamente assim anda lá muito perto, Catarina.
      O último a sair que feche a porta, algo do género.

      Eliminar
  2. Muito curioso e pode explicar algumas tomadas de posições desses "senhores", só para lembrar que o Salazar também não tinha filhos.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  3. Não será bem assim, mas imita muito bem....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas lá que é muito curioso, lá isso é, São.

      Eliminar
    2. Tal e qual! É a tendencia castradora dos "políticos correctos" para o homem vulvado e para a mulher machorra. Sem líbido, sem luxúria e sem amantes. Um deserto emocional preocupados com o social.

      Eliminar
    3. A resposta era para o primeiro comentário.

      Claro que é bem assim e Francisco lembrou bem: Salazar (e Hitler, acrescento eu) também não tinha filhos .

      Ponha curiosidade nisso, Pedro.

      Eliminar
    4. Francisco lembrou o óbvio, São - quem tem filhos pensa muito mais no futuro.
      De si próprio e dos filhos.

      Eliminar
    5. alvaro guerreiro - o ter ou não filhos é uma opção muito pessoal.
      Mesmo que o casal seja infértil pode adoptar.
      Respeito muito mais quem opta por não ter filhos do que quem os maltrata ou negligencia.

      Eliminar
  4. O facto é que de certo modo isto ajuda a entender, porque será que principalmente mulheres mães, não têm um acesso fácil a lugares de destaque nas empresas ou instituições ! ... É triste a razão, mas acaba por ser uma funesta realidade ! :(

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, Rui.
      A maternidade ainda é causa de impedimento de ascensão na carreira.
      É triste mas é real.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. Das duas uma, o facto de não terem filhos deixa-os mais disponíveis para governar, ou então se os tivessem sabiam avaliar melhor que os destinos de uma nação assentam na boa formação dos mais novos?

    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em muitos casos não ter filhos é uma opção, Manu.
      A verdade é que, quem não tem filhos tem menos preocupações com o futuro relativamente a quem os tem.
      Beijos

      Eliminar
  6. é muito curioso sim Pedro !
    parece ainda que quem não tem filhos é imortal ! Portanto não abre mão de nada ou quase ?!
    igualdade e fraternidade para que vos quero ?!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não investe tanto no futuro, Angela.
      E é fácil perceber porquê.

      Eliminar
  7. Na política ou em outras atividades quaisquer são mais as pessoas, que têm filhos do que as que os não têm. Verdade assente!

    A frase sublinhada, na minha opinião, não é aquilo, de todo, que "querem" que ela seja, que signifique. Penso até, que quem não tem filhos pensa muito mais nos jovens e no seu futuro, embora sem pieguices exageradas de mamã e papá, do que aqueles que os têm, pke a visão é mais larga e desapaixonada. Os pais passam só a ter coração e a razão anula-se. E a minha mãe, que o diga! Já não era só amor por mim, era "obsessão".

    Esta é uma mera coincidência, como há tantas outras, Pedro.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não concordo nada, CÉU.
      Sou pai de duas filhas.
      E penso, TODOS OS DIAS, no futuro delas e do Mundo em que vão viver.
      Está nos genes.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Esperemos que sejam casos de sublimação psicológica...
    Muito interessante.
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  9. Cada um pensa pela sua própria cabeça, Pedro, e não vejo nisso qualquer problema.

    Espero que os filhos pensem também TODOS OS DIAS nos pais, na qualidade de vida do mundo em que estão a viver, sobretudo quando eles forem mais velhos.

    A vida é um ciclo, e portanto, os filhos/as serão mais tarde, talvez, também pais/mães e pronto acertam-se as contas. E lá vêm os genes, de novo.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora tocou num ponto sensível, CÉU.
      A solidão dos velhos.
      Revoltante!!
      Beijinho

      Eliminar
  10. Nunca me tinha apercebido disso, mas é muito significativo.

    ResponderEliminar
  11. Está feita a leitura.
    Por que razão há uma preocupação fantasiosa sobre o direito dos animais,
    nesta sociedade ocidental, "velha" e egoísta?
    Será falta de salada? Não é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está a perceber-se melhor o porquê destas situações, Agostinho.
      Tarde ou cedo tudo acaba por se revelar.

      Eliminar
  12. Curioso, muito curioso mesmo!
    Pedro, com esta deixou-me a pensar.

    Abraço

    ResponderEliminar