24 de março de 2017

CLASSE É CLASSE!

 


Coincidentemente, dois juízes encontram-se no corredor do acesso a um motel e, constrangidos, reparam que cada um estava com a mulher do outro. 
Após alguns instantes de silêncios e de 'saia justa' mas, mantendo-se a compostura própria de magistrados, em tom solene e respeitoso um diz ao outro: 
- Nobre colega, e não obstante este fortuito imprevisível, sugiro que desconsideremos o ocorrido, crendo eu que o CORRECTO seria que a minha mulher venha comigo, no meu carro, e a sua mulher volte com Vossa Excelência no seu.
Ao que o outro respondeu: 
- Concordo plenamente, nobre colega, que isso seria o CORRECTO, sim... no entanto, não seria JUSTO, levando-se em consideração que... vocês estão saindo... e nós estamos entrando.

30 comentários:

  1. O saber compartilhar é uma grande qualidade.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas há compartilhar e compartilhar, Catarina.
      Mulher e carro é melhor não entrarem nessas contas :))))
      Bfds

      Eliminar
    2. Essa é a minha filosofia de vida, Catarina :)))

      Eliminar
  2. Tem muita razão. Justiça é justiça.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não seria de todo justo, Elvira Carvalho.
      Estou plenamente de acordo :)))

      Eliminar
  3. À justiça o que é da justiça. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E aos homens o que é dos homens, luisa.
      Depois ainda se admiram que o cretino holandês mande aquelas bocas.
      Se até os juízes são assim!!! :))))

      Eliminar
  4. Pois bem, Pedro, aquelas bocas do SOCIALISTA holandês não têm a classe da resposta do juiz português.

    ResponderEliminar
  5. Ahahahah!
    Pois, justiça à justiça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os pratos da balança assim ficavam muito desiquilibrados, Maria Araújo :))

      Eliminar
  6. ´será só os que estão a sair esperarem um bocadinho pelos outros Pedro,
    e a justiça prevalece !

    ResponderEliminar
  7. :))
    O magistério da vida :)

    Abraço, Pedro :)

    ResponderEliminar
  8. ahahah... Uma enorme diferença de julgamento entre "Correcto" e "justo" ! ... Ah ! Pois é ! ... Queriiiias !?
    O colega "proponente" saiu uma boa bisca, espertalhão, mas não levou a melhor ! rsrsrs

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente diferentes, Rui.
      Está aqui o exemplo perfeito dessa realidade :))))

      Eliminar
  9. A justiça tem que ser feita! :))

    Muito boa esta anedota!

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dura lex sed lex, Fernanda Maria :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Pelo menos no que a ele diz respeito, Carlos :))))

      Eliminar
  11. Ora nem mais!! Isso seria uma tremenda injustiça. :)
    E as mulheres?...Não diziam nada???
    :))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo visto elas nem abriram a boca, Janita :)))
      Beijinhos

      Eliminar
  12. Haja justiça, Pedro. Custe o que custar!
    Abraço e

    ResponderEliminar