19 de setembro de 2014

Momentos da vida de um bancário



" Bom dia. Quero saber se o meu obstrato já chigou?"
"Queria o nibel da conta"
"Queria um carneiro de cheques"
" A minha retrete já veio?"
"Dou o meu abalo ao suscritor"
"Quero dissolver esta conta"
"Desculpe, a partir de que valor é que a conta fica negativa?"
"A sua colega que está na máquina multibanco ficou-me com as notas!"
"A máquina comeu o meu cartão Securitas!"
"O multibanco enganou-se. Posso falar com a sra que está para ali a falar dentro da máquina?"
"Queria fazer umas perguntas sobre aquele cartão "nespresso"
"Estou muito nervosa, o meu cartão foi extraviolado..."
"Bom dia. Tou a chegar agora da França e venho aqui para ver se os seus chiffres batem com os meus"
"Porque é que os cartões agora têm um chispe?"
"Queria saber porque é que o meu crédito está no contagioso"

10 comentários:

  1. ~
    ~ ~ Lapsos hilariantes!...

    ~ ~ Eu também cometo alguns a nível de informática, mas reconheço-os e só me atrevo a pronunciá-los diante da minha filha.

    ~ ~ ~ Tudo de bom. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há erros que devem ser guardados para nós próprios, outros apenas comunicados na intimidade familiar, Majo :))))

      Eliminar
  2. ahahah... mas o "mais triste" é que a maior parte (senão todas) são reais mesmo ! rsrsrs
    Algumas de fancius do género (na praia) : attencion Marriá, não vás praí qué fundo !

    Abraço ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São por demais conhecidas, não é, Rui?? :))))

      Eliminar
  3. Eheheh...a pergunta da retrete é que eu não percebi, Pedro!! :))

    E a mais não sou 'made in France'.. Pode explicar, faxavôr?

    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Retraite, de lê mais ou menos retrete, e que significa reforma em francês, Janita :)))

      Eliminar
  4. E os emigrantes franciús de férias, em Agosto, a exigir as "radiô" (radiografias) nos hospitais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manuelino viens ici.
      Uma, duas, três, quatro vezes.
      E o puto nada.
      Ou vens aqui ou levas um murro no focinho que até andas de lado.
      Praia de Buarcos nos meus tempos de juventude, Agostinho :))))

      Eliminar