19 de setembro de 2014

Gafes anedóticas em tribunais


Gafes anedóticas em tribunais made in Portugal!!!

Estas são piadas retiradas do livro 'Desordem no tribunal'. São coisas que as pessoas realmente disseram, e que foram transcritas textualmente pelos taquígrafos, que tiveram que permanecer calmos enquanto estes diálogos
realmente aconteciam à sua frente.
_________________

Advogado : Qual é a data do seu aniversário?
Testemunha: 15 de Julho.
Advogado : Que ano?
Testemunha: Todos os anos.
______________________________________________

Advogado : Essa doença, a miastenia gravis, afecta a sua memória?
Testemunha: Sim.
Advogado : E de que modo ela afecta a sua memória?
Testemunha: Eu esqueço-me das coisas.
Advogado : Esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido?
__________________

Advogado : Que idade tem o seu filho?
Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.
Advogado : Há quanto tempo ele mora com você?
Testemunha: Há 45 anos.
_____________________________________________

Advogado : Qual foi a primeira coisa que o seu marido disse quando acordou aquela manhã?
Testemunha: Ele disse, 'Onde estou, Berta?'
Advogado : E por que é que se aborreceu?
Testemunha: O meu nome é Célia.
______________________________________________

Advogado : Diga-me, doutor... não é verdade que, ao morrer no sono, a pessoa só saberá que morreu na manhã seguinte?
_____________________________________________

Advogado : O seu filho mais novo, o de 20 anos...
Testemunha: Sim.
Advogado : Que idade é que ele tem?
______________________________________________

Advogado : Sobre esta foto sua...o senhor estava presente quando ela foi tirada?
_____________________________________________

Advogado : Então, a data de concepção do seu bebé foi 8 de Agosto?
Testemunha: Sim, foi.
Advogado : E o que é que estava a fazer nesse dia?
_____________________________________________

Advogado : Ela tinha 3 filhos, certo?
Testemunha: Certo.
Advogado : Quantos meninos?
Testemunha: Nenhum.
Advogado : E quantas eram meninas?
______________________________________________

Advogado : Sr. Marcos, por que acabou o seu primeiro casamento?
Testemunha: Por morte do cônjuge.
Advogado : E por morte de que cônjuge ele acabou?
_______________________________________________

Advogado : Poderia descrever o suspeito?
Testemunha: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Advogado : E era um homem ou uma mulher?
____________________________________________

Advogado : Doutor, quantas autópsias já realizou em pessoas mortas?
Testemunha: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...
______________________________________________

Advogado : Aqui no tribunal, para cada pergunta que eu lhe fizer, a sua resposta
deve ser oral, está bem? Que escola frequenta?
Testemunha: Oral.
____________________________________________

Advogado : Doutor, o senhor lembra-se da hora em que começou a examinar o corpo da vítima?
Testemunha: Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
Advogado : E o sr. Décio já estava morto a essa hora?
Testemunha: Não... Ele estava sentado na maca, questionando-se por que razão eu estava a fazer-lhe aquela autópsia.
___________________________________________

Advogado : O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina?

BOM FIM-DE-SEMANA
(Mais uma vez, um abraço ao FerreirAmigo que vai colaborando com este espaço)

35 comentários:

  1. Bom dia caro Pedro Coimbra
    Embora não pareça, vou passando por aqui e claro hoje é daqueles dias em que já mandei umas boas gargalhadas. Grato por isso.

    Um grande abraço
    Rodrigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta e da falta são do acervo do FerreirAmigo, Rodrigo.
      Segundas e sextas já sabe que há aqui chalaça.
      Grande abraço!

      Eliminar
  2. Mitos urbanos, Pedro.

    Aquele abraço e votos de um excelente fim de semana para si e suas princesas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Publiquei como recebi, Ricardo.
      E até identifiquei a fonte.
      Aquele abraço e votos de um excelente fim-de-semana para si e as suas princesas também

      Eliminar
  3. ~
    ~ ~ kkkk...kkk...

    ~ ~ Até aos advogados cabe-lhes o direito de andarem stressados ou exaustos!

    ~ ~ Então, com 31º, 75% de humidade, nublado e vento fraco. Nós estamos, mais ou menos, nas mesmas condições, com a máxima de 24º. É raro termos chuva com esta temperatura.

    ~ ~ ~ Excelente fim de semana, num lar fresquinho e amoroso. ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ Beijinhos. ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A temperatura mínima aqui é superior à máxima em Portugal, Majo.
      Está algo quente.
      A partir do final do mês começa o período mais agradável em termos climatéricos

      Gafes de advogados deparei-me com algumas no período em que exerci a profissão.
      Por exemplo, numa contestação, contestar o peido (era pedido) da autora :)))))
      Beijinhos e votos de um excelente fim-de-semana

      Eliminar
    2. ~ Um dia, o Pedro disse-me que não utilizava linguagem brejeira em casa. Então, por que usá-la com amigas que não gostam?!!! Bjnhs.

      Eliminar
    3. ~ ~ Só agora entendi a confusão de contestar o pedido da autora!
      ~ ~ Grande bagunça!
      ~ ~ ~ BFDS. ~ ~ ~

      Eliminar
    4. O que a falta de um simples D pode fazer, Majo :))))
      Está aconteceu com o meu patrono.
      A nossa secretária, depois de entregar a contestação em tribunal, é que reparou.
      Mas apanhou tamanho ataque de riso que não conseguia explicar o sucedido.
      Só conseguia apontar.
      Lá descobrimos o que o meu patrono tinha contestado.
      E ficou célebre até hoje :)))
      Bfds

      Eliminar
  4. Por acaso já conhecia (são óptimas!) e pensei já as ter postado.

    ... mas postei ESTAS

    Abraço e bfds
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou lá visitar, Rui.
      Aquele abraço e votos de bfds

      Eliminar
  5. Maravilhosas! Deixaram-me um grande sorriso nos lábios e umas gargalhadas!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é isso mesmo que se pretende, carpe diem.
      Um abraço

      Eliminar
  6. Que loucura!!
    Entre advogados e testemunhas, vá o diabo e escolha, Pedro!

    Estas fizeram-me lembrar o Agostinho e a Agostinha ( Camilo de Oliveira e Ivone Silva) que às tantas diziam " Está tudo grosso, está tudo grosso". :))

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei com muitas para contar dos meus tempos como advogado, Janita.
      Mas algumas nem às paredes confesso :))))
      Beijinhos e votos de bfds

      Eliminar
  7. Valeu! Estou aqui rindo muito ao ler essa belas anedotas.
    Tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é suposto serem reais, Anajá.
      Tenha um óptimo fds também

      Eliminar
  8. Há algumas que são monumentos outras nem por isso.
    Aquela do advogado a perguntar ao médico se o morto estava "morto de morte matada" à hora de início da autópsia fez lembrar-me uma tia minha, já falecida, que, sem se desmanchar, trocava as voltas ao médico com respostas desajustadas fazendo depois conversa sobre o assunto connosco.
    Boa saúde e fim de semana bem passado, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agostinho,
      Enquanto estudantes de Direito temos de fazer uma cadeira de Medicina Legal.
      Para isso, e necessário assistir a duas autópsias (escapei delas!!) de dois exames directos (exames médicos a vítimas de crime)
      Um dos exames directos a que assisti, a vítima foi agredida com um tijolo.
      E afirmou, ipsis verbis, que o agressor lhe atirou o tijolo e o matou.
      O médico, vendo a risota no anfiteatro, resolveu continuar a brincadeira e respondeu - "para morto está com muito bom aspecto, pá!" :))))
      Aquele abraço e votos de bfds

      Eliminar
  9. Respostas
    1. O que eu me ri nos tribunais, luisa
      Nem lhe passa pela cabeça!

      Eliminar
  10. Já conhecia, mas quando a ouvi, não ri tanto como agora!

    Bom fim de semana Pedro.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passei bons tempos como advogado, Adélia
      Mas não podia ser só gozo e risota.
      Era preciso algo mais
      Que não estava a aparecer.
      Beijinhos e votos de bfds

      Eliminar
  11. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    O mais hilário é que são registros de Processos!
    Caloroso abraço! Saudações reais!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, Amigo João Paulo de Oliveira.
      É suposto serem reais.
      Grande abraço!

      Eliminar
  12. :))) Já conhecia algumas, mas mesmo assim gostei de as ler outra vez :)

    ResponderEliminar
  13. Respostas
    1. Imagine a malta no tribunal a assistir a isto, Ricardo :))))

      Eliminar
  14. Gargalhadas e recordei tantas e tantas que ouvi ao vivo, por motivos profissionais.

    O português no seu melhor:):):)

    Beijos e um bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente como eu, Fatyly.
      Beijinhos e votos de um bom domingo também

      Eliminar
  15. Ainda há quem se espante com o estado da nossa justiça?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas lá que passei tempos divertidos enquanto era advogado, lá isso passei, Carlos :))

      Eliminar