14 de abril de 2014

Família disfuncional


Um tipo fez análise durante cinco anos, até que descobriu que ele, o pai, o avô e os cinco tios tinham tendências homossexuais. 
O psicólogo estupefacto perguntou-lhe: 
Mas não há ninguém na sua família que goste de mulheres? 
Claro que há, as minhas quatro irmãs!!!

12 comentários:

  1. Respostas
    1. O Carlos e a Janita é que têm razão - harmonia perfeita :)))

      Eliminar
  2. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o paciente esqueceu de dizer que os seus padrinhos de batismo e de crisma também são homossexuais e têm uma união homoafetiva estável com o pai e avô do paciente.
    Caloroso abraço! Saudações esclarecedoras!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso já é bacanal, Amigo João Paulo de Oliveira :)))
      Grande abraço!

      Eliminar
  3. Pois eu cá acho que essa família funcionava toda em perfeita sintonia, Pedro! :)))))))


    Beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reproduzo o que respondi ao Carlos :))
      Beijinho

      Eliminar
  4. eheheh ... Pelo menos no seio familiar ninguém criticava ninguém ! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande coincidência de pontos de vista, Rui :)))

      Eliminar
  5. É caso para perguntar como se reproduzem eles em tal família, ahahahah!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Barrigas de aluguer, Miú Segunda?? :))))
      Beijinho

      Eliminar