14 de abril de 2014

A CUEQUINHA DA VIÚVA


Uma senhora estava viúva há quatro anos e durante todo esse tempo não teve contacto com nenhum homem.
A filha, cansada de ver a mãe tão triste, apresentou-a a um viúvo muito simpático. 
Os dois acabaram por se darem muito bem.
Depois de seis semanas, a saírem todas as noites, o viúvo levou-a para um motel.

Ela tira a roupa e fica nua, com exceção de uma minúscula cuequinha de renda preta. Olhando para o viúvo disse:
"Você pode fazer o que quiser comigo, mas aqui (apontando para a cuequinha), ainda estou de luto".
Foi um verdadeiro balde d'água fria no pobre homem.
Na noite seguinte, a mesma história. 
Ela tira a roupa e faz aquela mesma ladainha.
 Só que ela não esperava por esta. 
O viúvo estava nu naquela situação vexatória e com o "pilau" coberto com uma camisinha preta.

Ela olha espantada e pergunta:
Mas o que é isso?
Ele responde:
Pois é, vim  dar os meus pêsames!  Já posso entrar?


 BOA SEMANA!!

33 comentários:

  1. Respostas
    1. Nestas situações o bicho homem é mesmo muito criativo, Catarina.
      Boa semana!

      Eliminar
  2. Gargalhadas:)))))

    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao que um homem chega, Fatyly!! :)))
      Beijinhos e votos de boa semana!

      Eliminar
  3. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Para começar uma boa semana nada melhor que uma forte gargalhada rsrsrs.
    Abraço amigp

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É essa a ideia, Amigo Cambeta.
      Começar e acabar a semana com boa disposição.
      Aquele abraço e votos de boa semana!

      Eliminar
  4. Pra começar o dia a rir. :))
    Abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O dia e a semana.
      É essa a promessa.
      Aquele abraço e votos de boa semana!

      Eliminar
  5. Muito boa!

    Boa semana para si e família, Pedro!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A habitual dose das segundas feiras, Ricardo
      Aquele abraço e votos de boa semana para si e família

      Eliminar
  6. Seu texto tem uma graça imensa! Gostei de o encontrar! Abraço,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Luisa,
      Estas anedotas não são inventadas por mim.
      São amigos que mas enviam.
      Está, em concreto, foi o meu pai.
      Boa semana!

      Eliminar
    2. Deve ler-se esta, está foi um erro provocado pelo iPad

      Eliminar
  7. Tácticas ...

    Boa semana e um abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De fazer inveja aos mestres, António :)))
      Aquele abraço e votos de boa semana!

      Eliminar
  8. rrsss rrrssss

    Vou contra-lhe algo real, mas que bem (me) parece anedótico.

    Uma senhora , a quem o marido morre repentinamente, cobre-se de luto cerrado. Cerca de seis meses depois, começa a viver maritalmente com um senhor de quem as más-línguas afirmam estar relacionada intimamente ainda em vida do marido...mas continua vestindo toda de preto!

    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diria o Artur Jorge - "perfeitamente normal, perfeitamente normal", São :))))))
      Boa semana

      Eliminar
  9. Quer dizer que estamos em sintonia... só que eu antecipei-me :)

    Essa tá demais!!! E eu tão precisada duma boa gargalhada...
    Posso levar, não posso? Para mandar para os meus correspondentes de email. Vão adorar! Obrigada.

    Boa semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leve, Mariazita.
      Uma boa gargalhada faz bem a toda a gente.
      Beijinhos e votos de boa semana!

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Criatividade é essencial, Carlos.
      Sempre e em tudo :))
      Boa semana!

      Eliminar
  11. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que o viúvo é cliente dela e foi ela que que deu (ela adora o verbo dar em todos os tempos verbais, principalmente no indicativo do presente) a ideia para que ele usasse preservativo especial para viúvos que ainda estão de luto! Ela também deu boas gargalhadas ao saber que no reino distante além-mar calcinha é chamada de cueca...
    Caloroso abraço! Saudações agradoianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    PS - Já lhe contei que a lambisgoia da Agrado é assecla da Ordem das Filhas de Maria sem Calcinhas?!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Agrado não pode fazer o luto, é o que se conclui, Amigo João Paulo de Oliveira
      Sem calcinhas..... :)))

      Eliminar
  12. O Juca Chaves dizia que quando inventaram o cinto de castidade, o homem inventou logo o primeiro "abridor de latas" ! :)
    Um abraço Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já conhecia esse dito do grande Juca Chaves, Ricardo
      Aquele abraço!

      Eliminar
  13. Mais importante do que tudo é saber se a senhora deu permissão ou não!:))

    Após tão prolongada viuvez, se calhar já não lhe interessavam os pêsames, ó Pedro!...

    Beijinhos, boa semana!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que eu já não sei, Janita.
      O tipo tentou, não se lhe pode exigir mais :))
      Beijinhos e votos de boa semana!

      Eliminar
  14. Bom, eu tive uma vizinha que 3 semanas depois de ficar viúva, todas as noites se escondia atrás de uma cameleira no jardim da minha cunhada, até eu descobrir que era ali que esperava o senhor que a ía buscar de carro, essa viúva que andava vestida toda de preto e lenço na cabeça, e é engraçado, porque ela tinha para mim um olhar de critica, por eu ser viúva e não me vestir como ela.

    Boa semana Pedro

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adélia,
      Essa mania de apontar o dedo, nem que seja por um olhar maldoso, ao vizinho, nunca passa.
      Eu sei bem que dedo é que aponto a quem tem esse tipo de comportamentos!! :)))
      Beijinhos e votos de boa semana!

      Eliminar
  15. eheheheh... e sempre é verdade: com ele "vestido" de preto eu nunca me comprometo ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  16. Com certeza, terá respondido a viúva, tão bem vestido que está... é com muito gosto.

    ResponderEliminar