6 de novembro de 2013

Culpado? O barco, obviamente!


Não sei se, na vertente estritamente económica, comercial, a presença da delegação portuguesa no Fórum de Cooperação entre a China e os Países de Língua Oficial Portuguesa foi um sucesso.
Esse balanço só poderá ser feito lá mais para a frente, com o decorrer do tempo.
O que já posso afirmar com toda a certeza é que, em termos protocolares, foi um desastre.
Paulo Portas, Vice-Primeiro-Ministro, cara de toda a Delegação, chega atrasado (duas horas!!) à recepção na Residência Consular, não apresenta desculpas, não expõe qualquer razão que justifique este comportamento, especialmente gravoso do ponto de vista do protocolo chinês, antes trata de debitar um discurso patético dirigido a uma plateia que já se tinha ausentado.
Perante a indignação de quem se sente realmente ofendido com estes comportamentos de altos dignitários portugueses (já é hábito) a justificação para o atraso de Paulo Portas é dada em.....Lisboa.
Foi o barco, foi o jetfoil que se atrasou, e depois era preciso cumprimentar quem estava à espera da delegação, e deixar as malas no hotel.....uma maçada.
Que Paulo Portas, se foi isto que aconteceu e justifica (??) o seu comportamento, deveria ter dito quando chegou à Residência Consular.
Não posso deixar de afirmar que chega a ser caricato ver Paulo Portas desculpar-se com tamanha desfaçatez e  falar em barcos.
Depois do episódio dos submarinos, era melhor não meter mais água nas conversas Senhor Vice-Primeiro-Ministro.
Barcos e água deviam ser temas rigorosamente proibidos para Paulo Portas.
Cereja no topo do bolo - o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, em conferência de imprensa, ontem, não se cansou de repetir a expressão "República da China" (sic).
Por falar em água, e em ofensas, República da China é a designação de ...... Taiwan, Senhor Secretário de Estado.
Que tal fazer o trabalho de casa, estudar um bocadinho de História?
Ou, em alternativa, recorrer ao chavão - Macau como plataforma, patati, patata; ligação secular, patati, patata; relação privilegiada, patati, patata??
Só faltou a referência à "Região Autónoma de Macau" para o ramalhete ficar completo.
Degradante!

Em Tempo:
Maledicência, diz ele.
Vejam aqui

20 comentários:

  1. Parecem umas baratas tontas que não sabem o que andam por aí a fazer... Depois os chineses dizem, e não os posso culpar, que os portugueses não são pontuais (o mínimo que se pode criticar, depois de tudo o que se passou). Costumo dizer que quando não chego a horas, chego antes! Mas com estas atitudes dos nossos mais altos dirigentes, será que quem não me conhece irá acreditar? Que ramalhete jeitoso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo ;)

      É essa a tendência - tomar a nuvem por Juno.
      mas, se os mais altos magistrados da Nação têm este comportamento, o que é que terceiros vão pensar do cidadão comum?
      Que falta de chá, de cultura, de civismo, de vergonha.
      E que vergonha para quem aqui vive e trabalha.
      Não venham, por favor.
      Para fazer figuras destas, não venham.
      Não precisamos.
      Grande abraço!!

      Eliminar
  2. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Desculpas de mau pagador, ora veremos, para uma pessoa tão importante como essa Porta, havia a ligação de helicópetros, assim não se atrazaria, segundo, será que a residêncis do Consul de Portugal e Macau, não tinha condições para o alojar? estou bem recordando que aquela enorme mansão serviu de hotel durantes muitos anos, mas é assim a mania das grandezas e de não passar cavao a ninguém, infelizmente a imagem deixada por essa porta ficou sériamnete abalada, já que os chineses são muitos diplomáticos mas não esquece o desprezo a que por vezes lhes dão, caso do PP.
    A árvore das patacas continua de pé, mas seu fruto é só cimido por alguns e nem PP lá tocam a não ser na EDP!...
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma desculpa parva e, ainda por cima, dada por uma série de paus mandados em......Lisboa.
      Ele faz a m#$%^& aqui, deixa cá o cheiro, mas não quer que chegue a Lisboa.
      Não venham, não nos ajudam, só nos prejudicam, não venham!
      Grande abraço!!

      Eliminar
  3. De tão ridícula, absurda e patética que é a notícia é, no meu entender, uma ofensa para com a República Popular da China (as coisas que eu sei, pá) mas é-o, e sobretudo, para com os portugueses com residem nessas paragens orientais.
    Vergonha na cara é algo que nem Portas, nem qualquer membro do Governo português têm, como tal, estes comportamentos são, diria de forma "soft", perfetamente...normais!
    Abraço, Pedro, e acredito que o seu embaraço é o embaraço de milhões de portugueses de aquém e além fronteiras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os chineses dão enorme importância às questões de protocolo e de pontualidade, Ricardo.
      Isto é tirar-lhes face.
      Uma das piores coisas que pode fazer aos chineses.

      Como se não bastasse o Portas, vem o outro falar em.....Taiwan.
      Como se estivesse a falar da RPC.
      A maior de todas as ofensas.

      Que cretinos!!

      Aquele abraço!!

      Eliminar
  4. VERGONHOSO!!!


    Portas é o rei dos atrasos ( depois de ler o papelucho que apresentou pomposamente como Guião para a Reforma do Estado, direi que também das debilidades intelectuais).

    O Secretário não foi escolhido pela competência nem pelo saber, que era (re)conhecido não ter, mas sim por outras óbvias razões.

    Qualquer destas figuras e de todas as que , por algum motivo, estejam ligadas ao actual bando no Poder sabem , de antemão, que podem fazer tudo quanto lhes der na real gana , sem se importarem sequer com a imagem de Portugal, porque o reformado de Boliqueime que vagueia pelos corredores do Lar de Belém já afirmou publicamente que os nossos parceiros(e principalmente os sacrossantos mercados) querem que sejamos um país NORMAL, e , na sua opinião, um país normal só tem eleições de quatro em quatro anos....nem que quem esteja á frente dos seus destinos minta, faça tudo ao contrário do que prometeu, leve o país ao desastre total sem nada resolver, antes pelo contrário, agravando toda a situação!

    Boa semana, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente vergonhoso, São
      De uma falta de chá, da mais básica educação, civismo.
      É a deixar muito incomodado e muito mal visto quem aqui vive e trabalha, quem aqui é bem tratado.
      Muito triste.

      Eliminar
    2. Como não quis misturar as coisas, deixo-lhe agora um grato abraço pelo apoio nesta hora tão triste!

      Eliminar
    3. Para os amigos, ainda que virtuais, estou sempre disponível.

      Eliminar
  5. O que é que poderemos esperar mais destes ignorantes?!...gente que dá o dito por não dito em questões de Estado fulcrais, que revoga o irrevogável com desfaçatez, a troco da uma promoção de estatuto miserável; que branqueia verdades que deviam ser esclarecidas na justiça...estamos à espera de quê?...de Estadistas e milagreiros?!...eles são tão maus aqui, como em qualquer parte do Mundo. A questão é que em algumas culturas, há comportamentos e opções inadmissiveis e para a grande maioria dos portugueses existe o alheamento total de tudo o que diz respeito ao governo da nação. Das coisas mais práticas da vida de cada um, até às questões mais gerais e deprimentes para a grande maioria dos portugueses - não existe exigência, rigor, pontualidade e política séria. Os políticos de hoje reflectem os desejos e os designios de uma camada de população sem valores e sem exigência e verticalidade. Já nada me supreende portanto...para mudar o actual estado de coisas é necessário formar pessoas de forma consistente, educá-las e dotá-las de inteligência social entre outros atributos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos educação, civismo, tacto, Raquel Mark.
      Um chega duas horas depois do previsto.
      O que, como hoje alguém sabiamente escrevia, para os chineses não é chegar atrasado - é ter faltado, é ter estado ausente.
      O outro confunde a China com Taiwan.
      Dá vontade de lhes dar socos!

      Eliminar
  6. Olá,
    não conheço o representante português a quem te referes, mas falando de políticos, eles todos, em qualquer lugar do mundo, perderam a compostura e fino trato. Hoje vemos pessoas nos representando que nos enche de vergonha.
    Trocando de assunto, me falastes que ai é um lugar muito úmido, mas a madeira reage bem a umidade, na praia temos uma casinha de pescaria que é de madeira, fizemos ela neste material para combater um pouco a umidade.
    Te desejo uma ótima semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha vida de campo,
      Como a humidade é brutal, e a qualidade de construção muito má, a deterioração é muito rápida
      Tenha uma óptima semana

      Eliminar
  7. Pelos vistos foi para lá de mau!
    mas esperar o quê de gente desta?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo, Rosa dos Ventos.
      Que imagem horrível que foi dada (mais uma vez!!) do nosso País :(

      Eliminar
  8. Com os palhaços que integram este "governo" são umas em cima das outras... Que vergonha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vergonha, foi isso mesmo que todos os que aqui vivem e trabalham sentiram, Graça :(

      Eliminar
  9. Nunca pensei que Portas se degradasse tanto, ao ponto de se tornar um cobarde e ser mal educado. Aldrabão, já sabíamos há muito que era.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda vai fazer choradinho para Lisboa, Carlos.
      Não venham cá, porra!!
      Só fazem figuras tristes e envergonham quem aqui está.

      Eliminar