3 de abril de 2013

O b r i g a d o M ã e ! ! !




Coisas que as nossas Mães diziam e faziam....

Uma forma que hoje é condenada pelos educadores e psicólogos, mas funcionou com as gerações anteriores.
Talvez se não tivessem mudado tanto, o nosso mundo

A Minha  Mãe ensinou-me a VALORIZAR O SORRISO...

'RESPONDE-ME DE NOVO OU LEVAS NOS DENTES!'


A Minha Mãe ensinou-me a RECTIDÃO.
'EU ENDIREITO-TE NEM QUE SEJA PRECISO UMA CARGA DE PORRADA!'

 A Minha Mãe ensinou-me a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS...

'SE TU E O TEU IRMÃO SE QUEREM MATAR, VÃO PARA A RUA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!'

A Minha Mãe ensinou-me LÓGICA E HIERARQUIA.

'PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?!'

A Minha  Mãe ensinou-me o que é MOTIVAÇÃO...

'CONTINUA A CHORAR QUE EU VOU DAR-TE UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA CHORAR!'

A Minha Mãe ensinou-me a CONTRADIÇÃO...
'FECHA A BOCA E COME!'



A Minha Mãe ensinou-me sobre ANTECIPAÇÃO...
'ESPERA SÓ ATÉ  O TEU PAI CHEGAR A CASA!'



 A Minha Mãe ensinou-me sobre PACIÊNCIA...
'CALMA!... QUANDO CHEGARMOS A CASA VAIS VER ...'



A Minha  Mãe ensinou-me a ENFRENTAR OS DESAFIOS...
'OLHA PARA MIM! E RESPONDE QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!'



A Minha  Mãe ensinou-me sobre RACIOCÍNIO LÓGICO...
'SE CAIRES DESSA ÁRVORE VAIS PARTIR O PESCOÇO E EU AINDA TE DOU UMA SOVA!'

A Minha Mãe ensinou-me MEDICINA...
'DEIXA DE REVIRAR OS OLHOS MENINO! PODES APANHAR UMA CORRENTE DE AR QUE TE VAI DEIXAR VESGO PARA TODA A VIDA.'
A Minha Mãe ensinou-me sobre o REINO ANIMAL...
'SE NÃO COMERES ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA TUA BARRIGA VÃO COMER-TE A TI!'



A Minha Mãe ensinou-me GENÉTICA...
'ÉS IGUALZINHO AO TEU PAI!'

A Minha Mãe ensinou-me acerca das minhas RAÍZES...

'JULGAS QUE NASCESTE NUMA FAMÍLIA RICA, É?'
A Minha  Mãe ensinou- me sobre a SABEDORIA DE IDADE...
'QUANDO TU TIVERES A MINHA IDADE, VAIS ENTENDER, MAS JÁ SERÁ TARDE DEMAIS.'
A Minha Mãe ensinou-me sobre JUSTIÇA....
'UM DIA TERÁS FILHOS, E ELES VÃO FAZER CONTIGO O MESMO QUE TU FAZES COMIGO! AÍ VAIS VER O QUE É BOM!'
A Minha Mãe ensinou-me  RELIGIÃO...
'REZA PARA QUE ESSA MANCHA SAIA DO TAPETE!'
A Minha Mãe ensinou-me o BEIJO DE ESQUIMÓ...
'SE VOLTAS A ESCREVER AÍ DE NOVO, EU ESFREGO O TEU NARIZ CONTRA ESSA PAREDE!'

A Minha  Mãe ensinou-me  CONTORCIONISMO...

'OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!'
  
A Minha Mãe ensinou-me  DETERMINAÇÃO...
'VAIS FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMERES A COMIDA QUE TENS NO PRATO!'
A Minha Mãe ensinou-me habilidades como VENTRÍLOQUO..
'NÃO RESMUNGUES! CALA ESSA BOCA E  DIZ-ME POR QUE É QUE FIZESTE ISSO?'
A Minha Mãe ensinou-me a SER OBJECTIVO...
'EU CORRIJO-TE DE UMA SÓ VEZ!
A Minha Mãe ensinou-me a ESCUTAR ...

'SE NÃO BAIXAS O VOLUME, EU VOU AÍ E PARTO ESSE RÁDIO!'
  
A Minha Mãe ensinou-me a TER GOSTO PELOS ESTUDOS...
'SE EU FOR AÍ E NÃO TIVERES TERMINADO A LIÇÃO, VAIS VER O QUE É BOM!
A Minha  Mãe ensinou-me a COORDENAÇÃO MOTORA...
'AGORA ARRUMA TODOS OS BRINQUEDOS!! APANHA UM POR UM!!'
A Minha Mãe ensinou-me os NÚMEROS...
'VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER AINDA LEVAS UMA SOVA!


O b r i g a d o   M ã e ! ! !

31 comentários:

  1. Estimado Amigo Pedro Coimbra,
    Eu sou dessa geração, e muitas comi de minha mãe e de meu pai, mas igualmente muito aprendi com esse tipo de psicologia.
    Nos dias de hoje essa educação é cdritivada e com o tal temos a civilização que temos.
    Eu aos 14 anos já trabalhava, agora é um crime, pois a malta nada faz nem sabe fazer, mas enfim, outros tempos outras atitudes.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  2. Amigo Cambeta,
    Nunca levei pancada do meu pai (salvo erro, uma vez, três palmadas no rabo).
    Da minha mãe, uns tabefes sem grandes mazelas.
    Mas sempre soube quais eram os limites.
    E quais eram as consequências se ultrapassasse esses limites.
    Não estou aqui a defender que se bata nas crianças (nunca o fiz com as minhas filhas).
    Mas, se for preciso, um tabefe bem dado, e no momento preciso, não mata ninguém e até pode ajudar a marcar fronteiras.
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  3. Como é verdade! As crianças de outros tempos “não tinham voz na matéria!” : )
    Não tive essa experiência talvez porque fosse uma menina muito bem comportadinha! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como respondi ao nosso amigo Cambeta, não estou aqui a advogar a violência, a pancadaria nos garotos.
      Mas, sem dúvida, as amplas liberdades, e o medo dos traumas, foram longe.
      E com muito maus resultados em muitos casos.

      Eliminar
  4. Como dizia o outro da anedota, "Mãe, há só uma (cerveja)!!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conhecia essa mas era com bolacha :)))
      Apite quando aqui chegar, pá!

      Eliminar
    2. Com certeza, que você tem um lai si para me dar. :P
      Um abraço e até breve!

      Eliminar

    3. Um lai si?
      Que tal um abraço, Firehead?
      Ate breve!!

      Eliminar
  5. Bom dia Pedro
    Nunca esqueceremos as lições das nossas mães. Os nossos filhos também as receberam com uma nova linguagem.
    Há coisas que nunca mudam. A liguagem poderá ser ou não mais forte e pesada....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que, com as novas teorias do "eduquês", os putos são, muitas vezes, deixados a fazer o que lhes dá na gana, luís.
      Porque podem ficar traumatizados se não lhes derem o que querem, se não tiverem o que têm os amigos, se levarem uma palmada.
      E, tantas vezes, crescem uns selvagenzinhos inúteis
      Aquele abraço!

      Eliminar
  6. Caro Amigo Pedro Coimbra!
    Na contemporaneidade ainda sinto certo incômodo quando vejo passar um desvalido ser vivente a puxar uma carroça, porque lembro - com nitidez - quando minha saudosa mãe (1923-2008) constantemente dizia, no tempo que eu era um petiz:
    - Se você não estudar vai puxar carroça quando crescer.
    Acrescento esta memorável frase - dita sem parar - por uma mãe zelosa ao GOSTO PELOS ESTUDOS...
    Caloroso abraço! Saudações zelosas e estudiosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Memórias doces, caro Amigo João Paulo de Oliveira.
      Que ficam para o resto da vida.
      Grande abraço!!

      Eliminar
  7. :)))

    Como os tempos mudaram, Pedro!:( :))

    Nem sequer as Mães agora são, como eram antigamente...

    Beijinhos maternais!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Em muitas coisas, mudaram em demasia, Janita.
      Esta terá sido uma delas.
      E eu, ate vir para Macau, tive ao meu lado sempre mãe e avo materna
      A mãe ainda esta bem viva, a avo materna morreu pouco depois de eu aqui ter chegado.
      Beijinhos!

      Eliminar
  8. Outros tempos, outras mães. Hoje, nenhuma mãe tem coragem para dar a maioria desses ensinamentos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E, tantas vezes, a falta que fazem, Carlos.
      Não é saudosismo, é a pura realidade.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Gabi,
      Não conheço ninguém que tenha passado por estes ensinamentos e que tenha ficado traumatizado, tristonho
      Bem pelo contrário

      Eliminar
  10. Está genial o aproveitamento do texto bem como a mensagem, não parei de sorrir, abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sam Seaborn,
      E tem tanto de real, de actual.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  11. haha

    Muito bom, Pedro!

    Bom resto de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel Bárbaro,
      Estas mães criaram algum problema, algum trauma, aos filhos?
      Bem pelo contrário.
      Aquele abraço!

      Eliminar
  12. Engraçado...

    E como já foi dito aqui: outros tempos...!
    Tempos que fazem imensa falta hoje, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patrícia,
      Pelo que vamos vendo hoje em dia, com garotos com um comportamento execrável, fazem muita falta estas mães.

      Eliminar
  13. Eu confesso que uso a da motivação com o meu filho... E resulta, pára logo com a choraminguice :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resulta sempre, Su.
      Sem quem defende o "eduquês" é que pensa que não resulta

      Eliminar
  14. 我親愛的母親

    我的母親教我的邏輯和層次結構。

    “這就是為什麼我這麼說!期!那是誰在這裡?“

    我媽媽教我什麼是動機...

    繼續哭,我給你一個真實的理由哭!“

    我媽媽教我矛盾...
    “合上嘴並吃了!”



    我母親教我什麼預期...
    只是等待,直到你父親的房子!

    ResponderEliminar
  15. 我親愛的母親

    我的母親教我的邏輯和層次結構。

    “這就是為什麼我這麼說!期!那是誰在這裡?”

    我媽媽教我什麼是動機...

    繼續哭,我給你一個真實的理由哭!“

    我媽媽教我矛盾...
    “合上嘴並吃了!”



    我母親教我什麼預期...
    只是等待,直到你父親的房子!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. FerreirAmigo,
      Isso só demonstra que tiveste uma mãe à antiga, que não és da geração do "eduques"
      Grande abraço!!!

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Também eu, Poppy.
      E, algumas, com direito a repetição :))

      Eliminar