Esventrar a União Europeia



As redes sociais ficaram recentemente inundadas por um célebre sketch da série "Yes Minister" no qual Sir Humphrey, no seu inigualável cinismo, afirmava que os ingleses tinham integrado a União Europeia com o objectivo claro de a destruir por dentro.
Reis do humor ácido, verrinoso, os britânicos estavam a ser absolutamente honestos no “appalling cynicism” de Sir Humphrey.
Há países que integram a União Europeia movidos por um sonho absolutamente oposto ao dos pais fundadores.
O crescimento do sentimento nacionalista, apoiado no mais básico populismo, é o maior de todos os inimigos que a União Europeia enfrenta actualmente.
António Costa classificou a atitude dos inimigos da integração europeia de repugnante.
Estava a pensar na ausência de solidariedade num dos períodos mais complicados que a União Europeia alguma vez enfrentou e vai enfrentar no futuro.
Mas acredito que perceberá muito bem que essa atitude repugnante vai muito para além do puro cálculo economicista.
Faz parte de uma estratégia pensada, reflectida, arquitectada para atingir a finalidade que António Costa mencionou – destruir a União Europeia.
Não são eurocépticos que a União Europeia agora enfrenta, são os que estão ali com o propósito claro de esventrar o projecto europeu.

Comentários

  1. E talvez mais década… menos década... quem sabe o que poderá acontecer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os ideólogos da Europa devem estar às voltas no túmulo, Catarina.

      Eliminar
  2. Pois, Pedro, eles já andam a esventrá-lo há muito. Admira-me é como ainda se aguenta. Abraço

    ResponderEliminar
  3. há muitos interesses por detrás disto tudo porque o verdadeiro "projecto" há muito que acabou.
    Beijos e bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente o que era o sonho europeu tem vindo a perder brilho ao longo dos anos, Fatyly.
      Beijos

      Eliminar
  4. A União Europeia leva anos há beira de ruptura e provavelmente encontrou nesta pandemia a desculpa perfeita. Há opostos demasiado extremos, tanto económicos como ideais a partilhar o mesmo "espaço".
    Veremos...
    Uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os anti europeístas estão a ganhar terreno.
      E esta pandemia infelizmente está a mostrar isso claramente.
      Até porque faltam lideranças, vozes fortes e respeitadas.

      Eliminar
  5. Esta pandemia poderá servir para torná-la mais forte e poderosa ou destruí-la de vez. Depende do caminho por onde enveredem, mas até ao momento, não dá grandes esperanças. A ver vamos.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  6. É triste que assim seja...mas talvez seja, essa, uma dura realidade...

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu Mestrado foi feito precisamente na área do Direito Europeu.
      Mas, vendo o que vejo hoje, se calhar teria que alterar muita coisa na minha tese.

      Eliminar
  7. Infelizmente e por este andar a UE caminha a passos largos para a sua dissolução amigo Pedro.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  8. Pois, quem sabe se não será, isso! :/

    Beijos e um excelente dia

    ResponderEliminar
  9. A ideia de uma Europa Unida sempre me pareceu mais ideal que real, ou seja, nunca concretizada senão em alguns aspectos. Nós, eternos devedores, a quem pediremos depois? Não creio que abandonados a nós mesmos consigamos subsistir.
    Bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A utopia europeia era realizável, bea.
      Agora, com este rumo e estes protagonistas, as dúvidas adensam-se

      Eliminar
  10. Só alguém pode concordar com a "destruição" da UE se não se lembra de como eram as coisas antes desse projeto, a dificuldade de passar fronteiras, as trocas e câmbios que não existiam tanto por parte de pessoas como de dinheiros ou mercadorias, a paz que tem sido conseguida no espaço que deveria ser de todos nós
    certo que há "batoteiros" que se apropriam de vantagens que não deixam para os outros, e filhos e afilhados… a humanidade é assim
    mas a revolta contra essa instituição e os ataques poderão enfraquecer a força dos dossiês daqueles que continuam a lutar pela serenidade e pela solidariedade neste espaço de cultura e de conhecimento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A União Europeia sempre fez cócegas a muita gente, Angela.
      Dentro e fora do espaço europeu.

      Eliminar
  11. Depois desta fase conturbada, provocada pelo Covid-19, à União (chamada) Europeia acontecerá uma de duas coisas: ou acaba, pura e simplesmente, ou dá uma reviravolta de 180 graus. Como está é que não pode ser.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que dê a volta e se livre de alguns vírus, António
      Aquele abraço

      Eliminar
  12. Sinto que a União Europeia não vai continuar, mas o que mais me choca é sentir que numa altura destas, em que deviam estar mais unidos que nunca, alguns já estão subtilmente a arranjar estratégias para fazerem o que lhes é favorável.
    Beijos Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E há quem não prime pela subtileza e mostre mesmo a face bruta, Manu.
      Beijos

      Eliminar
  13. Olá, boa tarde:- Por tudo de bom ou menos bom que se faça, existirá sempre quem seja do contra. Se está bem, diz mal. Se está mal, diz bem. É assim a mentalidade humana.
    .
    Saudações poéticas

    ResponderEliminar
  14. Uau, finalmente um assunto diferente
    pra se conversar. Fala mais Pedro, fala
    que eu escuto e bato palmas. O saber
    nunca tornou em vão o espaço que
    ocupa na minha cabeça.
    Belo texto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo o enfado com o tema que ouvimos a toda a hora, silvioafonso.
      Também já o disse lá em casa.
      Aquele abraço

      Eliminar
  15. O vírus é um inimigo comum que em vez de fortalecer, está a enfraquecer a UE com divergências sem sentido nenhum. Mas só está quem quer e vais vale poucos e bons do que muitos e maus...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que há muito boa gente que ainda não percebeu, ou não quer perceber, que é mesmo um inimigo comum.

      Eliminar
  16. Esta pandemia vai ser uma prova de fogo para a UE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que terá que apresentar muitos melhores e mais coordenadas respostas do que tem apresentado, Magui

      Eliminar
  17. Isto será para criar uma nova Europa
    Serão só países do norte o dos sul serão obrigados a sair
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Batatas Fritas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então não é uma união europeia é uma Europa do Norte.
      Sem o berço da civilização europeia.
      Que é Roma, poderá ser Atenas, não é qualquer outra.
      Aquele abraço

      Eliminar
  18. Bem por outro lado a Alemanha está a ajudar a Itália e a França recebendo pacientes com o Covid 19 para os tratar em Hospitais Alemães

    ResponderEliminar
  19. E assim, sem pejo, se quer destruir o sonho de Homens com letra bem , por aqueles que nada valem, como tão bem o demonstram.
    É triste, muito triste tudo isto!
    Beijinho, familia.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares