13 de novembro de 2019

Já se ouve o som dos motores em Macau


Já se começa a ouvir o som dos motores em Macau.
Dos carros e motos que vão correr a sexagésima sexta edição do Grande Prémio de Macau e do novo elenco governativo anunciado oficiosamente.
Se o som dos motores é já um hábito por esta altura do ano para se testar a pista, o anúncio oficioso do novo elenco governativo começa a ser uma tradição quinquenal.
Os veículos motorizados testam a aderência à pista, a nível político testa-se a adesão aos nomes apresentados oficiosamente.
Também começa a ser um hábito este atirar nomes para a praça pública para ver qual é a reacção sempre que há remodelações no elenco governativo.
Aqueles segredos que já quase todos conhecem, ou, citando um bom amigo, a tese do “fica aqui só entre nós…os cinquenta”.
Na estrada e nos gabinetes já se ouve o som dos motores em Macau.

37 comentários:

  1. Os verdadeiros motores sao excitantes. Gostava de ver. Quando era "mais" jovem cheguei a ver corridas de carros a nivel "comunitario". Nao me recordo o nome... era uma corrida importante para todos nos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Grande Prémio é mesmo o maior cartaz turístico de Macau, Catarina.
      Nos próximos dias a cidade transforma-se.
      E realmente, quem anda depressa em Macau, com os muros ali ao pé, anda depressa em qualquer lado.

      Eliminar
  2. i used to enjoy grand prix on sport channel with my father :)

    ResponderEliminar
  3. Um week end animadíssimo !
    Tem fama e todos estamos atentos.
    Nas corridas, gosto especialmente do momento da partida até à primeira curva.

    Abraço e divirtam-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A célebre curva do Hotel Lisboa, logo a seguir a uma enorme recta da meta.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Irei ver apenas os resumos porque corta-me a respiração:) já vi acidentes dantescos. Quanto à governação é o vira o disco e toca o mesmo...por cá é idêntico.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O da Sofia Floersh o ano passado.
      Mas ela, que é brava, já cá está outra vez.
      Moveu mundos e fundos para o conseguir.
      Beijocas

      Eliminar
    2. Vi em directo a dos carros...e quando estava a ver a das motos...fiquei sem fôlego com o brutal acidente e consequente cancelamento da prova. Bolas amigo e ainda não deram o estado em que ficaram os envolvidos.

      Beijos

      Eliminar
  5. Costumava ver fórmula 1 nos tempos do Ayrton Senna....agora não costumo ver....
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui é Fórmula 3, Isabel Sá.
      Mas, tudo o que é campeão, passou por Macau e ganhou em Macau.

      Eliminar
  6. Vai ser um fim-de-semana muito animado e aproveito para desejar a continuação de uma boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assim todos os anos.
      Até porque há mais acontecimentos.
      Festival de Gastronomia, exposições, feiras.
      Aquele abraço

      Eliminar
  7. Que não haja derrapagens perigosas em nenhum dos circuitos! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Não gosto dessas velocidades... causa-me aflição e nervos :)!
    -
    Sou o desejo dum tempo que não existe
    Beijo e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  9. Pedro,
    É um esporte fantástico!
    Bom proveito aí,
    aqui vivemos tempos de futebol bom.
    O Flamengo time do RJ e do meu coração
    segue alegrando os torcedores
    por conta do excelente trabalho
    do Técnico que é português,
    se não me engano e da boa
    equipe bem ajustada.
    Bjiins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O treinador é o Jorge Jesus.
      Está a fazer um excelente trabalho.
      Veja o nome do Zico e fica surpresa.
      Sim, é meu familiar :))
      Bjins

      Eliminar
  10. Olá:- Maravilhosa analogia entre os gabinetes e o som dos motores. Não são iguais no som mas, o som no silêncio produzido, são sem dúvida a mesma coisa. Valha-nos o barulho da inspiração.
    .
    POEMA ** Ardo em lume brando **
    .
    Desejando um dia feliz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E muitas vezes no barulho também, Gil António.
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. Que o ruido dos motores e as decisões dos governantes, não incomodem o bem estar das populações!

    Continuação de boa semana caro amigo Pedro. Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é realmente o que se pretende, amigo Eduardo.
      Aquele abraço

      Eliminar
  12. Todos gostamos cá em casa!
    Somos fãs de desporto motorizado.

    O barulho ao vivo é ensurdecedor, mas faz parte da adrenalina. Paciência... não há bela sem senão… não tarda temos a globalização dos motores elétricos.

    Sobre o Acordo de Paris, em Portugal temos em andamento a descida das emissões do CO2, e o plano para a redução dos transportes com os motores convencionais, o problema é que ainda estão a preços muito elevados para o bolso do Português.

    E depois, temos as pessoas que querem energias limpas mas não querem a exploração do lítio indispesável para as baterias electricas, neste caso, uma questão muito debatida em Portugal.

    Vamos lá então a esse Grande Prémio!
    Pedro, beijinhos e bom resto de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O discurso político incentiva os meios de transporte não poluentes.
      A prática (carga fiscal) vai em sentido oposto.
      Aqui também é assim.
      Beijinhos

      Eliminar
  13. Não sou fã de nenhum dos "desportos".

    ResponderEliminar
  14. Duas corridas bem distintas. Pessoalmente não liga a corridas automóveis, mas ambas são elitistas.

    ResponderEliminar
  15. Quer o grande prémio quer o rodar de cadeira que corra pelo melhor
    Abraço

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Posso chupar ...

    ResponderEliminar
  16. Viva, caro Pedro Coimbra
    Li e parece-me que percebi. Ou seja, põe-se o sino da capela a badalar para saber-se se o eco que ao Castelo chega tem acordo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  17. Gostei de te ler, Pedro!
    Nas ruas aquecem os motores para horas de emoção e muito barulho...
    Nos gabinetes os escolhidos preparam-se para aquecer cadeiras...
    Que ninguém se "queime".
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oxalá, teresa
      O anúncio oficial da roda das cadeiras supostamente é amanhã
      Beijo

      Eliminar