18 de outubro de 2017

Tudo em aberto (mas muito complicado)


O Porto perdeu na Alemanha.
Não seria notícia porque o mais normal é as equipas portuguesas perderem contra equipas alemãs, sobretudo quando os jogos se realizam na Alemanha.
Desta vez foi o Porto e foi em Leipzig.
Num jogo entre segundos classificados dos campeonatos dos respectivos países na última época, a equipa alemã ganhou porque foi superior.
Se é efectivamente superior isso já é outra conversa.
Ontem foi, em todos os capítulos do jogo, e ganhou com justiça.
Sérgio Conceição, que tinha dito na conferência de imprensa que não era pago para fazer surpresas, resolveu surpreender.
Dar a titularidade a José Sá, num jogo de Liga dos Campeões, e deixar Casillas no banco, pode ser um voto de confiança no jovem guarda-redes.
Mas o momento para dar essa injecção de confiança foi muito mal escolhido.
E com consequências muito nefastas.
O sector defensivo do Porto, por norma forte, ontem tremeu bastante.
E começou a tremer com o primeiro golo dos alemães e com um erro crasso de José Sá.
Sérgio Conceição, no final do jogo, reconhecia essas falhas do sector defensivo do Porto no jogo de ontem.
E mostrava-se surpreendido com as mesmas.
Não querendo crucificar José Sá e Sérgio Conceição, muita dessa tremideira poderá bem ter passado pela aposta, precipitada e descabida (Sérgio Conceição afirmou inequivocamente que a decisão de deixar Casillas no banco foi estritamente técnica) num jovem e inexperiente guarda-redes em detrimento de outro que é "só" dos jogadores mais experientes na Liga dos Campeões.
Está tudo em aberto no grupo.
Mas muito complicado.
O Besiktas estará muito perto de se apurar.
As outras três equipas (sim, incluindo o Mónaco) lutam pela outra vaga na Liga dos Campeões.
Se isso é verdade, também não o será menos o facto de o Porto estar obrigado a ganhar ao Leipzig já daqui a duas semanas no Dragão. 

21 comentários:

  1. Estou de acordo com a sua análise, Pedro Coimbra.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Besiktas está praticamente apurado, João Menéres.
      Os outros três têm que lutar a sério pela outra vaga na próxima fase.
      Não esperava pela surpresa do Sérgio Conceição ontem.
      Quem é que tinha dito que não era pago para fazer surpresas??
      Aquele abraço

      Eliminar
  2. O Besiktas praticamente já está safo, tenho muita fé de que o Porto também vai passar pois tem uma boa equipa.
    Um abraço, continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo vai depender muito do próximo jogo, Francisco.
      Mais, dos dois jogos em casa.
      Fazer seis pontos nesses dois jogos deve dar para passar.
      Menos que isso já tenho sérias dúvidas.
      Aquele abraço

      Eliminar
  3. Tudo em aberto, nem mais, Pedro, porém, ontem o FC Porto jogou, ou melhor, não jogou nada.

    Aquele abraço, meu caro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há jogos que correm melhor, outros pior, Ricardo.
      Ontem não correu bem.
      Vamos ver o que acontece já na próxima jornada.
      Aquele abraço

      Eliminar
  4. Uma vez mais, a opinião de um portista realista.
    Para lá do desacerto defensivo e de algum desequilíbrio no ataque - o que estava lá a fazer Marega? - uma coisa é certa: a equipa do Leipzig foi superior em todos os sentidos.

    PS: creio podermos reafirmar que o FCPorto tem um plantel curto.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha escrito isso aqui, António.
      Para tanta prova o plantel do Porto é curto.
      Há que fazer opções até porque não acredito que o mercado de Janeiro traga grandes novidades.
      Não há graveto.
      Aquele abraço

      Eliminar
  5. E não é que me passou por completo que o Porto ia jogar ontem à Alemanha ?... É verdade que tenho andado adoentado, passado mais algum tempo na cama , mas esquecer-me disto é imperdoável ! :(

    Abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
  6. E não é que me passou por completo que o Porto ia jogar ontem à Alemanha ?... É verdade que tenho andado adoentado, passado mais algum tempo na cama , mas esquecer-me disto é imperdoável ! :(

    Abraço, Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que essa chatice (gripes??) passe depressa.
      A bola é o que menos importa nestas situações.
      Aquele abraço, votos de rápida recuperação.

      Eliminar
  7. Completamente de acordo com a analise que o meu amigo faz principalmente em relação à troca de guarda-redes.
    Um abraço.
    Autógrafos Futebol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que ainda está muito mal explicada, Francisco Emanuel.
      Decisão técnica?
      Pois, todas as decisões são decisões técnicas.
      Era o que faltava era que não fossem, que fosse a parte directiva a dizer quem joga ou não.
      A gente quer é saber porquê.
      Aquele abraço

      Eliminar
  8. hoje é dia do meu benfica (que tem sido só trambolhões), vamos lá ver como corre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como comenta o Carlos logo ali abaixo, foi uma jornada desastrosa para as equipas portuguesas, mami.
      Melhores dias virão...

      Eliminar
  9. Desta vez, o improviso saiu mal. Eles ontem foram superiores, mas não me parece que sejam efectivamente superiores. Esta jornada foi um descalabro para as equipas portuguesas. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava de ser mosquinha para perceber o que realmente se passou com o Sérgio Conceição e o Casillas, Carlos.
      Cheira a esturro.
      E deu cagada da grossa.
      Aquele abraço

      Eliminar
  10. Quando vi Casillas no banco e ouvi Sérgio afirmar que fora mesmo opção técnica fiquei abismada!!

    Esperemos que não hajam muitas decisões técnicas desta natureza(excepto quando jogar com o Sporting, rrss)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Decisão técnica, disse o Sérgio Conceição, São.
      Mas não são todas decisões técnicas???
      Estava convencido que sim.
      Deu asneira e é uma boa maneira de queimar o garoto.

      Eliminar
  11. A bola é redonda e nada é dado como certo! Gosto que o meu Benfica ganhe, mas já não vibro com as vitórias e tão pouco com as derrotas!
    Infelizmente, hoje, o futebol é muito mais que um jogo e eu não alinho nisso.
    Infelizmente, ninguém está a salvo disso! Todos têm telhados de vidros.
    O futebol trouxe ódio ao desporto!
    Grande abraço, amigo Pedro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma razia, Kim.
      Nesta jornada nas provas europeias nem um pontinho fizemos.
      O rei vai nu.
      Depois venham-me falar em fair play financeiro.
      O tanas!
      As grandes equipas europeias dominam a seu belo prazer primeiro o mercado depois as provas em que estão inseridas.
      E fazem ali um mini-campeonato entre elas com as outras a pouco mais que assistirem.
      Aquele abraço!!

      Eliminar